Escrito por em 20/05/2019 (atualização: 04/06/2019)

Muita gente não sabe, mas existem alguns chás para celulite que são capazes de ajudar na eliminação dos furinhos que são esteticamente desagradáveis.

Com o avanço da ciência, foi possível encontrar em algumas plantas substâncias benéficas para a qualidade e elasticidade da pele, o que ajuda a mandar até as estrias embora.

Portanto, neste artigo nós vamos te mostrar quais são estes chás saudáveis, como prepará-los corretamente, como tomá-los da forma certa e quais são os cuidados necessários para esse consumo.

Sem mais delongas, confira abaixo as principais informações sobre os chás que auxiliam no combate a celulite e outros problemas de pele.

Chás para eliminar a celulite

Para a ciência, existem 4 chás que ajudam no combate, prevenção e tratamento da celulite. Desse modo, são opções naturais que agem no organismo de forma a promover benefícios para a pele e para outras diversas funções do corpo. Veja a lista de chás para eliminar a celulite:

Mulher apertando perna

Chá verde e chá de limão são os mais indicados para esse problema estético (Foto: depositphotos)

  • Chá verde
  • Chá de limão
  • Chá de dente-de-leão
  • Chá de urtiga

Existem muitos outros chás usados no combate às celulites e até mesmo no tratamento das estrias. Mas preferimos listar apenas estes quatro chás pois são os únicos nos quais os cientistas conseguiram observar relação direta entre os seus benefícios e o combate das celulites.

Com o contínuo avanço dos estudos sobre benefícios dermatológicos naturais, é possível que outros chás entrem nesta lista em breve.

Sendo assim, vamos explicar um pouco mais sobre cada um destes chás e como eles funcionam no combate e prevenção da celulite.

Chá verde

O chá verde é ótimo para o tratamento e prevenção da celulite por dois motivos. O primeiro é que ele ajuda na eliminação de toxinas presentes no organismo, e o segundo é que ele anti-inflamatório (1).

Para entender melhor porque esse benefícios são bons para acabar com a celulite, veja o tópico “O que é celulite?”. Veja a receita abaixo:

  1. Ferva 1 xícara de água
  2. Desligue o fogo e adicione 1 colher (de sopa) de chá verde
  3. Em seguida, tampe por aproximadamente dez minutos
  4. Por fim, coe e beba sem adoçar.

Chá de limão

Além de antioxidante (que ajuda na manutenção da pele), o chá de limão ajuda na queima de gordura e firmeza da pele (2). É também um chá rico em vitamina C e outros benefícios, como ação antibacteriana, adstringente e antisséptica. Veja como preparar:

  1. Em uma panela, esquente aproximadamente 500 ml de água, mas não deixe ferver
  2. Adicione o suco de 1 limão e misture
  3. Corte o limão (com casca e tudo) e também adicione na água. Espere a fervura
  4. Assim que ferver, conte 1 minuto e desligue o fogo
  5. Em seguida, tampe por 10 minutos
  6. Por fim, coe e beba sem adicionar açúcar ou qualquer outro adoçante.

Chá de dente-de-leão

Outro chá bastante indicado para a prevenção e combate das celulites é o chá de dente-de-leão. Em resumo, ele auxilia as funções renais do organismo, o que ajuda na eliminação de toxinas (3) que estimula o surgimento das celulites.

Além disso, é um chá rico em nutrientes bons para o corpo e para a pele. Confira a receita:

  1. Aqueça o equivalente a 1 xícara de água filtrada
  2. Assim que ferver, desligue o fogo e adicione 1 colher (de chá) de raízes de dente-de-leão
  3. Em seguida, tampe por cerca de 10 minutos
  4. Por fim, coe e beba sem adoçar.

Chá de urtiga

Por último, mas não menos importante, temos o chá de urtiga que é cientificamente muito benéfico para a pele, principalmente quando é usado de forma tópica (aplicando sobre a pele).

