Escrito por em 02/05/2018

Na lista das receitas naturais, o melhor chá para gases ocupa posição de destaque. Porém, nem todo mundo possui conhecimento suficiente para distinguir qual o melhor ingrediente para a bebida, em meio a uma infinidade de ervas.

Antes de seguir em frente com as indicações, é bom que você saiba que os gases, ou flatulências, como são também conhecidos, são causados devido o processo de fermentação dos alimentos no sistema digestivo.

A eliminação de gases durante o dia é normal, porém, alguns deles vêm acompanhados de dor e outros sintomas, o que deixa de ser tão normal assim para exigir um pouco mais de atenção por parte do paciente.

Chás para gases

A natureza é uma verdadeira farmácia natural. A partir do conhecimento certo, é possível encontrar tratamento para os mais variados males. No caso dos gases ou flatulências, as ervas utilizadas no preparo dos chás são de fácil acesso.

Antes de seguir com as receitas, não custa nada lembrar: antes de incluir qualquer tratamento no seu dia a dia, a dica é procurar orientação com um médico, mesmo sendo este a base de ingredientes naturais.

Essa recomendação é bastante válida, sobretudo para quem apresenta qualquer outro tipo de problema de saúde ou possui alergia a certas substâncias. Na consulta, esse profissional pode indicar a dosagem correta e prescrever a melhor erva.

“Muitas pessoas sofrem de barriga inchada, cheia de gases, o que pode decorrer de vários motivos, como comer alimentos pobres em nutrientes, ter altos níveis de estresse e tomar medicamentos diários”, afirma o médico Juliano Pimentel.

Depois do lembrete, agora chegou a hora de conferir quais os melhores chás para tratar problema de gases:

Chá de folha de abacate

O chá de folhas de abacate acalma o sistema gastrointestinal, sendo indicado para tratar gases

Esse chá consegue eliminar os gases sem sofrimento (Foto: depositphotos)

O chá feito a partir da utilização da folha do abacateiro possui propriedades diuréticas. Além do mais, ele acalma o sistema gastrointestinal, fazendo com que os gases sejam eliminados de forma eficaz.

Ingredientes

  • 1 litro de água;
  • 50g de folhas secas do abacate.

Modo de preparo

Com ajuda de uma panela, coloque a água para ferver. No mesmo momento, já pode incluir as folhas do abacate. Assim que atingir o ponto de ebulição, marque cinco minutos e desligue o fogo.

Permaneça com a tampa da panela tampada por mais 10 minutos. Passado esse tempo, use uma peneira para facilitar a remoção das folhas utilizadas no preparo da bebida. Para acabar com os gases, tome uma xícara da bebida a cada hora.

Veja também: Chá de melissa para gases

Chá de anis-estrelado com camomila

O chá de anis estrelado com camomila otimiza o processo digestivo, eliminando gases

A junção desses dois ingredientes favorece o bom funcionamento intestinal (Foto: depositphotos)

Essa mistura de ervas é ideal para combater os gases. O anis-estrelado possui o poder de otimizar o processo digestivo. Já a camomila vai atuar contra a inflamação abdominal.

Ingredientes

  • 250 ml de água;
  • 2 colheres (de chá) de anis-estrelado;
  • 1 colher (de sopa) de flores de camomila.

Modo de preparo

Pegue uma panela com tampa e coloque a quantidade de água recomendada na receita para ferver. Assim que apresentar os primeiros sinais de ebulição, acrescente o anis-estrelado e a camomila. Deixe ferver por três minutos e desligue o fogo.

Em seguida, a mistura deve descansar por cinco minutos. Nesse meio tempo, preserve a tampa da panela fechada. Passado esse tempo, use uma peneira para remover os ingredientes utilizados e consuma a bebida ainda quente.

Chá de erva-cidreira e funcho

O chá de erva cidreira e funcho é apontado como um dos melhores chás para gases

Esse chá evita a formação de gases em demasia (Foto: depositphotos)

Além de combater os gases, a mistura da erva-cidreira com o funcho combate a formação dos gases e atua contra a prisão de ventre, visto como um dos principais fatores para existência dos gases em excesso.

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de erva-cidreira;
  • 1 colher (de sopa) de funcho.

Modo de preparo

Coloque a água para ferver com ajuda de uma panela com tampa. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a erva-cidreira com o funcho. Deixe a mistura descansar por cinco minutos. Preserve a tampa da panela fechada.

Passado esse tempo, você vai precisar de uma peneira para ajudar na remoção das ervas usadas no preparo. A dica é ingerir a bebida ainda quente. Não é recomendado a adição de açúcar ou mel, já que esses ingredientes favorecem a produção de gases.

