Publicado por Redação

Normalmente, quando se come uma fruta ou a usa para a composição de alguma receita, as pessoas costumam separar a parte comestível, chamada de polpa, daquilo que supostamente não serve, como por talos de vegetais folhosos ou cascas. Na maioria das vezes, o destino dessas sobras é o lixo.

O que boa parte das pessoas não sabe é que alguns desses itens são imensamente nutritivos, as vezes até mais do que a parte escolhida para ingerir. Há várias receitas que podem evitar o desperdício e ainda reaproveitar essas “sobras” ricas em nutrientes.

Uma maneira prática de reutilizar esses fragmentos é a partir do preparo de um delicioso e benéfico chá. Conheça algumas dessas receitas, seus benefícios e como prepará-las:

Chás com cascas e talos de frutas

Fazer chás utilizando sobras de frutas e verduras que seriam descartadas é uma boa aposta

Talos e cascas podem ser tão nutritivos quanto a polpa das frutas e verduras (Foto: depositphotos)

Chá com casca de Laranja

A laranja, uma das frutas mais queridas dos brasileiros, é também uma das que mais são mal-aproveitadas. Além da casca, muitas pessoas apenas mastigam a fruta até que saia todo o sumo e jogam fora o bagaço, sendo que essa parte é uma grande fonte de fibras.

Conhecida principalmente por ser fonte de vitamina C, a laranja também é rica em vitaminas A, do complexo B (B1, B2, B3) e diversos minerais (cálcio, enxofre, fósforo, magnésio, potássio e sódio). Graças a esses nutrientes, a laranja pode ser usada para prevenir e auxiliar no tratamento de gripes, tosses, anemia, reumatismo e até epilepsia.

O chá da casca da laranja também possui propriedades calmantes, analgésicas, tônicas, diuréticas e pode ser capaz de ajudar a regular o trato intestinal e fluxo menstrual.

Ingredientes

  • Cascas de 2 laranjas média;
  • 750 ml (3 xícaras de chá) de água;
  • Açúcar, adoçante ou mel a gosto (opcional).

Modo de preparo

Por se tratarem de cascas grossas, o processo que deve ser adotado é a deccoção, ou seja, coloque a água e as cascas das laranjas juntas em um recipiente que possa ir ao fogo e deixe fervendo por cerca de 30 minutos. Após isso, basta coar e servir. Para deixar a bebida ainda mais gostosa, basta adicionar algo para que ela fique mais doce. Você pode beber até três xícaras por dia.

Veja também: Chá das folhas da laranja azeda trata de depressão a diarreia

Chá de talo de alface

Uma das verduras mais consumidas do mundo, o alface é um dos alimentos mais comuns nos pratos dos brasileiros na hora do almoço. Por ter um sabor ligeiramente amargo, algumas pessoas dispensam comer o talo dessas folhas. Só que esses ramos são tão nutritivos e benéficos quanto a parte que normalmente é consumida.

Essa leguminosa possui déficit calórico (cerca de 15 calórias a cada 100 gramas), ela é uma grande fonte de vitaminas (A, B6, B12, C e D), além de vários minerais (cálcio, ferro, magnésio, potássio e sódio) e fibras. 

O que muitos não sabem é que o alface, especialmente seu talo, possui lactucina, uma substância que atua como sedativo e sonífero, o que torna o vegetal num ótimo aliado para combater insônia ou simplesmente para promover uma melhor noite de sono.

Ingredientes

  • Talos de duas folhas de alface;
  • 250 ml (1 xícara de chá) de água;
  • Açúcar, adoçante ou mel a gosto (opcional).

Modo de preparo

Leve a água ao fogo em uma panela ou bule e deixe em fogo médio até que ela comece a ferver. Após isso, desligue o fogão, adicione os talos de alface e tampe o recipiente por cerca de 20 minutos, para que a água fique com todas as propriedades benéficas da alface. Após isso, basta coar e beber antes de dormir.

O ideal é tomar o chá sem adoçar, pois a glicose por oferecer energia ao corpo, pode cortar  parte do efeito sonífero da bebida.

Alface tem poucas calorias e contém benefícios para sua dieta

Chá de casca de maçã

A casca da maçã é talvez a menos desperdiçada da lista já que muitas pessoas não se importam em comê-la. No entanto, existem aqueles que preferem descascar a fruta, seja para consumi-la in natura ou para utilizar sua polpa para fazer tortas e doces.

Assim como a sua polpa, a casca da maçã possui vitamina A, várias do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6 e B9) e vitamina C. Ela também é fonte de minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio e zinco) e substâncias como a pectina e ácido ursólico, que faz com que a fruta seja uma ótima aliada contra a obesidade e amiga do coração, já que ela é ótima para manter os níveis de colesterol e glicose equilibrados.

O chá da casca da maçã também funciona como um digestivo natural e sua grande quantidade de antioxidantes faz com que a bebida combata o envelhecimento precoce dos cabelos e da pele.

Veja também: Emagreça com receita à base de casca de maçã

Ingredientes

  • 750 ml (3 xícaras de chá) de água;
  • Cascas de duas maçãs grandes;
  • 2 pedaços de canela (opcional);
  • Açúcar, adoçante ou mel a gosto (opcional).

Modo de preparo

Assim como o chá de casca de laranja, coloque as cascas junto com a água dentro de um recipiente e leve ao forno até que comece a ferver. Desligue o fogo, se quiser deixar a bebida mais deliciosa adicione pedaços de canela. Tampe a panela ou bule e deixe descansar por cerca de 10 minutos. Beba no máximo três xícaras de chá por dia.

Veja mais!