Escrito por em 20/08/2018 (atualização: 31/07/2018)

Você sabe para que serve o chá de hortelã rasteira? Nesse texto você confere os benefícios dessa planta e como preparar seu chá. Acompanhe a seguir!

A hortelã rasteira é uma planta da família das mentas. Na classificação das espécies, essa variedade de hortelã pertence à classe das Lamiaceae. Assim como tantas outras variedades da erva, a hortelã rasteira possui uma série de propriedades medicinais, que podem ser usadas no processo de cura de alguns males.

A planta é de pequeno porte, não chegando a ultrapassar os 60 centímetros de altura, fazendo jus a nomenclatura que foi dada a ela (rasteira). Suas folhas são verdes e crespas. Além do mais, essa planta possui aroma bastante característico, semelhante, inclusive, a menta.

Além do uso medicinal, tantos outros produtos podem ser concebidos a partir da utilização do hortelã. Entre os mais comuns estão: sabonetes, cremes dentais, goma de mascar e até produtos de limpeza.

Chá de hortelã rasteira serve para que?

Na medicina natural, as partes da hortelã rasteira que podem ser utilizadas na concepção de chás são as folhas e sumidades florais. Ela possui propriedade antisséptica, aromática, digestiva, antiespasmódica, estomáquica e expectorante. Por esse motivo, a erva pode ser usada em vários tratamentos.

Imagem de galho de hortelã rasteira

O chá dessa erva é capaz de eliminar vermes intestinais (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Um dos princípios ativos que mais se destaca na planta é o menthol. Ele tem ação acentuada no aparelho digestivo e também funciona como tônico. Na fitoterapia, a hortelã rasteira possui ação expectorante, ajudando no tratamento de gripes, resfriados e tosse e vermífugo, o que o fez mais conhecido.

A planta também pode ser usada no combate de infecções de origem gastrointestinais.

Porém, antes de usar a espécie em qualquer um dos casos listados acima, é bom que o médico seja consultado. Só ele é o profissional mais adequado para certificar o uso, evitando o desenvolvimento de possíveis complicações.

Veja também: Chá de hortelã miúda combate vermes; veja benefícios e propriedades

Como fazer chá de hortelã rasteira

Como já foi citado anteriormente, a forma mais usual na utilização da hortelã rasteira em prol da saúde é por meio do preparo do chá. Para tanto, você vai precisar de 200 ml de água filtrada e 1 colher (de chá) de folhas frescas da erva. Antes de usá-las, lembre-se de lavá-las em água corrente.

Você vai precisar de uma panela com tampa. Com o utensílio em mãos, coloque a água para ferver. Assim que ela atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente as folhas de hortelã rasteira.

Conserve o recipiente tampado por cerca de 10 minutos. Passado esse tempo, retire as folhas e o chá estará pronto para ser servido.

A indicação é que o chá de hortelã rasteira seja consumido até três vezes ao dia. Para isso você pode tomar uma xícara pela manhã, outra na parte da tarde e a última antes de dormir.

Veja tambémPara que serve o chá de hortelã peluda? Veja benefícios