Publicado por Redação

Através dos tempos, o consumo de chás passou a ser uma das primeiras opções quando uma pessoa é acometida por algum problema de saúde.

Porém, em alguns casos, é preciso tomar cuidado ao tipo de erva usada, já que, em vez de ajudar a acabar com os sintomas, ela pode fazer com que eles piorem. Esse é o caso dos problemas gástricos, como: gastrite, refluxo e azia.

Quando algum sintoma relacionado ao aparelho gástrico começar a ser identificado, a dica é procurar logo um médico. Além de recomendar o melhor tratamento, ele também pode sugerir formas alternativas para você se ver livre da doença, sobretudo com a utilização de chás. Porém, mesmo se tratando de substâncias naturais é preciso tomar cuidado.

Chás não indicados para tratar problemas gástricos

Tem problemas gástricos? Veja quais chás você deve evitar

Foto: depositphotos

A gastrite nada mais é do que uma inflamação do epitélio estomacal, capaz de causar muita dor e desconforto. Algumas das consequências apontadas como causadoras desse mal vem da falta de cuidado com a alimentação, sobretudo com o aumento no consumo de comida pouco saudável e o aumento dos níveis de estresse, problema comum dos tempos modernos.

As substâncias presentes em algumas ervas podem atrapalhar o tratamento. No caso dos problemas gástricos, o chá preto e o chá mate devem ser evitados. O chá preto é considerado um verdadeiro vilão. Em decorrência da quantidade de cafeína que existe na bebida, alguns efeitos indesejáveis podem aparecer. Entre eles estão o aumento das chances do aparecimento de refluxos e azia.

Assim como acontece com o chá preto, o chá mate também é contraindicado para os casos de problemas gástricos, justamente pelo mesmo motivo: presença forte da cafeína, o que pode aumentar o incômodo causado na região. Apesar de ambos os chás serem muito indicados para outros problemas, se você tem gastrite, refluxo ou azia, fique longe dessas bebidas.

Problemas gástricos mais comuns

Gastrite, refluxo e azia. Esses três sinais que o corpo dar são os principais, sobretudo quando o assunto está relacionado aos problemas gástricos. Em relação à gastrite, uma das suas principais causas é a má alimentação. Ela também pode ser causada pelo alto consumo de álcool. É descrita como se fosse uma azia prolongada e pior. Existem dois tipos de gastrite, a crônica e a aguda.

Quanto à azia, ela é considerada mais leve do que a gastrite, mas igualmente incômoda. A azia começa com um refluxo de ácido gástrico. O problema atinge muita gente e tem como principal causa uma alimentação ruim, sendo muitas vezes amenizada apenas com uma mudança de hábitos alimentares. O refluxo, além de incomodar bastante, acaba causando outros problemas, como a azia. Sua queimação costuma “atacar” no esôfago e não há um momento específico para aparecer.

Veja mais!