Por Redação em 13/08/2018

Você já deve ter ouvido falar que é bom tomar chá de romã para garganta. Mas você sabe como fazer essa bebida? Além desse benefício, para quê serve o chá de romã? O que deve ser usado dessa fruta para fazer uma infusão saudável?

Essas e outras questões sobre a romã podem ser respondidas nesse artigo. Isso porque o Chá Benefícios traz tudo o que você precisa saber sobre essa fruta vermelhinha. Além disso, você pode conferir outros chás caseiros para garganta inflamada ou infeccionada.

Assim, você pode dar adeus as terríveis dores na garganta, rouquidão e até mesmo amigdalite. Também pode tratar tosse e gripe. Tudo isso, sem contar na atuação positiva que o chá de romã tem na luta contra a diabetes.

Mas assim como outros remédios, naturais ou não, é importante ficar atento as contraindicações. Por isso, você também fica por dentro de todos os efeitos negativos que o mau uso desse chá pode provocar no organismo.

Chá de romã para garganta funciona?

Como já mencionado anteriormente, o chá de romã tem um importante papel nos problemas que afetam a garganta. Isso porque, as cascas dessa fruta são conhecidas como um “antibiótico natural” e atuam no combate aos agentes infecciosos.

Xícara com chá de romã

O chá de romã trata dores na garganta, rouquidão e até amigdalite (Foto: depositphotos)

Por ser adstringente e anti-inflamatória, a romã é usada no tratamento de afecções na garganta. Ao mesmo tempo que limpa, combate as inflamações instaladas nessa região do corpo. Sendo assim, combate rouquidão, amigdalite, garganta inflamada, laringite e faringites.

Porém, esses não são os únicos benefícios do romã, pois o chá da fruta ainda age para proteger a boca em diversos aspectos. Por exemplo, com essa infusão é possível tratar sangramentos da gengiva e os sapinho, e auxilia na prevenção de aftas.

Outros benefícios desse chá

O chá de romã também é benéfico para o sistema circulatório e para tratar problemas do coração. Nesse sentido, ajuda na prevenção de infartos e consegue reduzir o nível de colesterol ruim (LDL).

Veja tambémComo fazer chá de romã; aprenda!

“A romã tem antioxidantes ainda mais poderosos do que o tomate e o vinho tinto para a prevenção de doenças cardíacas“, explica o terapeuta do Instituto AHAU, Luiz Carlos Costa Sequeira.

Além de anti-inflamatória e antioxidante, a fruta também tem propriedades anticancerígenas. Por essa razão, ajuda no combate das células do câncer, como o de próstata. E ainda atua no controle das taxas de glicose dos diabéticos.

Já por conter vitamina C em sua composição, a romã auxilia no fortalecimento do sistema imunológico. Sendo assim, é um remédio natural indicado para quem está com gripe ou tosse. Mas também pode ser uma ótima dica para quem está enfrentando problemas estomacais. 

Por fim, a fruta ainda é indicada para fins estéticos. Como é rica em vitamina A torna-se uma aliada contra o envelhecimento precoce. Além disso, auxilia no emagrecimento e combate as temíveis celulites. Mas claro, tudo isso atrelado a uma dieta balanceada e a prática de atividades físicas.

Como fazer chá de romã?

Antes de aprender a fazer o chá da romã, é importante destacar que a fruta possui propriedades benéficas em todas as suas partes. Por exemplo, ao mesmo tempo em que você pode comer a fruta ou fazer um suco com as sementes, é possível fazer chá com as cascas e com as folhas da romã.

Casca de romã

As cascas dessa fruta são conhecidas como um antibiótico natural (Foto: depositphotos)

Ambos possuem praticamente os mesmos benefícios, mas a forma de preparo da infusão diferencia-se um pouco. E além de conferir essas duas receitas, você também pode aprender como turbinar o chá de romã adicionado a ele um pouco de gengibre.

Chá de casca de romã

Coloque uma xícara de água filtrada no fogo e assim que começar a ferver, desligue e adicione 6 gramas da casca de romã. Tampe o recipiente e espere de cinco a 10 minutos. Após o tempo determinado, coe o líquido e faça gargarejos com a bebida já morna.

Fazendo até três gargarejos por dia com o chá de romã é possível tratar garganta inflamada de forma natural. Mas, cuidado com a temperatura da infusão, se estiver muito quente o quadro do paciente pode piorar.

Chá da folha de romã para garganta

Assim como as cascas da romã servem para melhorar afecções na garganta, a infusão feita com as folhas dessa planta também podem ser úteis no combate a rouquidão, garganta com pus ou  até amigdalite.

Para isso, use 10 gramas das folhas e adicione-as em um recipiente com água fervendo. Espere 10 minutos e em seguida coe a infusão. Esse remédio natural pode ser usado para fazer gargarejo ou então usar nos olhos para eliminar algum tipo de infecção nessa região.

Chá de romã com gengibre

Para potencializar ainda mais os poderes do chá de romã, você pode adicionar gengibre na receita. Sendo assim, coloque meia casca de uma romã média em um recipiente, adicione dois copos de água filtrada e duas rodelas de gengibre.

Coloque toda essa mistura no fogo e aguarde ferver. Em seguida, coe tudo e espere a infusão esfriar. Com uma temperatura morna, faça os gargarejos até três vezes por dia. E lembre-se de que o chá não deve estar muito quente, nem gelado. Os extremos da temperatura podem piorar a irritação da garganta.

Veja também: Chá das cascas de romã – Veja seus benefícios

Chás caseiros para garganta inflamada

Além do chá de romã, outras ervas, frutas e especiarias também podem ser utilizadas no combate a garganta inflamada. A seguir você encontra outras dicas de chás caseiros para esse tipo de afecção:

Contraindicações do chá de romã

Apesar de benéfica para garganta, a romã possui contraindicações com relação ao seu consumo em forma de chá. Pessoas alérgicas a fruta não devem ingerir a infusão dessa bebida. Além disso, pacientes com pancreatite ou gastrite também não podem fazer uso do chá, uma vez que a fruta pode agravar os sintomas dessa doença.

Mas agora que você já sabe as contraindicações e também para que serve essa planta, está na hora de dar adeus a dor na garganta. Pois com o chá de romã é possível eliminar rouquidão, tosse, amigdalite e outros problemas nessa região.