Escrito por em 05/02/2019 (atualização: 04/06/2019)

Chá de cavalinha emagrece? Esta bebida natural é famosa pela sua ação diurética conhecida de muita gente, pois é usada com propósitos medicinais há muitos anos. Sendo considerado um potente remédio caseiro, resta uma dúvida: Será que ele serve para a perda de peso? Confira!

Antes de mais nada, a cavalinha (Equisetum arvense L.) é uma planta nativa da Europa, mas que pode ser encontrada atualmente em várias regiões do mundo. No Brasil, é uma planta conhecida por produzir um chá usado tradicionalmente para tratar alguns males e doenças.

Trata-se de uma planta em formato de talos. No inverno, produz talos férteis de cor acinzentada que possuem entre 10 e 20 cm. Já no verão, produz talos estéreis de coloração verde que podem chegar a 80 cm de altura. São finos, ocos e se assemelham ao formato de cana (articulados).

Em suma, são os talos verdes que são usados pela medicina, apesar de os talos cinzas também apresentarem alguns substâncias benéficas. Aqui você vai descobrir todos os segredos dessa planta e deste chá. Tudo comprovado pela medicina!

Xícara com chá de cavalinha

Os talos verdes da cavalinha são os mais usados para composição de chás (Foto: depositphotos)

Emagrecer com chá de cavalinha: mito ou verdade?

Sim, o chá de cavalinha é tido pela ciência como um auxiliar no emagrecimento. Contudo, é preciso dar ênfase na palavra “auxiliar”, pois esta bebida ajuda a perder peso, mas não elimina a gordura. Calma, vamos te explicar!

Em primeiro lugar, o chá de cavalinha tem um alto poder diurético (2), ou seja, ele ajuda a eliminar o líquido retido no corpo. Sendo assim, ele aumenta o fluxo urinário e todo esse líquido armazenado sem necessidade vai embora junto com o xixi.

Isso faz com que ocorra o processo de desinchar. Com isso, é possível diminuir medidas e perceber melhora no bem-estar físico, mas não é emagrecimento de verdade. A gordura, se não for eliminada com dieta e exercícios, não vai embora apenas ao consumir chá de cavalinha.

Mas, por outro lado, estudos indicam que a cavalinha é uma planta com substâncias antioxidantes que estimulam o metabolismo (1, 2). Sendo assim, é possível acelerar o metabolismo e isto ajuda a aumentar a queima de calorias e fazer o emagrecimento mais rápido e saudável.

Veja também: Chá de hibisco com cavalinha para emagrecer

Contudo, vale ressaltar que esse benefício de auxiliar no emagrecimento só pode ser obtido se o consumo do chá estiver em conjunto com uma alimentação saudável (pouco calórica) e a prática de exercícios físicos. Apenas tomar o chá não vai servir para emagrecer.

Benefícios desse chá

Além do benefício para a perda de peso, a cavalinha é uma planta rica em propriedades medicinais diversas. Sua composição complexa faz desta planta uma das mais famosas opções usadas na medicina alternativa e natural.

Pensando nisso, separamos para você uma lista com as principais e mais recentes descobertas saudáveis da cavalinha e do seu chá.

Vale ressaltar que os benefícios listados a seguir são comprovados pela ciência e documentados em produções originais de pesquisas realizadas por especialistas. Claro que existem outras vantagens saudáveis, mas estas ainda estão sendo estudadas ou passando por testes.

É antioxidante

Pesquisas apontaram a presença de propriedades antioxidantes na composição nutricional da cavalinha (1, 3). Ou seja, substâncias benéficas que inibem a ação dos radicais livres e protegem o organismo de várias doenças, como o câncer e o envelhecimento precoce, por exemplo.

Os radicais livres são substâncias que dificultam o ciclo saudável das células. A cavalinha é ótima no combate a estas substâncias, prevenindo assim doenças como pressão alta, câncer, diabetes, Mal de Parkinson, Alzheimer, doenças degenerativas e o envelhecimento precoce.

Além disso, existem comprovações científicas de que consumir alimentos antioxidantes também ajuda na beleza. Eles ajudam a dar mais qualidade a pele e cabelos, por exemplo.

