Escrito por em 21/11/2018

Exagerou da comilança de fim de ano? Então que tal aprender a fazer 6 chás para servir após a ceia natalina? A partir dos benefícios de algumas ervas, você vai recuperar o seu bem-estar, além de acelerar o processo digestivo.

Como já deu para perceber, a má digestão é um dos problemas mais recorrentes em casos dessa natureza. Porém, é bom destacar que esse problema pode ser causado devido à falta de cuidado com a alimentação ou alguma condição particular.

É necessário também um pouco de atenção para os pacientes que optarem por usar um dos chás que serão apresentados logo a seguir. Isso porque, mesmo se tratando de ingredientes naturais, o paciente tem de tomar certas precauções. O bom é estar atento a qualquer alteração no corpo e recorrer ao médico, se necessário.

Chás para depois da ceia de Natal

De acordo com Daniela Lima, farmacêutica da Universidade de São Paulo (USP) e residente em práticas integrativas da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, em entrevista para o site UOL, existem algumas maneiras para que o chá faça efeito.

Apesar de muitos possuírem propriedades digestivas, como flavonoides e substâncias com ação específica “o ideal é esperar uma hora depois de comer para tomar a bebida, pois alguns estudos mostram que o chá pode inibir a absorção de alguns nutrientes”.

Xícaras com chá no Natal

Existem chás que podem ajudar na digestão de quem passou dos limites no Natal (Foto: depositphotos)

Depois de saber que os chás podem ser a solução para fazer com que o bem-estar seja retomado, mesmo após exagerar na ceia de natal, agora chegou a hora de conhecer todos os chás que podem ser usados:

  • Chá de boldo do Chile
  • Chá de gengibre
  • Chá de camomila
  • Chá de espinheira-santa
  • Chá de menta
  • Chá de rooibos

Agora você terá oportunidade de saber por qual motivo esses chás ajudam no pós-ceia natalina. Ah! É importante destacar que, além das propriedades, você também vai ficar por dentro do passo a passo para preparar cada uma das bebidas.

Veja também: Aprenda as receitas dos chás perfeitos para tomar no Natal

Chá de boldo do Chile

Folhas de boldo do Chile

Além de tratar gases, esse chá ajuda no funcionamento do intestino preguiçoso (Foto: depositphotos)

O chá de boldo do Chile é Ideal para quem exagerou na ceia natalina. A erva tem o poder de tratar infecções digestivas e outros distúrbios do sistema digestivo. Ele também trata gases e ajuda no funcionamento daquele intestino preguiçoso.

No preparo do chá você vai utilizar 200 ml de água quente e 1 colher (de sobremesa) de folhas de boldo do Chile. Misture os dois ingredientes e deixe descansar por cinco minutos. Passado esse tempo, retire as folhas e beba o chá sem adoçar.

Chá de gengibre

Xícara com chá de gengibre

Esse chá serve para combater problemas estomacais, como refluxo e azia (Foto: depositphotos)

O gengibre é um ingrediente natural que pode ser usado no combate de vários tipos de irritações e inflamações pelo corpo. Nesse sentido, ele também serve para combater problemas estomacais, como refluxo e azia.

Para preparar a bebida, basta colocar para ferver 400 ml de água e 1 pedaço de gengibre. Deixe a água ferver por cinco minutos, desligue o fogo e deixe descansar por 10 minutos. Retire o gengibre e ingira sem adoçar.

Chá de camomila

Xícara com chá de camomila

O chá de camomila tem o poder de ajudar na digestão (Foto: depositphotos)

O chá de camomila possui muitas propriedades quando o assunto se refere a resolução de problema relacionados à saúde. Devido sua ação calmante, ele também tem o poder de combater os causos de incômodo no estômago e ajudar na digestão.

A infusão pode ser preparada a partir da utilização de 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de camomila seca. Deixe a mistura descansar por cinco minutos, use uma peneira para remover a erva e ingira em seguida.

Chá de espinheira-santa

Folhas de espinheira-santa

O chá de espinheira-santa evita azia, queimação, má digestão, gastrite e dor no estômago (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

A espinheira-santa é uma planta que pode ser usada com o intuito de melhorar a digestão. Dessa forma, ela pode evitar problemas comuns como azia, queimação, má digestão, gastrite e dor no estômago.

O chá da espinheira-santa é preparado com a utilização de 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de espinheira-santa. Deixe a mistura descansar por 10 minutos, logo em seguida coe e ingira sem a adição de açúcar.

Chá de menta

Folhas de menta

O chá de menta é indicado para acabar com a sensação de estufamento (Foto: depositphotos)

Conhecido pela sua refrescância, o chá de menta ainda carrega consigo propriedades digestivas. Dessa forma, ele é ideal para quem pegou pesado na ceia de Natal e agora está se sentido estufado.

Para preparar a bebida você vai precisar de 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de folhas de menta. Junte os dois ingredientes e deixe repousar por 10 minutos. Passado esse tempo, retire as folhas de menta e ingira o chá sem adoçar.

Chá de rooibos

Xícara com chá de rooibos

Por possuir propriedades digestivas, esse chá é indicado para após a ceia natalina (Foto: depositphotos)

Apesar de desconhecido para muita gente, o chá de rooibos é a solução ideal para quem exagerou na ceia natalina. Conhecido como chá vermelho, o rooibos possui propriedades digestivas. Dependendo da combinação, ele também pode ser servido junto à sobremesa.

No preparo da bebida você vai utilizar 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de rooibos. Misture os dois ingredientes e deixe descansar por 10 minutos. Logo em seguida, remova o rooibos e ingira o chá.

