Escrito por em 18/03/2019 (atualização: 04/06/2019)

Você já ouviu falar sobre os benefícios do chá de cúrcuma? Aqui você vai descobrir tudo sobre essa bebida que traz várias vantagens para a saúde. Descubra o que é, como fazer e todas as informações importantes sobre esse chá que pode ser a chave para tratar doenças e obter mais qualidade de vida!

A cúrcuma (Curcuma longa) é uma planta herbácea da mesma família que o gengibre. Em algumas regiões do Brasil também é conhecida como açafrão-da-terra, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo. Normalmente é usada como tempero na culinária, mas a medicina já comprovou também diversos benefícios para a saúde.

Com essa planta é possível produzir um chá que traz algumas vantagens saudáveis, como a prevenção e combate de vários tipos de doenças, por exemplo. Ficou interessado(a)? Veja abaixo os milagrosos benefícios do chá de cúrcuma que já foram comprovados pela ciência!

Para que serve o chá de cúrcuma?

Os efeitos medicinais da cúrcuma são geralmente consequências da presença de uma substância polifenólica lipofílica de cor laranja-amarelada chamada curcumina, que é adquirida a partir dos rizomas da planta.

Chá de cúrcuma e limão

Entre os benefícios do chá de cúrcuma está a prevenção da diabetes (Foto: deposithotos)

Além disso, trata-se de uma especiaria rica em compostos ativos que ajudam o corpo a funcionar melhor e previnem desde problemas de saúde leves até mesmo doenças graves como o câncer, a hipertensão e o Mal de Alzheimer. Veja a lista com os principais benefícios do chá de cúrcuma:

  • É anti-inflamatório
  • Combate doenças de pele
  • Reduz o colesterol
  • É antioxidante
  • Melhora a circulação
  • Ajuda na recuperação muscular
  • Previne a diabetes.

São muitos benefícios que dariam uma lista ainda maior. Mas vale lembrar que esses que foram listados são os benefícios comprovados pela ciência até o momento.

Podem existir outros benefícios e vantagens, mas escolhemos os principais e mais embasados por fontes científicas que comprovam a sua veracidade. Abaixo, você aprenderá mais sobre cada um.

Benefícios e propriedades saudáveis

Nesse tópico você verá mais detalhes sobre cada um dos benefícios listados anteriormente. É aqui também onde você vai confirmar que todos esses benefícios são verdadeiros.

As informações são baseadas em fontes científicas e pesquisas oficiais. Confira nossas referências científicas no fim do artigo!

É anti-inflamatório

Em primeiro lugar, vale ressaltar que o chá de cúrcuma possui uma potente ação anti-inflamatória (1, 2, 3). Isso se deve a uma das propriedades únicas da cúrcuma, chamada curcumina. Essa substância medicinal só é encontrada em algumas plantas da família da cúrcuma e do gengibre, e é excelente para combater pequenas inflamações.

Com o chá de cúrcuma, por exemplo, é possível tratar pequenas inflamações que causam dor nas costas, na lombar, nos ombros e nas articulações. É também uma bebida muito indicada para aliviar as dores de artrite (4) e de resquícios de doenças como a chikungunya.

Combate doenças de pele

Outra vantagem significante do chá de cúrcuma é seu efeito protetor da pele (1, 2). Estudos confirmam que, há muitos anos, a curcumina é usada em tratamentos dermatológicos, inclusive sendo usada no tratamento de doenças graves como a psoríase, acne e crises de coceira.

O estudo ainda comprovou que a curcumina age na cicatrização de feridas cutâneas, mostrando mais uma vantagem da cúrcuma em relação à pele. Além disso, não há contraindicações relacionadas ao seu uso.

Sendo assim, esse chá traz benefícios dermatológicos através do seu consumo ou pela aplicação sobre a pele. Se duvida, passe a usá-lo e confira, por conta própria, os benefícios dessa bebida natural.

Reduz o colesterol

O chá de cúrcuma também é recomendado para reduzir o colesterol (2). De acordo com um estudo polonês, a cúrcuma possui substâncias antioxidantes capazes de diminuir o LDL (colesterol ruim) do organismo de que o consome.

O chá de cúrcuma pode e deve ser usado como um auxiliar no tratamento para diminuição do colesterol. Contudo, vale deixar claro que sem uma alimentação adequada, o chá não consegue surtir efeito.

É antioxidante

E como estamos falando sobre antioxidante, a cúrcuma possui esses ativos que auxiliam na prevenção de várias doenças graves (1, 2). Eles ajudam a inibir a ação dos radicais livres, substâncias nocivas que dificultam o ciclo de vida saudável das células.

Os radicais livres afetam a saúde das células, aumentando o risco de doenças como o câncer, Mal de Alzheimer, Parkinson, doenças degenerativas em geral, diabetes, hipertensão e envelhecimento precoce. Sendo assim, consumir o chá de cúrcuma ajuda a prevenir essas e outras doenças.

Inclusive, a curcumina, substância citada anteriormente, é conhecida como uma propriedade anticancerígena potente (1). Ela pode ser usada na prevenção da doença e como auxiliar dos principais tratamentos, como a quimioterapia e radioterapia, por exemplo.

Melhora a circulação

A cúrcuma é um alimento que possui substâncias que ajudam na saúde cardiovascular através da melhora da circulação (1, 2). O seu consumo está ligado à diminuição de problemas cardíacos relacionados a coágulos e entupimentos de veias e artérias.

De modo simples, podemos dizer que a cúrcuma possui substâncias vasodilatadoras que aumentam o tamanho das veias e ajudam na passagem do sangue. Além disso, ela higieniza o percurso feito pelo sangue, limpando substâncias que podem provocar entupimentos, por exemplo.

