Escrito por em 27/03/2017

Quando se fala em benefícios naturais, ou seja, aqueles obtidos através do que a natureza provém, logo se pensam em frutas e plantas de pequeno e médio porte as quais são utilizadas folhas e flores para se fazer remédios naturais, sendo o principal deles (e mais popular), o chá. Mas se engana quem acha que árvores só se limitam a dar frutos e ornamentar casas ou parques.

Um bom exemplo desse tipo de árvore é a olmo, que também é conhecida por olmeiro ou ulmeiro. Típica da Europa, essa árvore pode chegar a incríveis 40 metros de altura e por ter uma madeira muito resistente, semelhante ao carvalho, é muito utilizada na produção de móveis e embarcações.

Graças a essas qualidades, as outras partes da planta acabam passando despercebidas mas, surpreendentemente, todos os outros componentes possuem benefícios para a saúde.

Benefícios do olmo

O polivalente chá de olmo trata desde osteoporose a depressão

Foto: depositphotos

Sua seiva é rica em carbonato de cálcio e acetato de potássio, duas substâncias que são ótimas aliadas no combate à enfermidades como osteoporose, artrite, hipertensão, doenças cardiovasculares, arritmia, depressão, ansiedade e perda de memória.

A casca do olmo pode ser utilizada tanto na forma de chás, como em forma de pomadas já que suas propriedades adstringente, sudorífera e tônica não só são benéficas para a pele; como também para combater algumas doenças que atingem o órgão como eczemas, herpes, prurido, dermatoses etc.

Além disso, ela ainda pode auxiliar no combate a diarreias, cólicas e constipações e sua ação anti-inflamatória ajuda a amenizar e tratar vários tipos de infecções. Confira a seguir como preparar e consumir o chá de olmo:

Chá de Olmo

Ingredientes

  • 3 colheres (de chá) de casca de olmo;
  • 750 ml de água;
  • Mel, açúcar ou adoçante (opcional).

Preparo e consumo

Por se tratar da casca, que é uma parte mais “dura” do que a folhas ou flores, que são normalmente o ingrediente usado no preparo de chás, essa bebida deve ser feita através do processo de decocção que consiste em já colocar o componente na água antes mesmo dela ferver. Basta colocar tudo dentro de um bule ou panela e deixar ferver por cerca de cinco minutos.

Após isso, tampe o recipiente e deixe descansar por mais cinco minutos. Tome três xícaras do chá durante o dia. Para melhorar o sabor, basta adocicar a bebida com açúcar, adoçante ou mel, sendo esse último, o mais recomendado para melhorar o sabor de chás.