Escrito por em 28/06/2018

Aprenda como fazer o chá de canela de velho da forma correta e obter inúmeros benefícios para a saúde. Essa planta originária do cerrado brasileiro possui propriedades que ajudam no funcionamento do corpo como um todo e na prevenção e tratamento de doenças nas articulações. Conheça aqui mais sobre todos os benefícios do consumo da canela de velho.

O nome científico da canela de velho é Miconia albicans. Ela pode ser encontrada em vários estados brasileiros, tanto em seu estado natural quanto distribuído em forma de planta seca, cápsulas e em gotas.

A canela de velho é famosa pelo seu uso no tratamento e alívio de dores causadas por doenças que acometem as articulações, como a artrite e artrose, por exemplo. Desse modo, é muito consumida por idosos e ex-pacientes de chikungunya.

Neste artigo você vai descobrir como fazer o chá e todas as possibilidades do uso da canela de velho para melhorar a sua saúde. Você também vai aprender como tomar o chá da forma correta, seus benefícios e informações sobre outras versões de consumo da canela de velho.

Chá de canela de velho: Como fazer?

Para fazer o chá de canela de velho pode-se usar as folhas secas ou as gotas concentradas

As principais atuações desse chá são contra a artrite e a artrose (Foto: depositphotos)

Adicione 1 colher (de sopa) bem cheia com canela de velho picada ou 2 folhas inteiras da planta em 200 ml de água fervente. Deixe ferver por 2 minutos. Depois tampe a panela por aproximadamente 10 minutos. Em seguida coe e beba morno. Não adicione açúcar.

Benefícios desse chá para a saúde

Os principais benefícios do consumo da canela de velho são:

  • Ajuda no tratamento de artrose e artrite reumatoide
  • Combate inflamação nas articulações
  • Alivia dores articulares
  • Purifica o sangue
  • Controla o nível de açúcar no sangue
  • É antioxidante
  • Protege o fígado
  • Reduz a proliferação de bactérias e fungos

Veja também: Canela de velho: como tomar o chá

Como tomar o chá de canela de velho

O uso regular dessa bebida para o tratamento de doenças corresponde a 1 xícara do chá 2 vezes ao dia por 1 mês. A primeira xícara deve ser tomada após o café da manhã e a segunda xícara após o jantar. O uso seguindo essas recomendações é indicado para pacientes de tratamento nas articulações.

Para pessoas que não sofrem de doenças articulares, mas querem usar o chá para prevenção ou por causa dos outros benefícios, o recomendável é tomar o chá após as refeições 2 vezes por semana.

Um detalhe muito importante do início do tratamento com o chá de canela de velho é que o recomendável é tomar apenas meia xícara por vez na primeira semana de tratamento. Isto para que o corpo se acostume com as propriedades da planta.

Para quê serve esse chá

Conheça, com detalhes, os principais usos da canela de velho para benefício da saúde:

Ajuda no tratamento de artrose e artrite reumatoide

A canela de velho é utilizada como ótimo reforço dos tratamentos de artrose e artrite reumatoide. Além de aliviar a dor, o consumo das propriedades dessa planta age como ótimo anti-inflamatório e acelera a recuperação de lesões e problemas articulares.

Combate inflamação nas articulações

Idosos costumam sofrer muito com problemas nas articulações. Nesse grupo de pessoas, é muito comum o surgimento de inflamações nesses locais. As inflamações também surgem em decorrência de algumas doenças. Nesses casos, a canela de velho combate a inflamação e alivia as dores durante o tratamento.

Alivia dores articulares

A canela de velho é capaz de aliviar e diminuir a incidência de dores nas articulações. Portanto, o consumo regular do chá dessa erva é muito indicado para pacientes de tratamentos articulares, como reumatismo, artrite e pós-chikungunya.

Veja também: Chás para tratar dor nas articulações causada pela chikungunya

Protege o fígado

A canela de velho também é eficiente na proteção do fígado. Isto porque o ácido oleanóico e ursólico presente na composição da planta protegem o órgão de agressões. As agressões hepáticas podem ser causadas por medicamentos, doenças e pela alta ingestão de álcool.

Controla o nível de açúcar no sangue

Esta erva também possui o benefício de ajudar no controle de açúcar no sangue. Sendo assim, ela é capaz de prevenir picos de glicemia. Isto porque age semelhante a insulina, porém de forma bem mais leve.

Purifica o sangue

As propriedades da canela de velho servem para eliminar agentes nocivos presentes na corrente sanguínea. Dessa maneira, além de melhorar a qualidade do sangue, é possível obter melhora circulatória através do uso dessa planta.

É antioxidante

As propriedades da canela de velho são antioxidantes, principalmente quando consumidas em forma de chás e cápsulas. De acordo com o médico Juliano Pimentel, em artigo publicado em seu site, os antioxidantes protegem o organismo dos danos oxidativos provocados pelos radicais livres.

