Publicado por Redação

Conhecida pela sua ação antiespasmódico, amargo leve, tônico nervoso e sedativo, a solidéu virgínia é uma planta que pertence à família das Lamiaceae. Ela é considerada uma espécie de pequeno porte em altura, não ultrapassando os 50 centímetros, e encontra-se sobretudo perto da água e em florestas pantanosas.

Na medicina natural, os poderes curativos relacionados a essa espécie são obtidos através do preparo de receitas de uso isolado ou combinado. Parte dos conhecimentos que possibilitam esses tratamentos alternativos vieram de gerações passadas que hoje estão sendo comprovadas pela ciência.

O solidéu virgínia possui semelhança com o hortelã e alecrim, tendo adquirido esse nome devido às flores que brotam em toda a planta. Essas flores possuem a forma de uma caveira humana, também chamada de flor caveira.

Propriedades medicinais do solidéu virgínia

Considerado um “alimento” para o sistema nervoso, o solidei virgínia pode ser usado em situações de debilidade causada pelo estresse prolongado, além de insônias ou dores crônicas. Ela pode ajudar numa série de outros distúrbios de ordem neurológica, como choque, tonturas, zumbidos e fadiga crônica.

A planta também atua como tônico para os nervos, deixando-os fortificados. Sozinho ou combinado, a planta acalma o sistema nervoso tenso e cansado, acabando com as dores de cabeça e enxaquecas, incapacidade de relaxar e sono de má qualidade.

A ação antiespasmódica que a planta possui alivia a tensão muscular que acompanha a ansiedade e a preocupação. A planta também acaba com os sintomas da Tensão Pré Menstrual (TPM), tais como hipersensibilidade, irritabilidade, tensão mamaria e as desagradáveis cólicas.

Planta antiespasmódica: Propriedades e benefícios do chá de solidéu da virgínia

Foto: depositphotos

Cuidados

Andes de agregar o uso aos sintomas descritos anteriormente, o mais indicado é que um médico seja consultado. Só esse profissional possui conhecimento suficiente para certificar o uso seguro por qualquer que seja o paciente. Dependendo da pessoa em questão, o uso pode desenvolver certos tipos de alergia, o que pode ser evitada a partir da avaliação médica.

Chá de solidéu virgínia

Uma das formas que o uso do solidéu virgínia é mais indicado vem do preparo do chá. Para tanto, basta separar meio litro de água filtrada e 25 gramas da planta seca. Coloque a água para ferver em uma vasilha com tampa. Assim que a água começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a erva.

Nessa fase do preparo, você vai precisar deixar com que a mistura descanse por cerca de 20 minutos. Passado esse tempo, use uma peneira para separar a erva do chá. A indicação é que o consumo não ultrapasse as três xícaras por dia.

Contraindicações da solidéu virgínia

O solidéu é um tratamento alternativo e natural que não deve ser combinado com o uso de medicamentos prescritos pelo médico, sobretudo os de efeito tranquilizante. O uso indiscriminado também pode trazer sérias consequências para a saúde, sobretudo se for ingerida em excesso.

Veja mais!