Publicado por Redação

Apesar do nome curioso, o chá de pólvora é na verdade uma das versões do chá verde. A história desta bebida data de 618 a.C., quando teve origem na Dinastia Tang, na China. Mas, só recebeu este nome devido à forma que os navegadores britânicos exportavam da China para o Oeste.

Como os ingleses levavam as folhas do chá enroladas em formato de pequenas bolas, uma maneira de preservar as folhas secas, estas bolas ficavam semelhantes à pólvora e por esta razão recebeu tal nomenclatura, além do fato de que a tradução do nome seria “feito recentemente”.

Ação antioxidante deste chá

Como pertence à família do chá verde, esta erva é rica em antioxidantes, sendo um dos mais importantes o epigallocatechin-3-gallate (EGCG).

O chá de pólvora é excelente para eliminar os radicais livres

Esse chá pode ser usado para reduzir medidas corpóreas (Foto: depositphotos)

Isto significa dizer que o chá de pólvora é excelente para eliminar os radicais livres, elementos que provocam o envelhecimento das células e as suas destruições. Desta maneira, previne o surgimento de doenças cardíacas, diabetes, derrames e até o câncer.

Em uma recente pesquisa feita no Japão, levando em consideração 500 mulheres com câncer de mama nos estágios I e II da doença, pesquisadores descobriram que aumentando o consumo de chá verde, à exemplo do chá de pólvora, antes e depois da cirurgia, havia uma menor ocorrência da doença.

Os resultados ainda não estão claros, mas os estudiosos já podem afirmar os benefícios que este chá provoca no organismo de quem possui câncer.

Veja também9 verdades que você precisa saber sobre o chá verde

Outros benefícios da bebida

Este chá também pode ser usado para eliminar as gorduras localizadas, deixando o corpo mais magro. Isto decorre da aceleração que o chá de pólvora provoca no metabolismo humano, dando mais energia e fazendo com que o organismo perca os excessos, e isso inclui os “pneus” que tanto incomodam as pessoas.

Como preparar o chá de pólvora?

Coloque uma colher (de chá) de pólvora em 150 ml de água fervida. Tampe o recipiente e deixe por infusão durante cinco minutos. Após o tempo determinado, basta coar e beber.

É importante salientar que este chá não necessita de açúcar, uma vez que tem um leve gostinho de mel. A bebida também não deve ser acrescida de leite, para que não perca suas propriedades.

Veja também: Suco detox com chá verde; veja benefícios e como fazer

A forma de consumir vai depender da preferência de cada indivíduo, mas não deve ultrapassar três xícaras diárias. Outra preciosa dica é não ingerir este chá próximo aos horários noturnos, uma vez que, assim como o chá verde, o de pólvora também possui cafeína, substância que altera o sono.

Veja mais!