Escrito por em 25/06/2018

Você sabe para que serve o chá da erva fedorenta? Nesse post você vai conhecer os benefícios e as propriedades dessa bebida e vai aprender a prepará-la. Veja também quais doenças essa erva consegue tratar e/ou evitar. Acompanhe a seguir!

A natureza está repleta de produtos naturais que podem ser usados como medicamentos alternativos aos que são produzidos pelo mercado farmacêutico. Um bom exemplo é a Tagetes minuta, planta da família das Asteraceae.

Chamada popularmente de erva fedorenta, essa planta é repleta de princípios ativos que ajudam o corpo a se recuperar de problemas relacionados ao sistema digestivo e neurológico.

Para que serve o chá da erva fedorenta?

A erva fedorenta é uma aliada do sistema respiratório, tendo em vista que ela protege o corpo contra gripes, resfriados, tosse e até mesmo os casos de bronquites.

Contudo, a bebida feita com as pétalas desta planta é ainda mais benéfica quando consumida ainda morna, em uma temperatura alta mas que não queime a boca.

Além disso, a planta ainda acalma, sendo uma ótima opção para quem sofre com ansiedade ou estresse. É também laxativa e por isso é preciso um certo cuidado para não extrapolar no uso e causar possíveis diarreias.

O chá da erva fedorenta serve para tratar gripes, resfriados e tosse

A erva fedorenta é laxativa, precisando ser ingerida com moderação (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Propriedades da erva fedorenta

  • Antifúngico
  • Anti-helmíntico
  • Antisséptico
  • Inseticida
  • Repelente
  • Reumatismo
  • Resfriado
  • Sudorífico

Veja também: Combata azia, má digestão e náuseas com o chá de artemísia

Como fazer e usar o chá desta planta

Pegue uma xícara de água filtrada e deixe ferver. Quando o processo de ebulição iniciar, desligue o fogo e adicione um punhado de pétalas de erva fedorenta. Tampe o recipiente e deixe em infusão por 20 minutos.

Após o tempo determinado, coe o chá e beba logo em seguida. É preferível não adicionar nenhum outro ingrediente, como limão, açúcar, adoçante ou mel. A dica é ingerir até três xícaras por dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Mesmo sendo uma planta e, de certa forma, um produto natural, a erva fedorenta é contraindicada para grávidas em qualquer estágio da gestação, lactantes e crianças menores de 12 anos.

Veja também: Use chá de gengibre para curar tosse

Isto porque existem composições nas pétalas que podem provocar algum desconforto nos pacientes que se enquadram nestas categorias.

Quanto a dosagem, esta deve ser recomendada por algum especialista, tendo em vista que a superdosagem pode causar intoxicação no organismo.

Neste caso, os pacientes que não fazem o uso correto deste medicamento natural estão sujeitos a apresentar vômitos, diarreias e outras reações negativas do corpo. Por isso, a consulta com um médico deve ser feita antes mesmo de qualquer automedicação.