Escrito por em 09/12/2016

A erva pombinha leva o nome científico de Phyllanthus acutifolius e é popularmente conhecida por quebra pedra, saxifraga e fura paredes.

A planta é usada na medicina alternativa pelos índios desde os tempos mais remotos. O chá da erva pombinha é eficiente, principalmente para tratar problemas de pedras nos rins.

Além de ajudar a desobstruir as vias urinárias, o chá de erva pombinha também serve para tratar aqueles que sofrem de problemas como a diabetes. O chá de erva pombinha também ajuda a eliminar o ácido úrico. Quando acumulado, o ácido pode gerar problemas como a gota ou provocar inflamações e dores nas articulações.

Erva Pombinha trata problemas no fígado

Foto: depositphotos

Pessoas que sofrem de blenorragia, uma Doença Sexualmente Transmissível (DST) popularmente conhecida como gonorreia, também podem aderir ao uso do chá de erva pombinha como forma de tratamento.

Problemas no fígado, cólica nos rins, icterícia, corrimento e hepatite B também podem ser combatidos com a ingestão do chá da erva. A bebida também possui ação que estimula a produção do suor, estimula o sistema imunológico, possui ação purgante e antibiótica e é um diurético natural.

Chá de erva pombinha

Ingredientes

  • 6 g de folhas da erva pombinha;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo

Coloque a água para ferver e acrescente as folhas da erva. Quando o líquido já estiver fervido, desligue o fogo e abafe o recipiente por cerca de 10 minutos.

Contra-indicação

Pessoas que possuem problemas no coração, gestantes, mulheres em processo de amamentação, idosos e crianças devem evitar tomar o chá. O uso excessivo da bebida pode gerar vômitos, enjoos, diarreia e insuficiência cardíaca.