Escrito por em 18/04/2019

Você sabia que existe chá detox específico para quem quer perder peso rapidamente? O melhor é que são várias receitas, com benefícios comprovados pela ciência. Portanto, neste artigo você vai encontrar a receita para os melhores chás detox emagrecedores.

Os chás detox, como o nome já sugere, são bebidas naturais feitas a partir de frutas e plantas e têm como objetivo desintoxicar o organismo, trazer benefícios medicinais, melhorar a performance saudável e, claro, ajudar na perda de peso. Eles podem ser usados também para combater doenças, por exemplo.

Apesar das variedades de chás detox, que servem para trazer diversos benefícios, nós separamos para você as melhores opções para ajudar na perda de peso e melhora do metabolismo. Mas isso não quer dizer que eles não trazem outros benefícios.

Sendo assim, confira abaixo as receitas dos melhores chás detox para secar a barriga, perder peso e ficar com o corpo em forma rapidinho.

Receitas: melhores chás detox para emagrecer

Como já falamos, os chás detox podem trazer diversos benefícios para a saúde. Alguns deles, inclusive, são ótimas opções para acelerar a perda de peso. Portanto, confira as receitas e como elas podem ajudar no emagrecimento.

Chá detox gelado de chá verde, limão e gengibre

Em primeiro lugar, vamos começar com o principal chá detox para quem quer emagrecer: o chá verde gelado com limão e gengibre.

Chá verde e limão

Além de queimar as calorias, essa infusão também diminui o colesterol (Foto: depositphotos)

A principal função deste chá nada mais é do que higienizar o organismo e acelerar o metabolismo. Com isso, o corpo aumenta a queima de calorias promovida pela dieta hipocalórica e exercícios.

Cientificamente, é comprovado pela medicina que o chá verde inibe a obesidade e diminui o ganho de peso percentual (1), além de ser ótimo para diminuir o colesterol (2).

Por outro lado, o limão e o gengibre fazem bem para o metabolismo (3, 4, 5), o que acelera o gasto energético do corpo e faz com que o mesmo opte por queimar mais gordura acumulada.

Receita:

  1. Aqueça 2 xícaras de água até chegar no ponto de fervura
  2. Assim que atingir a ebulição, desligue o fogo e adicione 1 colher (de sopa) de chá verde e 100 g de raiz de gengibre picada ou ralada
  3. Deixe tampado por 5 minutos
  4. Em seguida, coe e adicione ½ xícara de suco de limão natural e misture bem
  5. Leve a geladeira e espere gelar.

Esse chá pode ser conservado na geladeira por até três dias. O ideal é consumi-lo na forma natural, sem açúcar ou adoçante.

Chá detox de hortelã e gengibre

Outra opção de chá detox fantástica para o emagrecimento (e mais fácil de fazer do que o anterior) é o chá de hortelã com gengibre.

A hortelã (Mentha spicata) é comprovadamente antioxidante e anti-obesidade (6). E como já falamos anteriormente, o gengibre acelera o metabolismo, o que faz o corpo aumentar o gasto energético e optar por queimar a gordura acumulada mais facilmente (4, 5).

Receita:

  1. Aqueça 1 xícara de água e espere ferver
  2. Desligue o fogo, adicione 1 colher (de chá) de gengibre em pó e 4 folhas de hortelã. Deixe tampado por 10 minutos
  3. Por fim, coe e beba sem adoçar uma vez por dia.

Chá detox de abacaxi e hibisco

Além dos que já foram citados, outro chá detox ótimo para quem quer emagrecer é a mistura de casca de abacaxi e hibisco.

Um estudo egípcio comprovou que o abacaxi possui sim substâncias anti-obesidade, que facilitam não só o controle, mas a perda de peso (7).

Da mesma forma, a composição do hibisco, em complemento ao abacaxi, ajuda a regular o metabolismo, possibilitando assim o emagrecimento mais saudável e rápido (8).

Receita:

  1. Ferva 5 xícaras de água filtrada
  2. Acrescente as cascas de 1 abacaxi médio (bem lavadas) na água fervente e deixe no fogo por 15 minutos
  3. Em seguida, desligue o fogo e deixe tampado por 5 minutos
  4. Retire as cascas, coe (se necessário) e adicione 1 colher (de sopa) de folhas de hibisco
  5. Tampe por mais 10 minutos
  6. Por fim, coe mais uma vez para retirar as folhas de hibisco e beba sem adoçar.

