Publicado por Redação

Apesar de estar ganhando um espaço considerável nas cozinhas brasileiras, o rabanete ainda é pouco conhecido entre os brasileiros. Originário da Ásia e muito difundido pela Europa, o tubérculo é um “primo” do repolho, rúcula e nabo, outros vegetais mais conhecidos no território nacional.

Cientificamente conhecido como Raphanus sativus, este tubérculo, que pode ser encontrado tanto branco quanto vermelho, é rico em vitaminas, carboidratos, minerais, fibras e outros elementos que constituem diversos benefícios à saúde dos consumidores.

Além de ser servido em saladas ou outros pratos, o rabanete também pode ser usado no preparo de um chá benéfico a diversos sistemas do corpo humano, tratando e evitando muitas doenças. Confira:

Propriedades e benefícios deste tubérculo

O chá de rabanete melhora o sistema digestivo e o trânsito intestinal

Foto: depositphotos

Por possuir vitamina C, o rabanete é visto como um antioxidante, ou seja, protege as células contra a ação oxidante dos radicais livres. Também por esta mesma razão, o consumo deste tubérculo participa da formação de dentes, ossos e até mesmo do aumento de glóbulos vermelhos.

A ação antioxidante do rabanete também serve como redutor de colesterol no sangue. Desta forma, previne doenças cardíacas e as que envolvem o sistema circulatório do corpo. Além disso, há indícios de que ele pode ser usado na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de cólon.

Todos estes benefícios ainda podem ser somados a outros, como a ação expectorante, que melhora as doenças respiratórias como gripes e tosses. Já a artrite, reumatismo e gota podem ser aliviadas com o uso do rabanete.

Ação do rabanete para a digestão

Um dos efeitos benéficos deste tubérculo que merece destaque é a ação digestiva que ele possui. Por ser fonte de fibras, o rabanete melhora o sistema digestivo e o trânsito intestinal. Além disso, estes mesmos elementos contribuem com a sensação de saciedade e a redução de casos de prisão de ventre.

Quem possui uma digestão lenta também pode se beneficiar com o consumo de rabanete, pois ele aumenta a capacidade da flora intestinal, elevando o número de bactérias necessárias para o trato digestivo. A produção de sucos biliares também aumenta, o que facilita a quebra de gordura.

Como fazer o chá de rabanete?

Ingredientes

  • 1 pedaço de rabanete branco ou vermelho;
  • 3 copos de água fervente;
  • Sal a gosto;
  • 2 colheres (de chá) de chá oolong.

Modo de fazer

Primeiro, comece o procedimento lavando o rabanete com água corrente. Em seguida, descasque o tubérculo e coloque-o em uma panela. Junto a ele, adicione três copos de água fervente, o chá de oolong e o sal a gosto.

Tampe o recipiente e deixe em infusão durante cinco minutos. Após o tempo determinado, coe o líquido e beba o chá de rabanete ainda quente. A dica é consumir até três xícaras (de chá) por dia.

Contraindicações do chá de rabanete

O rabanete é um alimento natural muito benéfico e quase não tem restrições quanto ao seu uso. Uma das poucas recomendações é a respeito da utilização do chá deste tubérculo por indivíduos que possuem gastrite ou úlceras gástricas, que deve ser controlado.

Além disso, é indicado buscar auxílio médico sempre que achar necessário. A automedicação pode ser tão prejudicial quanto a não busca por tratamento médico.

Veja mais!