Veja também: Chá de funcho – Benefícios desse chá antigases

Chá de carqueja

A chá de carqueja possui substância que ajudam no processo digestivo

O indicado é ingerir esse chá depois das refeições (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

A chá de carqueja possui substância que ajudam no processo digestivo. Dessa forma, ele deve ser ingerido depois das refeições como forma de evitar o aparecimento de gases excessivos, assim como todas as complicações vinculadas ao problema.

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de carqueja.

Modo de preparo

Leve a quantidade de água recomendada na receita para ferver. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente a carqueja. Deixe descansar por quinze minutos com a tampa da panela fechada.

Passado esse tempo, pegue uma peneira e remova a erva de uma só vez. Coloque em uma xícara e beba ainda morno. Não é recomendado o uso de açúcar, mel ou adoçante. A ingestão diária deve ser de três xícaras.

Chá de erva-doce

O chá de erva-doce aparece na lista dos melhores chás para gases por ser muito eficiente

Além de combater os gases, esse chá alivia cólicas e dores de estômago (Foto: depositphotos)

A erva-doce possui o poder de combater os gases intestinais causados pela digestão dos alimentos. Além do mais, a erva também serve para tratar as dores de estômago e cólicas.

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de erva-doce.

Modo de preparo

Coloque a água para ferver com ajuda de uma panela com tampa. Assim que apresentar os primeiros sinais de ebulição, desligue o fogo e acrescente a quantidade de erva-doce recomendada na receita.

Deixe a mistura descansar por 10 minutos. Não se esqueça de preservar a tampa da panela fechada para facilitar o processo de infusão. Logo em seguida, beba o chá em até três xícaras por dia após as refeições.

O que são os gases?

Os gases são originados a partir do processo de digestão dos alimentos, o que inclui a ação das bactérias ligadas ao processo de fermentação dos alimentos. Por mais incômodo e constrangedor que possa parecer, os gases são comuns.

Veja também: Chás caseiros para acabar com os gases

“O inchaço abdominal ocorre quando sua barriga fica muito estufada após as refeições. Geralmente isto ocorre por conta de gases que se acumularam por conta do tipo de alimento que você comeu ou outros problemas digestivo”, endossa Pimentel.

Só para se ter ideia, o ser humano pode eliminar por dia de 14 a 23 gases. Existem duas classificações para os gases, sendo elas definidas a partir de onde são gerados. São elas: intestinal e estomacal.

Na maioria dos casos, o excesso de gases no organismo pode acarretar em uma série de sintomas. Dependendo da gravidade do caso, o paciente pode apresentar dor abdominal, inchaço na mesma região, barriga dura ou estufada e prisão de ventre.

“Muitos pacientes aparecem no meu consultório reclamando de que o coração está acelerado, falta de ar, mau hálito e cólicas. Porém, na maioria das vezes são só gases intestinais”, esclarece o médico Denivaldo Luz.

Além do mais, prisão de ventre, cólica intestinal, dor de cabeça e dor nas costas também podem aparecer como sintoma de gases. Alguns fatores também podem estar ligados ao aparecimento desses gases.

Mascar chiclete, falar enquanto come, dificuldade para respirar, azia, ansiedade, problemas intestinais, sedentarismo e falta de cuidado com a alimentação podem ser responsáveis pelo aparecimento dos gases.

“Esse é um problema que precisa ser resolvido logo. No entanto, tem gente que sofre com o problema durante anos. Aí é onde surgem outras doenças devido o excesso de gases intestinais”, alerta o médico.

Como evitar os gases

Embora a produção de gases faça parte do processo normal do corpo, existem algumas precauções que podem ser seguidas para evitar que o corpo sofra com o excesso deles, já que pode se transformar em uma situação incômoda.

Tomar cuidado com a alimentação, praticar atividades físicas de forma regular, comer com calma, mastigar bem os alimentos, não mascar chicletes e evitar o cigarro pode ajudar a minimizar os gases.

Quanto mais sedentário você for, mais gases vão se formar no seu intestino. Então, se movimente! Faça alongamento e caminhadas. Quanto mais você se movimentar, mais rápido vai se livrar do excesso de gases”, orienta Denivaldo.

Veja também: Chás para evitar gases

Evite comer alimentos doces com alimentos salgados. “O hábito de comer sobremesas depois do almoço, ou então sucos e refrigerantes pode causar gases. Assim como misturar alimento quente com frios”, pontua o médico.