Escrito por em 20/07/2018

Você sabe para que serve o chá de sucupira branca? Nesse post você vai descobrir seus benefícios, como preparar a bebida e a indicação de consumo. Confira a seguir!

A sucupira branca também é conhecida por fava-de-Santo-Inácio, supupira-do-campo, sucupira-branca, cutiúba, faveiro, sebipira, paracarana, fava-de-sucupira, sebepira, sapupira e macanaíba. Seu nome científico é Pterodon emarginatus.

No Brasil, essa planta é mais largamente encontrada em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. A planta se dá bem em terrenos mais secos e arenosos e suporta bem o sol. Sua floração acontece entre setembro e outubro e seus frutos por volta de junho e julho. Ela é muito utilizada em decorações de eventos e na arborização de praças e ruas.

Mas, não é só as flores que são utilizadas, suas sementes também são bastante exploradas pela indústria cosmética e pela fitoterapia.

O chá de sucupira branca serve para que?

Entre os benefícios aliados ao consumo do chá de sucupira branca estão o combate aos sintomas de artrite, asma, excesso de ácido úrico, blenorragia, amigdalite, diabetes, hemorragias, vermes, dermatoses, inflamações, dor de garganta, reumatismo, sífilis e problemas de cistos nos ovários e no útero.

O chá de sucupira branca serve para combater sintomas da artrite e do reumatismo

Tanto o chá quanto o óleo das sementes da sucupira branca combatem dores nas articulações (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

O óleo extraído da casca das sementes da sucupira branca é bastante eficaz contra dores nas articulações, entre elas os incômodos causados pelo reumatismo.

Alguns pesquisadores também recomendam o uso da sucupira branca para pessoas com o tumor da próstata. Isso se dá por conta da presença de flavonoides, saponinas, cumarinas, esteroides e triterpenos na sua composição.

A semente também possui beta-cariofileno considerada útil para aliviar inflamações e com ação antibiótica, antioxidante e anestésica.

Veja também: Chá de sucupira emagrece

Como preparar o chá da sucupira branca?

Para fazer o chá das sementes de sucupira branca, você deve higienizar muito bem as mesmas e macerá-las em um recipiente para que óleo interno seja liberado.

Ferva 1 litro de água para cada 4 sementes. Depois que levantar fervura, deixe por um minuto a mais e ao desligar o fogo, mantenha a panela fechada para apurar, até que o chá fique morno. Tome três vezes ao dia.

Como extrair o óleo das sementes

Existe uma forma bem tradicional de extrair o óleo de dentro das sementes de sucupira. Você deve envolver 10 sementes em pedaços de algodão e amassá-las com um martelo bem limpo. Depois disso, mergulhe as sementes em uma garrafa de vinho branco e deixe macerar por, aproximadamente, duas semanas.

Veja também: Chá de sucupira tem contraindicação? Saiba

Depois disso, beba duas vezes ao dia 3 colheres (de sopa) da mistura diluída em meio copo de água.

Esse preparado com vinho também pode ser utilizado para fazer gargarejo quando a sua garganta estiver inflamada. Pode repetir o procedimento de 3 a 5 vezes por dia.