Publicado por Redação

Planta originária da Argentina e do Chile, a limonete pertence à família das Verbenaceae. Uma das principais características da planta vem do odor agradável que ela exala. Além do mais, ela possui muitas propriedades curativas, podendo ser usada no processo de tratamento e cura de muitas doenças.

Ela é identificada como sendo uma planta de pequeno porte, que pode crescer entre três e sete metros. Seus ramos são estriados e o caule é anguloso. A limonete possui folhas verdes em formato ovalado e flores da cor branca que se organizam em pequenos cachos no fim dos galhos.

Dependendo da região onde ela é encontrada pode ser conhecida por muitos outros nomes, além do limonete. Entre os principais estão: cedrina, cidrão, cidrilha, cidrilho, cidró, erva-luísa, falsa-erva-cidreira, lúcia-lima e salva-limão.

Propriedades e benefícios do chá de limonete

Foto: depositphotos

Propriedades medicinais da limonete

A partir de uma série de princípios ativos, a limonete pode ser usada para tratar muitas doenças. Ela possui efeito antibacteriano, anticatártico, antiemético, antiespasmódico, carminativa, cardíaco, depressora do sistema nervoso central, descongestionante, digestiva, emenagoga, estomáquica, excitante, febrífuga, prolongadora do sono, sedativa e tônico.

Sendo assim ela pode ser usada para tratar afecções do coração, asma, bronquite, congestão nasal, diarreia e doenças nervosas. Ela também acaba com dor de cabeça, dor de estômago, enxaqueca, febre, flatulência, gripe, hipocondria, inchaço dos olhos, infecção intestinal, melancolia, náusea, nevralgia, taquicardia, vômito, vertigem e zumbido no ouvido.

Chá de limonete

No tratamento de algumas das doenças apresentadas acima, as partes do limonete utilizadas são as folhas e flores. Para preparar o chá da erva, que é uma das principais receitas usadas na medicina natural, basta reservar 200 ml de água filtrada e duas colheres (de chá) de folhas.

Coloque a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a quantidade indicada da erva. Abafe o recipiente e deixe descansar por cinco minutos. Depois disso, basta usar uma peneira para retirar as folhas e a bebida estará pronta para ser ingerida.

Para os casos de insônia, a indicação é tomar uma xícara na parte da noite. O mesmo chá também pode ser usado na forma de compressa para tratar do inchaço dos olhos.

Veja mais!