Escrito por em 16/03/2018

A romã é uma fruta que possui inúmeros poderes quando se trata da medicina alternativa. Através do preparo do seu chá, problemas relacionados a infecções na garganta e gripe podem ser solucionados.

O nome científico da romã é Punica granataum. A romã é uma fruta originária de países como Grécia, Chipre e Síria, mas pode ser encontrada com facilidade em todo o Brasil devido a sua adaptação aos mais variados climas.

A fruta possui a casca dura e as sementes avermelhadas. Internamente, ela possui pequenas sementes de aspecto gelatinoso, onde estão contidas a maioria de suas propriedades, vitaminas, fibras e sais minerais.

“Essa fruta arredondada, embora seja pouco consumida pelos brasileiros possui uma série de benefícios à saúde de quem a ingere de maneira constante”, afirma o médico Patrick Rocha em seu site.

Como preparar o chá de romã

É indicado fazer chá de romã para tratar infecções na garganta e gripe

As cascas são as partes da fruta usadas para fazer o chá (Foto: depositphotos)

É justamente a partir do preparo do chá de romã que muitas pessoas conseguem incluir a fruta nos seus tratamentos de saúde. Apesar de ter o preparo bem fácil, muita gente ainda guarda algumas dúvidas no processo.

Para que todas essas dúvidas sejam sanadas, acompanhe o passo a passo para o preparo do chá.

Logo em seguida, você terá a possibilidade de conhecer um pouco mais sobre as propriedades que a ingestão do chá da romã pode trazer para a saúde.

Veja também: Chá das cascas de romã – Veja seus benefícios

Ingredientes

  • 200 ml de água filtrada;
  • 6 gramas de casca de romã.

Modo de preparo

Com ajuda de uma panela com tampa, coloque a quantidade de água indicada na receita para ferver. Assim que ela demonstrar os primeiros sinais de ebulição, acrescente a casca da romã e deixe ferver por três minutos.

Passado esse tempo, desligue o fogo e deixe a mistura descansar por 10 minutos. Lembre-se de conservar a panela tampada. Antes de usar o chá, seja para beber ou fazer gargarejo, retire a casca da romã e espere esfriar.

Benefícios do chá de romã

O chá de romã é usado contra infecções, controle de hipertensão e de colesterol

O nome científico da romã é Punica granataum (Foto: depositphotos)

A lista de benefícios agregados a utilização do chá da romã é vasta, por isso é bom ficar de olho em toda ela.

Uma dica que deve ser seguida por todos é recorrer a orientação médica antes de incluir a romã em qualquer que seja o tratamento.

Para início de conversa, é importante que você saiba que a romã é uma fruta rica em sais minerais, proteínas, ácido fólico e vitaminas C e K. Além do mais, ela possui ação antioxidante, antisséptica, anticancerígena e anti-inflamatória.

Ação anti-inflamatória

Uma das propriedades mais conhecidas do chá de romã é a anti-inflamatória. Dessa forma ela pode proteger o organismo humano contra inflamações crônicas, incluindo câncer, diabetes tipo 2, mal de Alzheimer, obesidade e doenças do coração.

“Pesquisadores da Case Western Reserve University – em Clevelan demonstraram que o extrato da fruta age diretamente no combate a uma série de inflamações agudas e crônicas em diferentes tecidos e localidades do organismo”, enfatiza Patrick Rocha.

Alivia inflamações na garganta

O chá da romã é usado com o propósito de proteger a garganta contra as inflamações que por ventura venham a surgir devido a ação dos bactérias ou vírus. Devido as propriedades antisséptica essa parte do corpo também ganha mais proteção.

Veja também: 3 receitas de chás que você deve tomar para combater dor de garganta

Regula a pressão arterial

A romã possui a propriedade de regular a pressão sanguínea. “A composição mineral da romã faz da fruta um excelente alimento no combate da hipertensão arterial. As altas doses de magnésio e demais vitaminas são de suma importância no controle da pressão arterial”, diz o médico.

Prevenção contra o câncer de mama e próstata

Esse ingrediente também é indicados no tratamento dos problemas renais e como forma de prevenir alguns tipos de câncer, sobretudo os que atingem as mamas e a próstata.

“Os compostos antioxidantes presentes nas sementes e cascas da fruta possuem poderosa ação antioxidante que conferem proteção a alguns tipos de cânceres, principalmente os cancros que mais atingem homens e mulheres”, elucida o médico.

Problemas digestivos

Quanto aos problemas relacionados ao sistema digestivo, tais como diarreia e disenteria, o chá de romã ajuda a solucionar. “O seu efeito em doenças intestinais se deve aos taninos, substância que confere o sabor amargo da casca da fruta”, acrescenta o médico.

Colesterol

A romã protege a mucosa gástrica, acelera o processo de cicatrização, reduz a secreção mucosa e ajuda a manter bons níveis do colesterol. Nesse último caso, o chá da romã reduz o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom.

Veja também: Chá mate age forte no combate ao colesterol

Previne a fibromialgia

O chá de romã possui o poder de diminuir a inflamação celular. Isso faz com que ele seja muito eficiente no combate a doenças como a fibromialgia. Essa doença é caracterizada pela sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e demais tecidos moles.