Ajuda na recuperação muscular

Outro benefício da cúrcuma é que ela ajuda na recuperação muscular (3). Sendo assim, é um alimento complementar da prática de exercícios, principalmente a musculação. O estudo mostrou que algumas propriedades da cúrcuma agem beneficiando os músculos que foram forçados por exercícios.

Além de diminuir a dor da recuperação, a cúrcuma ajuda em todo o processo, para que ele passe por tudo de forma saudável. Desse modo, o chá de cúrcuma é um grande aliado de quem gosta de frequentar a academia.

Previne a diabetes

Ainda falando sobre os benefícios derivados da ação antioxidante, o chá de cúrcuma pode ajudar na prevenção da diabetes (1). Os componentes que promovem a melhora das células também beneficiam o sangue, ajudando na regulação dos níveis de glicose.

Além disso, esse efeito tem total relação com algumas funções metabólicas, que também são essenciais para evitar doenças como diabetes e a hipertensão.

Como fazer o chá?

A receita do chá de cúrcuma é bem simples. Você vai precisar apenas de água e a cúrcuma (em pó) e, se preferir, limão. Siga as instruções abaixo para fazer o melhor chá natural de cúrcuma e obter vários benefícios para a saúde:

  1. Em uma panela, ferva 1 litro de água
  2. Quando atingir a fervura, desligue e adicione 1 colher (de chá) de cúrcuma e misture bem
  3. Em seguida, deixe tampado por cerca de 10 minutos. Tudo com o fogo desligado
  4. Por fim, coe e adicione algumas gotas de limão.

O ideal é não adoçar esse chá, nem mesmo com adoçante natural, pois isso pode retirar alguns dos benefícios. Mas, se você não conseguir tomar o chá dessa forma, adoce com 1 colher de mel de abelha. Entre os adoçantes, é a opção mais saudável.

Outro detalhe importante: Não é porque você fez 1 litro de chá que você deve tomar tudo de uma só vez. Inclusive, isso pode acabar fazendo você passar mal. Veja como tomar o chá corretamente no tópico abaixo.

Como e quando tomar corretamente?

O recomendado é que você tome 1 xícara de chá de cúrcuma por dia, de preferência morno. O horário mais indicado é depois do café da manhã ou após o almoço. Não tome esse chá em jejum, pois ele estimula o estômago e isso pode aumentar muito o seu apetite durante o dia.

Onde comprar cúrcuma?

Dificilmente você vai achar o chá pronto de cúrcuma para comprar no Brasil, por isso você pode comprar a cúrcuma em si e preparar o chá. A cúrcuma é uma especiaria/tempero muito comum e pode ser achada em supermercados, feiras livres e lojas de produtos naturais.

Cúrcuma em pó

Cúrcuma também é chamada de açafrão-da-terra e é da família do gengibre (Foto: deposithotos)

Entretanto, lembre-se que em muitos lugares do Brasil, a cúrcuma muda de nome. Você pode encontrar como o nome de açafrão-da-terra, raiz-de-sol e gengibre amarelo.

Chá de cúrcuma emagrece?

Sim, mas depende do seu estilo de vida. A cúrcuma, assim como o gengibre, é um alimento termogênico, pois ajuda a aumentar a temperatura do corpo. Isso de deve graças a algumas substâncias que estimulam o metabolismo.

Dessa forma, consumir açafrão-da-terra ou o chá feito com essa especiaria ajuda o corpo a gastar mais energia no dia a dia. O organismo vai acabar recorrendo a gordura como fonte de energia, queimando-a. Isso ajuda a emagrecer e a perder medidas.

Mas, como dissemos anteriormente, de nada vai adiantar consumir o chá de cúrcuma e continuar a se alimentar mal e viver uma vida sedentária.

O chá não é milagroso, mas um potente auxiliar das práticas emagrecedoras. Por isso, siga uma dieta pouco calórica e pratique exercícios regularmente.

Outros alimentos que possuem ação termogênica são a mostarda, canela e gengibre.

Cuidados e contraindicações

Por fim, vamos falar um pouco sobre alguns cuidados e contraindicações a respeito do consumo do chá de cúrcuma. Em primeiro lugar, algumas pessoas são alérgicas à cúrcuma e devem evitar ao máximo o seu consumo. Por isso, em caso de reação alérgica, procure imediatamente um pronto-socorro.

Por outro lado, a cúrcuma pode interferir no efeito de medicamentos de diabetes e pressão alta. Sendo assim, pergunte ao seu médico se você pode consumir este chá antes de começar a usá-lo.

O consumo exagerado (mais de uma xícara por dia) pode trazer alguns sintomas como náuseas, diarreia, dores no estômago e mal-estar. Além disso, consumir muito chá de cúrcuma faz com que o corpo absorva menos ferro, o que pode causar anemia. Use com moderação.

Assim como também não é indicado para mulheres grávidas, lactantes e crianças com menos de 12 anos de idade.

Referências científicas

(1) KOCAADAM, B.; SANLIER, N. “Curcumin, an active component of turmeric (Curcuma longa), and its effects on health“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26528921. Acesso em 18/02/2019.

(2) ZDROJEWICZ, Z. et. al. “Turmeric – not only spice“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28662006. Acesso em 18/02/2019.

(3) McFARLIN, B. K. et. al. “Reduced inflammatory and muscle damage biomarkers following oral supplementation with bioavailable curcumin“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27051592. Acesso em 18/02/2019.

(4) DAILY, J. W. et al. “Efficacy of Turmeric Extracts and Curcumin for Alleviating the Symptoms of Joint Arthritis: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Clinical Trials“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27533649. Acesso em 18/02/2019.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.