Dessa forma, consumir alimentos antioxidantes ajuda a combater o envelhecimento precoce e ajuda na prevenção de doenças como distúrbios cerebrais, câncer, doenças cardíacas e outros problemas de saúde.

Reduz a proliferação de bactérias e fungos

Por último, mas não menos importante, a canela de velho age como bom antibactericida e antifúngico. Ou seja, é capaz de eliminar bactérias e fungos presentes no organismo. Essa função serve tanto para a parte interna do corpo quanto a externa.

Dessa forma, ajuda no tratamento de gripes, resfriados, tosse, etc. Assim como também pode ser usada para eliminar fungos na pele, por exemplo.

Contraindicações

Por agir contra as dores articulares, a canela de velho é muito indicada por idosos

Se consumida em excesso, a canela de velho pode ser tóxica (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Segundo o biólogo Rodrigo Polisel, a canela de velho e derivados podem conter uma concentração de alumínio acima do recomendado. Apesar de o especialista afirmar que o alumínio pode ser benéfico para o tratamento de doenças neurodegenerativas, por exemplo, isso pode prejudicar a saúde.

Em vídeo publicado no seu canal no Youtube, o biólogo explica que o solo do cerrado é comprovadamente rico na concentração de alumínio. Esse mineral pode acabar indo para a planta e dar-lhe característica tóxica.

Onde comprar canela de velho

De acordo com o biólogo Daniel Forjaz, em vídeo publicado em seu canal no YouTube, a canela de velho pode ser encontrada em quase todos os estados do Brasil. A única região onde há mais escassez da planta é o Sul do país, devido a sua geografia mais distante do cerrado brasileiro.

É comum encontrar a planta na sua versão natural em lojas de produtos naturais. Em cidades próximas a cerrados, é possível também encontrar as folhas frescas de canela de velho em feiras livres.

A versão em cápsulas ou em gotas geralmente são encontradas em farmácias que vendem produtos naturais e em vendedores na internet. É possível também encomendar estas versões em farmácias de manipulação. Contudo, nem toda farmácia aceita produzir sob encomenda.

Entretanto, se não for possível encontrar a canela de velho (sua forma natural ou suas versões) na sua cidade, uma das melhores soluções é comprar em lojas online ou sites de venda e revenda.

Veja também: Canela de velho: ‘poderosa’ planta contra a artrose

Qual o preço dessa erva?

A canela de velho é um pouco mais cara do que as plantas comuns usadas em chás típicos no Brasil. Seu custo é um pouco superior, e isto se deve a sua demanda ser maior do que a oferta.

Entre os valores comuns observados em sites de vendas e revendedores online, estima-se que o valor de 400 g de canela de velho se encontra entre R$ 40 e R$ 60. Contudo, essa quantidade rende bastante e dura mais de 1 mês de uso regular.

Outras formas de consumir a canela de velho

Os benefícios e propriedades da canela de velho não estão somente no chá feito a partir dessa planta. A canela de velho pode ser encontrada também em forma de cápsulas e em versão em gotas, que oferecem as mesmas vantagens que o chá.

A versão em capsulas é uma das formas mais comuns de consumir as propriedades da canela de velho. Esse produto é encontrado com o nome de “cápsulas de Miconia albicans” e é comum em lojas virtuais de produtos naturais.

Quando a alternativa são as cápsulas de canela de velho, o uso regular corresponde a 1 cápsula por dia durante 1 mês. Não exceda essa quantidade, pois pode prejudicar o organismo ao invés de ajudar.

Essa versão de consumo da canela de velho também pode ser encomendada em farmácias de manipulação. Contudo, o valor das cápsulas de Miconia albicans geralmente saem mais caro do que a erva em si.

E a versão em gotas?

A versão em gotas é, talvez, uma das formas mais difíceis de se encontrar a canela de velho. Mas, vale ressaltar que seus benefícios são tão eficientes quanto as outras versões de consumo. São encontradas geralmente na internet, em lojas especializadas ou através de revendedores online.

Seu uso deve ser feito em diluição com água ou sucos sem açúcar, entretanto pode deixar o líquido com sabor um pouco amargo. Siga a quantidade de gotas sugerida na embalagem.

Canela de velho: ideal para idosos

Neste post você aprendeu como tomar o chá de canela de velho da forma correta. Descobriu também os benefícios da canela de velho, e como essa planta ajuda no tratamento de doenças articulares, como artrite e artrose.

Veja também: Onde comprar chá de canela de velho? Saiba mais sobre essa planta

Você viu também como a infusão (chá) feita com essa erva ajuda no alívio de dores comuns em idosos.

Para finalizar o apanhado de informações sobre a canela de velho, fica a dica de fazer o uso regular do chá dessa a planta na prevenção do mau envelhecimento e do envelhecimento precoce. A bebida ajuda a prevenir doenças, dores nos membros inferiores e ainda estimula a saúde na terceira idade.