Escrito por em 29/03/2018

A partir do preparo de certos chás, o tratamento ou cura para muitas doenças podem ser uma realidade. É o caso do chá de Ceilão. Veja agora para quê ele serve, quais doenças consegue tratar ou evitar e qual a forma mais indicada para consumi-lo.

O chá de Ceilão possui propriedades cicatrizantes e ainda minimiza os riscos de ataques cardíacos. Mas, seus benefícios não param por aí. Para que ele possa ser usado de forma eficaz nos tratamentos naturais é preciso consciência no consumo.

Esse cuidado vale não só para a ingestão dessa bebida, mas para vários outros chás. Isso porque, mesmo se tratando de um ingrediente natural, quando ingerido de forma inconsequente, pode acarretar em uma série de problemas.

Por isso, o mais sensato é procurar um médico. Dessa forma, o tratamento pode ser feito da forma mais segura e eficaz. Além do mais, problemas como alergias ou mau-estar podem ser evitados.

Como consumir o chá de Ceilão

Assim como o chá verde, preto e mate, o chá de Ceilão contém cafeína

Essa planta é originária do Sri Lanka e tem poder cicatrizante (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Antes de seguir apresentando todas as propriedades e benefícios vinculados a ingestão do chá de Ceilão, é bom que você tenha um pouco de conhecimento a respeito da forma correta de consumi-lo, já que o sucesso do seu tratamento depende disso.

É bom destacar que a erva é originária do Sri Lanka. Somado a isso, o país se destaca como principal produtor da erva. O chá de Ceilão é um tipo de chá preto que tem cafeína na sua composição.

Veja também: Os 150 anos do cultivo dos chás no Sri Lanka

Para preparar o chá de Ceilão, a erva utilizada deve ser a original, vinda do Sri Lanka. Esse cuidado é o principal, já que passa mais certeza que a erva está o mais pura possível.

Hoje em dia, devido à facilidade na produção e comercialização dos produtos, algumas marcas já fazem a importação da erva para oferecê-la em sachês, nos supermercados. Mas, caso você não tenha acesso a erva pura, vale arriscar.

Com a erva pura, além da qualidade, o paciente pode ter garantia do sabor característico e todos os benefícios preservados. Essa erva pode ser encontrada em lojas especializadas em produtos naturais, pela internet e até em supermercados.

A ingestão do chá de Ceilão

Depois de encontrar a erva certa para fazer o chá, o paciente agora tem de se preocupar com a dosagem. Como foi dito no início do artigo, o mais sensato é recorrer ao médico. Ele garantirá que o tratamento com a bebida será feito de forma correta.

Isso porque, a existência de outras doenças pode acarretar em um cuidado mais específico para com a ingestão do chá de Ceilão. Por isso, não vale a pena arriscar, sobretudo quando a saúde está em jogo.

Veja também: Durante quanto tempo pode-se tomar chá?

Alguns profissionais recomendam que a ingestão do chá de Ceilão não deve ultrapassar as três xícaras diárias, salvaguarda em situações especiais. Porém, ela deve ser submetida à supervisão médica.

Como preparar o chá de Ceilão

O Ceilão é originário da Camellia sinensis, mesma erva do chá verde

Para não comprometer sua eficácia, não adoce esse chá (Foto: depositphotos)

Agora chegou a hora de aprender o passo a passo para preparar o chá de Ceilão:

Ingredientes

  • 250 ml de água filtrada;
  • 1 colher (de chá) de folhas de Ceilão.

Modo de preparo

Para preparar o chá de Ceilão você vai precisar do auxílio de uma panela com tampa. Coloque a água para ferver. Assim que apresentar os primeiros sinais de ebulição, desligue o fogo e acrescente o Ceilão.

Deixe a panela tampada por cinco minutos. Esse cuidado é fundamental para que o Ceilão solte todas as suas propriedades na água. Passado o tempo, recolha as folhas com ajuda de uma peneira.

Na hora de ingerir, não é indicado usar açúcar, mel ou adoçante, justamente pelo fato dessas substâncias comprometerem a eficácia da bebida.

Veja também: Chás com poderes cicatrizantes

Propriedades e benefícios do chá de Ceilão

Assim como acontece com o chá verde e chá branco, o Ceilão é originário da Camellia sinensis. O que agrega todos os benefícios ao Ceilão é a forma com que ele é cultivado, levando em consideração o clima e as condições de altitude.

O chá de Ceilão é cultivado no Sri Lanka, em uma ilha montanhosa, com um clima quente e variadas altitudes. Essas áreas vão de 600 até 1200 metros acima do nível do mar. Essa variação influencia no sabor, aroma e coloração.

No que diz respeito à saúde, o chá de Ceilão pode ser usado para reduzir o risco de ataques cardíacos. Dessa forma, ele faz bem para a saúde do coração e todo o sistema coronário.

O chá de Ceilão também apresenta propriedades cicatrizantes, sendo indicado no tratamento de feridas, arranhões e queimaduras. A bebida também pode ser usada com o propósito de evitar a incidência de câncer.

Para os pacientes que apresentam problemas com os ossos, a ingestão do chá de Ceilão é bem indicada. Ele também pode evitar doenças como a osteoporose. Já em relação aos dentes, suas propriedades ajudam a fortificá-los.

Veja também: Chás para o tratamento da osteoporose

Uma pesquisa realizada pela University College London indicou que o chá de Ceilão ajuda a reduzir o estresse e também possui propriedades antioxidantes, retardando o envelhecimento natural das células.