Publicado por Redação

Com propriedade adstringente e hemostática, a selaginela é uma planta que tem sua origem definida na América tropical. Apesar do nome bastante incomum, essa espécie também pode ser conhecida por outras denominações, dependendo da região onde ela é encontrada. As mais comuns são jericó e pé-de-papagaio.

Como já deu para perceber, a selaginela pode ser usada no processo de tratamento e cura de algumas doenças. Porém, antes disso, é necessário que um médico seja consultado. Só ele possui o conhecimento necessário para certificar o uso da planta, já que, dependendo do paciente, ela pode trazer algumas complicações.

Na consulta, o médico vai examinar a patologia do paciente. Logo em seguida ele confrontará com as propriedades químicas da planta. Na avaliação, as características físicas do paciente também são levadas em consideração, assim como a possibilidade de desenvolver outros problemas de rejeição, assim como alergias.

Propriedades e benefícios do chá de selaginela

Foto: depositphotos

Características físicas da selaginela

As selaginelas são plantas rastejantes ou ascendentes. Elas possuem folhas simples semelhantes a escamas em caules ramificados dos quais surgem as raízes. Essa espécie possui estruturas chamadas lígulas, o que se configura como uma espécie de escama localizada na base da superfície superior de cada micrófilo e esporófilo.

As folhas da selaginela são de coloração verde escura e brilhante. No que diz respeito ao cultivo, ela gosta de sombra e umidade. Por esse motivo, a selaginela pode ser cultivada em casas ou apartamento, bastando apenas que cuidados mais específicos sejam tomados em relação à frequência da colocação de água.

Propriedades medicinais

Geralmente toda a planta pode ser usada como ingrediente nos preparos em prol da saúde. Entre as doenças mais comuns, as quais o chá de selaginela pode ser usado, destaque para a asma, bronquite, doença pulmonar, hemorragia gastrintestinal, hematuria, hemoptise, leucorreia, prolapso retal e tosse.

Chá de selaginela

Uma das formas mais comuns de utilizar a planta nos tratamentos de saúde é através do preparo do chá. Para isso, basta separar 200 ml de água filtrada e uma colher (de sopa) da erva fresca. Para iniciar a preparação, pegue uma vasilha com tampa e coloque a água para ferver.

Assim que os primeiros sinais de ebulição forem apresentados, desligue o fogo e acrescente a selaginela. Preserve o recipiente tampado por 10 minutos. Passado esse tempo, use uma peneira para remover a erva e o chá estará pronto para ser ingerido. A recomendação é que o consumo não ultrapasse as três xícaras.

Veja mais!