Quais chás evitar

Se por um lado tem aqueles chás que são mais do que recomendados quando problemas digestivos forem identificados a partir da ingestão demasiada de alimentos, também tem aqueles que devem ser evitados.

Isso acontece justamente pelo fato dele aumentar os transtornos. Para não cometer erros e achar que a bebida não fará mal, vale a pena consultar o seu médico. Cada pessoa possui uma forma peculiar de reagir ao efeito das ervas. Por isso, é bom ficar atento!

Chás para quem exagerou na bebida

Se no lugar da comilança da ceia natalina o seu exagero foi em outro ponto, no caso, na bebida, os chás também podem contribuir para recuperar o seu bem-estar. Preste atenção em algumas dicas em relação a esse tema!

Veja tambémChás para revigorar o organismo após as festas de fim de ano

A ressaca, bem conhecida por quem exagera na ingestão de álcool, pode trazer algumas sensação desagradáveis para a pessoa. Entre as mais comuns, destaque para a dor de cabeça, enjoo, diarreia e mau humor.

Uma providência bem prática para evitar a ressaca é ingerir bebida alcoólica com moderação. Caso essa determinação não tenha sido possível de ser seguida, você pode apelar para algumas receitinhas caseiras.

No caso da ressaca, um chá que será bem-vindo é aquele que ajuda o fígado a se recuperar de alguma forma. Somado a isso, é bom reforçar na ingestão de água, já que ela ajuda a eliminar as toxinas através da urina.

Veja quais são os chás que vão ajudar a curar a ressaca:

Essas ervas possuem efeito diurético, que vão ajudar na eliminação do álcool do organismo. Dessa forma, logo logo você vai recuperar o seu bem-estar. Agora, veja como preparar esses chás:

Chá de hibisco

Para preparar esses chás, você vai precisar de 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de hibisco. Misture os dois ingredientes em uma xícara e deixe descansar por cinco minutos, use uma peneira para remover a erva e ingira sem adoçar.

Chá de dente-de-leão

Esse chá é facilmente preparado com 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de erva dente-de-leão. Misture os dois ingredientes em uma xícara e deixe descansar por cinco minutos, use uma peneira para remover a erva e ingira sem adoçar.

Chá verde

Bastante consumido, o chá verde é facilmente preparado a partir da utilização de 200 ml de água quente e 1 colher (de sopa) de erva de chá verde. Misture os dois ingredientes em uma xícara e deixe descansar por cinco minutos.

O que é a má digestão

Como o próprio nome já sugere, a má digestão é um problema gástrico causado por questões alimentares. Na maioria dos casos, alimentar-se depressa demais, tomar líquido em excesso durante as refeições ou abusar de alimentos gordurosos.

Isso é bem comum na ceia natalina, já que os alimentos que são servidos no cardápio são gordurosos e pesados, sobretudo quando consumidos na parte da noite, pouco antes de dormir.

Pessoa com dor na barriga

A má digestão é um problema gástrico causado por questões alimentares (Foto: depositphotos)

Dependendo da quantidade consumida, a pessoa pode se sentir um pouco mal. Geralmente esse problema causa uma série de sintomas no paciente, sintomas esses que geram certo incômodo.

Veja quais são os principais sintomas de me digestão:

  • Eructações (arrotos)
  • Sensação de estômago cheio
  • Gases
  • Flatulências
  • Dores abdominais
  • Sonolência após as refeições
  • Enjoos
  • Vômitos

Dessa forma, a maneira mais comum de tratar problemas dessa natureza é promover uma mudança de hábitos no seu dia a dia. Mas como se trata de um problema pontual, causado pelo excesso de alimentos pesados, ele não deve se alongar.

Porém, se você perceber que os sintomas estão persistindo, não pense duas vezes em procurar um médico. Dependendo da gravidade da má digestão, a condição pode está associada a outros problemas de saúde.

Entre os principais, destaque para cálculos biliares, síndrome do intestino irritável ou gastrenterite. Esses são só alguns dos problemas mais graves que podem ser resultando da má digestão. Mas, cada paciente pode apresentar um quadro diferente.

O que é azia?

A azia é um problema relacionado ao estômago que causa desconforto abdominal nos pacientes. Geralmente a queimação aparece como um dos principais sintomas da azia. Esse é um quadro que também pode ser identificado devido aos excessos no Natal.

A azia ocorre quando as válvulas do estômago não permanecem totalmente fechadas após a passagem do alimento. Dessa forma, os sucos gástricos atingem o esôfago, o que provoca a sensação de ardor ou queimação.

Além da queimação, gases, náuseas, distensão abdominal, dificuldade em respirar e gosto amargo na boca e garganta podem causar transtorno nos pacientes.

A causa da azia pode estar associada a muitas coisas, porém, a alimentação é a principal delas. Sendo assim, alimentos como frituras, alimentos derivados do leite, café, bebidas gaseificadas e alcoólicas e comidas gordurosas não são indicados.

Alguns remédios também podem causar azia, além de componentes presente no cigarro. Por isso que é tão importante procurar um médico, caso os sintomas insistam em permanecer.

Veja tambémAzia? Chá é um bom remédio caseiro para isso

Os exageros gastronômicos

A partir da leitura desse artigo, você viu que, por mais apetitosa que uma comida possa ser, o bom mesmo é apreciar com moderação. Além de evitar o ganho de peso, você também vai conservar o seu bem-estar.

Porém, para quem não resistiu as delícias e agora está com problemas no aparelho digestivo, investir em chás como boldo do Chile, gengibre, camomila, espinheira-santa, menta e rooibos vão ajudar a resolver o impasse.