Escrito por em 27/01/2017

Originária da Ásia, a laranja azeda foi introduzida logo depois na Europa e na América. Rica em vitamina C, a fruta está presente em muitos lares brasileiros. No entanto, poucos são os que sabem dos benefícios que as folhas desta planta podem proporcionar à saúde do organismo.

Propriedades medicinais

  • Aperiente;
  • Antiespasmódico;
  • Carminativo;
  • Diurético;
  • Sedante;
  • Tônico;
  • Vermífugo.
Chá das folhas de laranja azeda trata de depressão a diarreia

Foto: depositphotos

Benefícios da laranja azeda

Esta planta é uma grande aliada do sistema nervoso, pois trata doenças que afetam esta parte do corpo como os quadros de depressão e todos os sintomas que surgem com este problema. Além desta condição, a laranja azeda ainda induz o sono e alivia os casos de angústia.

Palpitações e diarreia são outros dois problemas que podem ser resolvidos com o uso desta erva.

Como usar esta planta?

A forma mais tradicional de preparar o chá de laranja azeda é usando uma colher (de sopa) das folhas desta planta em uma xícara de água fervida. Deixe em infusão por 10 minutos e após o tempo determinado, coe e sirva a bebida. A dica é ingerir até três xícaras por dia.

Outra maneira de preparar o chá

Além da infusão, é possível preparar o chá de laranja azeda com a deccoção do fruto desta planta. Por isso, amasse-o e depois despeje em uma chaleira com um litro de água. Espere ferver e após o líquido entrar em ebulição, desligue o fogo e mantenha a panela fechada por 10 minutos. Em seguida, coe e sirva. Não beba com açúcar ou adoçante e não ultrapasse duas xícaras durante o dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Mesmo se tratando de um produto natural, laranja azeda tem suas contraindicações. Isto porque ainda não há estudos claros sobre o efeito desta planta no organismo de grávidas e mulheres que estão no período de lactação. Sendo assim, é contraindicado o uso desta planta em ambos os casos.

Além disso, o consumo do chá desta planta deve ser controlado. Por isso, dê preferência a ir no médico antes de iniciar qualquer tratamento mesmo que este seja natural.