Recuperação de ossos quebrados e fraturas

Um dos benefícios mais peculiares do chá de cavalinha é que ele ajuda os ossos a se recuperarem de fraturas (2). Este processo de chama remineralização, que é quando os ossos quebrando usam os minerais do corpo para “consertar” os ossos quebrados.

O chá de cavalinha é uma fonte rica de minerais. E quando dizemos “fonte rica”, acredite, é muito mesmo. É possível encontrar na cavalinha os seguintes minerais: potássio, fósforo, cálcio, ácido silícico, compostos hidrossolúveis do silício e muito mais.

Do mesmo mesmo, o chá de cavalinha faz muito bem para a estrutura óssea no geral, mesmo sem nenhum osso quebrado. O seu uso está associado a ossos mais fortes e prevenção de doenças.

Mas este é aquele benefício que também tem um ônus. Os médicos acreditam que o consumo exagerado do chá também pode causar problemas nas articulações. Por isso, consuma moderadamente para obter apenas os benefícios.

Diminui a pressão arterial

Outra super vantagem do uso do chá de cavalinha é que ele é um grande hipotensor, que baixa pressão (2). Dessa forma, é um ótimo remédio natural para combater a pressão alta e ajudar na prevenção deste problema em pessoas que possuem tendência a desenvolver este mal.

É anti-inflamatório

Um estudo mostrou que a cavalinha possui ação anti-inflamatória bastante satisfatória (4). Dessa forma, o chá desta planta pode ser usado como auxiliar no tratamento de inflamações, aliviando também os sintomas.

Dessa forma, associa-se ainda o consumo do chá de cavalinha como o alívio de dores na lombar, ombros, costas e articulações. Pois, comumente, estas dores podem ser causadas por pequenas inflamações nessas regiões, o que acaba provocando a dor.

Ramos de cavalinha

Os melhores horários para consumir o chá é pela manhã e pela tarde (Foto: depositphotos)

Como fazer este chá?

A receita do chá de cavalinha é muito simples. Siga as instruções abaixo para preparar o melhor chá natural de cavalinha e obter todos os benefícios citados:

  1. Ferva 1 xícara de água filtrada e desligue o fogo (ou tire do micro-ondas)
  2. Em seguida, adicione 1 colher (de sopa) de talos secos e picados de cavalinha.
  3. Deixe tampado por 10 minutos
  4. Após isso, coe o chá e beba sem adoçar

O recomendado é que o chá seja ingerido ainda morno. Outra recomendação importante é que o consumo não ultrapasse as duas xícaras por dia. Os melhores horários para consumir o chá é pela manhã e pela tarde.

Veja também: Os melhores chás diuréticos

Contraindicações

O chá de cavalinha é bastante indicado para tratar de alguns problemas de saúde. Por se tratar de um chá natural, não tem muitas contraindicações sobre o seu consumo moderado. Se não houver exagero, o chá pode ser consumido sem ressalvas.

Contudo, mulheres grávidas e lactantes devem estar atentas e só consumir este chá sob a recomendação de um médico. Uma vez que pode alterar as funções de remédios e vitaminas durante a gestação.

Além disso, o chá de cavalinha também não deve ser consumido por crianças pequenas (abaixo de 10 anos), nem por quem tem problema de pressão baixa, problemas renais ou doenças graves.

Referências científicas

  1. Al MOHAMMED, H. I.; PARAY, B. A.; RATHER, I. A.. Anticancer activity of EA1 extracted from Equisetum arvense. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29105626>. Acesso em 23/01/2019.
  2. ALONSO, Jorge R.. Tratado de fitomedicina – bases clínicas e farmacológicas. 1998. Disponível em: <http://www1.londrina.pr.gov.br/dados/images/stories/Storage/sec_saude/fitoterapia/publicacoes/cavalinha2.pdf>. Acesso em 23/01/2019.
  3. PALLAG, A. et al. Equisetum arvense L. Extract Induces Antibacterial Activity and Modulates Oxidative Stress, Inflammation, and Apoptosis in Endothelial Vascular Cells Exposed to Hyperosmotic Stress. 2018. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29636839>. Acesso em 23/01/2019.
  4. GRÜNDEMANN C., LENGEN K., SAUER B., GARCIA-KÄUFER M., ZEHL M., HUBER R. Equisetum arvense (common horsetail) modulates the function of inflammatory immunocompetent cells. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4132922/>. Acesso em 23/01/2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.