Publicado por Redação

A nomenclatura que certos tipos de plantas recebem chamam a atenção das pessoas, além da exuberância particular de algumas espécies. Com a erva de São Roberto, as duas citações fazem todo o sentido: a primeira vem do seu nome curioso, depois, a beleza da espécie, que nasce em lugares totalmente improváveis.

A erva de São Roberto é uma planta de folhas triangulares muito recortada. Sua flor possui cinco pétalas e se assemelha a uma violeta. Apesar de pequena, chama atenção pela cor rosa e pelo cheiro bem característico, por sinal, toda a planta exala cheiro próprio.

Exemplares dessa espécie podem ser encontrados em estado selvagem, nos bosques e a margens de estradas. Devido a essas características marcantes a planta também é bastante conhecida pelas propriedades naturais que ela apresenta, usada para tratar e combater algumas doenças.

Benefícios e propriedades do chá da erva de São Roberto

Foto: depositphotos

Propriedades medicinais

A erva de São Roberto possui propriedades adstringente e diurética, por isso ela pode ser usada no tratamento de cálculo urinário e renal, dermatite, diarreia rebelde, doença da pele, eczema supurante, hemorragia pulmonar e nasal, inflamação e úlcera.

Chá da erva de São Roberto

Para preparar o chá para combater os problemas de saúde listados acima, você vai precisar de um litro de água e 20 gramas da erva de São Roberto. O primeiro passo a ser feito é levar a água ao fogo. Deixe ferver e desligue. Logo em seguida, acrescente a erva e deixe a mistura descansar por 10 minutos, com o recipiente tampado.

Passado esse tempo, use uma peneira para retirar a erva, deixando somente o líquido. Para usar o chá para auxiliar no tratamento de qualquer que seja a doença, é bom seguir a recomendação e ingerir de duas a três xícaras por dia. Lembrando que o médico deve ser consultado para evitar o aparecimento de outros problemas.

Veja mais!