Escrito por em 05/07/2018

Você sabe para que serve a erva lombrigueira? Pertencente a família das Loganiaceae, essa é uma espécie usada na medicina natural para resolver alguns problemas de saúde. Porém, incluí-la no cronograma de tratamento pode representar um risco para a saúde. Por isso é importante que o médico seja consultado.

A planta é encontrada com facilidade no território brasileiro, da Amazônia a São Paulo. Dependendo da região, ela pode ser conhecida por outros nomes, a exemplo de arapabaca, arapabaca-de-cheiro e erva-formigueira

A erva lombrigueira possui caule simples com muito ramos, folhas em formato de lança, com pelos na face superior. Já em relação as suas flores, elas se apresentam no formato de pequenas espigas, sendo elas da cor roxa.

O chá a erva lombrigueira serve para que?

A planta é usada devido ao seu efeito laxante e inseticida, sendo o primeiro deles o que se aplica ao consumo humano.

Ela atua na prevenção e tratamento de problemas de vermes. Porém, seu uso é bastante minucioso, podendo desencadear, inclusive, reações atípicas no organismo.

O chá da erva lombrigueira serve para combater vermes intestinais

Além do efeito inseticida, essa planta é um laxante natural (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Como fazer o chá da erva lombrigueira

Para preparar o chá da erva lombrigueira você vai precisar de 200 ml de água filtrada e 1 grama da erva seca. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente a erva. Deixe o recipiente tampado por cerca de cinco minutos.

Passado esse tempo, basta usar uma peneira para separar a erva do líquido. Em seguida, o chá está pronto para ser ingerido.

Veja tambémLaxante. O chá de jalapão é indicado para quem sofre de prisão de ventre

Cuidados

Antes de incluir o chá da erva lombrigueira para resolver qualquer problema de saúde, é imprescindível que o médico seja consultado.

Pois, em doses muito altas (acima de três gramas), a planta pode provocar vômitos e convulsões no paciente. Mulheres grávidas ou que estão amamentando não devem consumir o chá da erva.