Publicado por Redação

Manter o corpo em bom funcionamento é um propósito que depende única e exclusivamente das escolhas que as pessoas fazem para a vida, desde a alimentação até a realização de atividades físicas regulares.

Salvaguarda a existência de problemas de origem genética, alguns outros podem ser tratados com a utilização de chás naturais, como é o caso de nódulos no pescoço, também conhecido por tireoide.

Nesse ponto, vale um alerta! Antes de fazer uso de qualquer que seja a substância, mesmo as naturais, o mais recomendado é que o médico seja consultado.

No caso da tireoide, certos sintomas podem denunciar que algo de errado está impedindo o bom funcionamento do corpo, por isso, a importância de procurar um médico. Além do tratamento convencional, a utilização de chás, também pode ser bastante útil.

O que é a tireoide

Situada abaixo da laringe, a glândula tireoide tem como função produzir dois hormônios, o triodotironina (T3) e tiroxina (T4). Eles são levados pelo sangue para todo o organismo a fim de regular o metabolismo das células.

Esta glândula não trabalha sozinha, para ela desempenhar a sua função corretamente, precisa receber estímulos da hipófise, localizada no cérebro.

Quando o organismo não funciona de forma apropriada, todo o corpo acaba sofrendo consequências.

Por exemplo, se a glândula tireoide produz mais hormônios que o necessário, ela encontra-se em um estado hiperativo e provoca uma condição chamada de hipertireoidismo.

Se essa condição não for tratada de forma ágil pode acarretar em problemas secundários, atingindo coração e ossos.

A doença é mais comum entre as mulheres. Dependendo do organismo, o hipertireoidismo pode apresentar diferentes sintomas.

No geral, o paciente apresenta perda de peso relevante, fraqueza nos músculos, sensação de calor exacerbado, cansaço, irritabilidade, infertilidade, alterações no ciclo menstrual e batimentos cardíacos acelerados.

Além disso, o indivíduo pode ter mãos trêmulas, diarreia, ansiedade, irritação nos olhos e aumento da transpiração.

Chás para ajudar a tratar nódulos no pescoço (tireoide)

Foto: depositphotos

Chás para tratar nódulos no pescoço ou hipertireoidismo

Para evitar consequências mais graves, o tratamento para o hipertireoidismo deve ser receitado e orientado pelo médico.

Entre eles estão: remédios antitireoidianos, sessões de iodo radioativo, cirurgia ou a administração de medicamentos beta-bloqueadores.

Porém, os chás podem funcionar como forma de tratamento alternativo para o problema, mas também precisam passar pelo crivo médico.

Chá de erva-cidreira para tratar nódulo no pescoço

A erva-cidreira é uma planta bastante conhecida pelo poder tranquilizador. Ela é bastante usada para combater o nervosismo e ansiedade, dois sintomas que podem caracterizar o hipertireoidismo.

Outra indicação da erva é a possibilidade de contribuir para a normatização da glândula tireoide. Para preparar o chá, basta seguir o passo a passo:

Ingredientes:

  • 200 ml de água filtrada;
  • 2 colheres (de sopa) de serva-cidreira.

Modo de preparo:

Com ajuda de uma panela com tampa, coloque a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, adicione a erva e mantenha o recipiente tampado por um intervalo de 20 minutos.

Passado esse tempo, use uma peneira para remover a erva e a bebida está pronta para ser ingerida. Não adicione nenhum tipo de adoçante. O indicado é que a ingestão não ultrapasse as duas xícaras diárias.

Chá de agripalma para combater nódulo da tireoide

Assim como a erva-cidreira, a agripalma possui os mesmo benefícios, tranquilizadores que podem ser aplicados nos problemas de disfunção da tireoide.

Ingredientes:

  • 200 ml de água filtrada;
  • 2 gramas de agripalma amassada.

Modo de preparo:

Pegue uma panela e coloque a água para ferver. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente a erva. Deixe a mistura descasar por cerca de 10 minutos. Não esqueça de preservar a panela fechada. Isso vai ajudar no processo de infusão da erva.

Passado esse tempo, pegue uma peneira e retire toda a agripalma. Feito isso, o chá está pronto para ser ingerido. O consumo pode ser de até três xícaras por dia.

Veja mais!