Escrito por em 31/01/2017 (atualização: 13/04/2018)

Lótus chama atenção entre as demais plantas por possuir uma flor muito bonita, mas também por ter diversas propriedades medicinais que ajudam o organismo humano a tratar doenças.

Pertencente à família das Nymphaeaceae, esta planta é rica em cálcio, potássio, carboidrato, magnésio, proteína, sódio e zinco. Estes princípios ativos fazem desta planta uma aliada da saúde.

Por esta razão, confira a seguir os efeitos positivos que lótus proporciona ao corpo e como ela deve ser usada para conseguir beneficiar ainda mais o organismo.

Pneumonias e gripes podem ser tratadas com o chá do lótus. Saiba como

Foto: depositphotos

Propriedades e benefícios do lótus

  • Antidiarreica;

  • Antifebrífuga;

  • Antitussígena;

  • Emoliente catarral;

  • Estomacal.

Lótus é uma planta que ajuda a tratar problemas respiratórios, como enfisema pulmonar, pneumonia, gripe, rinite, tosse e catarro pulmonar. Além disso, ela serve para prevenir o sangramento uterino e os suores da menopausa, por isso é uma grande aliada do organismo feminino.

Cólera, diarreia, distúrbio estomacal e vômito, são doenças que podem ser tratadas com o uso desta planta no dia a dia.

Como usar esta planta?

A parte utilizada para fazer o chá de lótus é a raiz da planta, que pode ser aplicada no processo de decocção. Para isso, é preciso amassar 20 g da raiz e colocá-la no fogo junto com duas xícaras de água filtrada.

Espere ferver e após entrar no estado de ebulição, desligue o fogo. Em seguida, tampe o recipiente e deixe em infusão por 10 minutos. Depois do tempo determinado, coe o chá e sirva. A dica de consumo é não ultrapassar três xícaras por dia.

Contraindicações do chá

Apesar de ser um produto totalmente natural, isto é, não passar por nenhum processo químico durante o seu preparo, o chá de lótus é contraindicado em três casos específicos, são eles: no período gestacional, no processo de amamentação e na infância. No geral, é indicado buscar ajuda médica sempre que se fizer necessário.

Veja também:

5 chás para curar gripes e resfriados