Ele ajuda a combater inflamações e a regular o pH da pele (4), o que ajuda na diminuição das celulites. Veja como preparar:

  1. Ferva 1 xícara de água filtrada
  2. Desligue o fogo e adicione 1 colher (de chá) de folhas secas de urtiga
  3. Em seguida, tampe por entre 5 a 10 minutos
  4. Por fim, coe. Você pode tanto beber o chá quanto aplicá-lo sobre a pele.

O que é a celulite?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), celulite é o nome comum da lipodistrofia ginóide, que nada mais é que o depósito de gordura sob a pele (5). Ela é caracterizada pelo aspecto ondulado da epiderme, tipo “casca de laranja”, em algumas áreas do corpo.

No geral, a celulite é um problema que afeta cerca de 95% das mulheres após a puberdade, de todas as etnias, embora seja mais comum entre as de pele branca. Contudo, também pode ser observada em homens, mas raramente, quando houver algum desequilíbrio hormonal.

Não é considerada uma doença, entretanto é uma preocupação estética importante para um grande número de mulheres.

A celulite tende a ocorrer nas áreas onde a gordura está sob a influência do estrógeno (hormônio feminino), como nos quadris, coxas e nádegas principalmente. Mas também pode ser observada nas mamas, na parte inferior do abdome, braços e nuca.

Além disso, é importante deixar claro que a obesidade não é uma condição necessária para o surgimento da celulite, pois há mulheres magras que apresentam este problema.

O que causa a celulite?

A Sociedade Brasileira de Dermatologia também aponta alguns dos fatores que podem facilitar o surgimento desse problema estético tão comum para as mulheres. São eles:

  • Hábitos alimentares inadequados
  • Sedentarismo
  • Estresse
  • Fumo
  • Uso de medicamentos, como anticoncepcionais
  • Gravidez
  • Doenças de pele.

Contudo, vale deixar claro que muitos cientistas e estudiosos apontam a celulite como uma característica natural fisiológica feminina.

Portanto, vendo pelas estatística de que 95% das mulheres apresentam celulites, é possível compreender que trata-se de algo natural do corpo feminino.

Como se prevenir?

Além dos chás citados nesse artigo, existem ainda alguma forma de afastar as celulites e mantê-las longe do seu corpo. São práticas bem simples que ajudam na prevenção deste problema. Veja:

  • Beber muita água
  • Diminuir o consumo de sódio (sal)
  • Evitar gordura
  • Evitar doces
  • Não fumar
  • Praticar exercícios.

Sendo assim, seguindo estes simples passos, é possível afastar ou diminuir o surgimento das celulites.

Por isso, preste muita atenção aos seus hábitos alimentares e à sua condição física. Pois, comer bem e praticar atividades físicas é um remédio natural contra as celulites.

Referências científicas

  1. NAGAO, Tomonori, HASE, Tadashi, TOKIMITSU, Ichiro. “A Green Tea Extract High in Catechins Reduces Body Fat and Cardiovascular Risks in Humans“. 2012. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1038/oby.2007.176. Acesso em 10 de maio de 2019.
  2. FUKUCHI, Y. et al. “Lemon Polyphenols Suppress Diet-induced Obesity by Up-Regulation of mRNA Levels of the Enzymes Involved in beta-Oxidation in Mouse White Adipose Tissue“. 2008. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19015756. Acesso em 10 de maio de 2019.
  3. CLARE, B. A., CONROY, R. S., SPELMAN, K. “The diuretic effect in human subjects of an extract of Taraxacum officinale folium over a single day“. 2009. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19678785. Acesso em 10 de maio de 2019.
  4. PREFEITURA DO PAULISTA. “Caspa: saiba as causas e como acabar com esse incômodo“. 2016. Disponível em: https://www.paulista.pe.gov.br/site/noticias/detalhes/2407. Acesso em 10 de maio de 2019.
  5. Sociedade Brasileira de Dermatologia. “Celulite“. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/celulite/53/. Acesso em 10 de maio de 2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.