Publicado por Redação

Conhecida como uma planta medicinal que tem seu uso associado ao processo de tratamento e cura de algumas doenças, a uxi amarelo pertence à família das Humiriaceae.

Essa é uma planta muito conhecida porque ela pode ser usada pelos pacientes com HIV como auxílio ao coquetel de medicamentos para controle do vírus.

Dependendo do local onde a planta é identificada, outros nomes podem fazer relação a ela. Entre os principais deles, destacam-se uxi-amarelo, axuá, cumatê, pururu, uxi, uxi-liso, uxi-ordinário, uxi-pucu, uxi-verdadeiro.

Na medicina natural, a parte da planta vinculada aos princípios curativos é a casca.

Chá de uxi amarelo

Use o chá de uxi amarelo para atuar na saúde de pessoas de qualquer idade

Chá de uxi amarelo possui benefícios para a saúde de pessoas de todas as idades (Foto: depositphotos)

Uma das formas mais usuais de consumir o uxi amarelo em prol da saúde é a partir do preparo do chá. Para isso, basta separar meio litro de água filtrada e 25 gramas das casca da planta.

No intuito de facilitar o processo de infusão é necessário que a casca esteja bem fragmentada.

O primeiro passo é colocar a água para ferver em uma panela de vidro com tampa. Assim que estiver borbulhando, acrescente o uxi amarelo e deixe com que ele ferva por 10 minutos.

Passado esse tempo, desligue o fogo e deixe descansar por alguns minutos. Use uma peneira para remover a casca e a bebida está pronta para ser ingerida.

Benefícios da uxi amarelo

Desfrute dos inúmeros benefícios da erva uxi amarelo

Benefícios da erva uxi amarelo vão além do que você imagina (Foto: Reprodução | Site/loja virtual Chá & Cia)

O uxi amarelo possui muitas propriedades medicinais, sobretudo baseado em ações anti-inflamatória, antimutagênica, antioxidante, antitumoral, antiviral, citostática, depurativa, diurética, hipotensora, imunoestimulante, regeneradora celular e vermífuga.

Entre os problemas de saúde que a utilização da planta está vinculada estão: abscessos, afecções intestinais, artrite, asma, bursite, candidíase, cáries, coágulos no cérebro, cirrose, cistos, disenteria, doenças epidêmicas, doenças ósseas e doenças urinárias.

Além disso, o uso do uxi amarelo trata febres, gastrite, gonorreia, gripes, hemorragias, herpes, hipertensão, infecção dos ossos, infecção urinária, inflamação no útero, irregularidade menstrual, leucemia, miomas, reumatismo, rinites, sinusites, sistema imunológico, úlceras gástrica, viroses e reduz a pressão sanguínea.

Para tratar casos de envelhecimento precoce; câncer de mama, pulmão, cérebro e próstata, a planta também pode ser usada.

Nos casos de doenças do coração, o uxi amarelo também é indicado, sobretudo no que diz respeito a prevenção de ataques, doenças e coágulos. O diabetes também pode ter suas taxas minimizadas por meio do uso frequente.

Embora todas essas doenças possam ser tratadas a partir da utilização da planta, o que mais chama atenção em relação ao uxi amarelo é a possibilidade dela ser usada como complemento ao tratamento de Aids. Ela possui agentes que auxiliam no coquetel.

Cuidados com a utilização do uxi amarelo

Uxi amarelo, assim como qualquer erva, exige cuidados de quem vai o tomar

Como toda erva, o uxi amarelo também exige cuidados (Ilustração: depositphotos)

Embora o uso da planta esteja associado a uma série de doenças, antes de incluí-la em qualquer que seja o tratamento, a recomendação é que o médico seja consultado.

Só ele possui conhecimento suficiente para que o paciente a utilize de forma responsável.

Na consulta, o médico pode realizar alguns exames complementares para certificar que outro tipo de problema não seja originado.

Já em relação a dosagem, cada paciente pode desenvolver uma particularidade sobre ela.

 

Veja mais!