Esse chá pode ser consumido gelado e dura até três dias na geladeira. Ao adoçar esse chá, ele perde os benefícios emagrecedores, portanto não o adoce se quiser usá-lo para o emagrecimento. Tome o chá duas vezes por dia.

Só o chá detox é suficiente para emagrecer?

Não. Em suma, para emagrecer de forma rápida e saudável usando os chás detox, é necessário seguir uma dieta pouco calórica (e saudável) e, de preferência, praticar algum tipo de exercício.

Portanto, os chás por si só, seja detox ou qualquer que seja, não têm o poder milagroso de fazer perder peso. Eles são auxiliares e vão fazer com que você emagreça mais e muito mais rápido, mas apenas isso.

Os melhores exercícios para perder peso rápido são os conhecidos exercícios cardiovasculares. Entre eles, os principais são a corrida, caminhada, ciclismo, natação, aeróbica e dança.

Chá detox em pó funciona?

Depende. Primeiramente, existem alguns produtos naturais que são misturas de ervas e raízes em pó, que servem para fazer chás detox.

Sendo assim, onde trata-se apenas de plantas trituradas juntas, sem adições químicas ou manipulação em laboratório, a ajuda no emagrecimento pode ser possível.

Já esses chás milagrosos vendidos por grandes empresas, por exemplo, muitas vezes levam corantes, adições químicas e ingredientes que também fazem mal.

Por essas razões, eles podem até ajudar a emagrecer, de fato, mas a que custo? Por isso, nada melhor do que perder peso e manter a saúde para exibir o nova forma, não é?

Referências científicas

Por fim, veja abaixo as referências científicas usadas na produção deste artigo. O Chá Benefícios é um site comprometido com informações verdadeiras, conteúdo relevante e, claro, com a sua saúde. Sendo assim, fique sempre bem informado(a) em nosso site!

  1. TAKEMOTO, M., TAKEMOTO, H., SAIJO, R. “Theaflavin Synthesized in a Selective, Domino-Type, One-Pot Enzymatic Biotransformation Method with Camellia sinensis Cell Culture Inhibits Weight Gain and Fat Accumulation to High-Fat Diet-Induced Obese Mice”. 2016, Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27237789. Acesso em 17 de abril de 2019.
  2. NOMURA, S. et al. “Effects of flavonol-rich green tea cultivar (Camellia sinensis L.) on plasma oxidized LDL levels in hypercholesterolemic mice“. 2016. Disponíevel em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26364623. Acesso em 17 de abril de 2019.
  3. MULVIHILL, E. E., BURKE, A. C., HUFF, M. W. “Citrus Flavonoids as Regulators of Lipoprotein Metabolism and Atherosclerosis“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27146015. Acesso em 17 de abril de 2019.
  4. EBRAHIMZADEH ATTARI, V. et al. “A systematic review of the anti-obesity and weight lowering effect of ginger (Zingiber officinale Roscoe) and its mechanisms of action“. 2018. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29193411. Acesso em 17 de abril de 2019.
  5. WANG, J., KE, W., BAO, R., HU, X., CHEN, F. “Beneficial effects of ginger Zingiber officinale Roscoe on obesity and metabolic syndrome: a review“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28505392. Acesso em 17 de abril de 2019.
  6. JAMOUS, R. M., ABU-ZAITOUN, S. Y., AKKAWI, R. J., ALI-SHTAYEH, M. S. “Antiobesity and Antioxidant Potentials of Selected Palestinian Medicinal Plants“. 2018. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=mentha+spicata+obesity. Acesso em 17 de abril de 2018.
  7. EL-SHAZLY, S. A. et al. “Physiological and molecular study on the anti-obesity effects of pineapple (Ananas comosus) juice in male Wistar rat“. 2018. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=Ananas+comosus+obesity. Acesso em 17 de abril de 2018.
  8. HERRANZ-LÓPEZ, M. et. al. “Multi-Targeted Molecular Effects of Hibiscus sabdariffa Polyphenols: An Opportunity for a Global Approach to Obesity“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28825642. Acesso em 17 de abril de 2019.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.