Escrito por em 20/04/2018

Conheça o chá de quilaia, seus benefícios e propriedades. Veja como ele atua em prol da saúde do organismo, bem como as doenças que evita e trata. Aprenda como preparar essa bebida e como consumi-la. Isso e muito mais você confere a seguir!

A quilaia é uma planta originária da China que pertence à família das Rosacea. Dependendo do local onde ela é encontrada, pode ser conhecida por vários outros nomes, a exemplo da panamá-quilaia e timboúva.

Essa espécie pode ser amplamente utilizada na medicina popular, contribuindo para o bem-estar do homem.

Trata-se de uma planta de pequeno porte dotada de folhas verdes meio ovaladas e flores verdes ou brancas, esse vegetal tem como característica o crescimento em lugares altos. Suas partes utilizadas são sempre a casca do caule e suas flores.

Na medicina natural, a planta pode ser usada por meio de infusão, decocção ou banhos.

Benefícios do chá de quilaia

Entre os principais benefícios da quilaia está a sua atuação nos problemas de pele

As partes utilizadas são sempre a casca do caule e suas flores (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Devidos as suas propriedades adstringente, anti-seborreica, anti-inflamatória, antimicrobiana, cicatrizante, emulsificante, expectorante, tensoativa e tônica capilar, a quilaia pode ser usada no processo de tratamento e cura de muitas doenças. Porém, é necessário que o médico seja consultado.

Certificar-se quanto à utilização dessa e qualquer outra planta com o médico é a garantia que o paciente tem de que está fazendo a coisa certa.

Até porque, uma série de outros problemas podem estar associados à utilização indiscriminada e irresponsável dessa espécie.

Veja também: Chá de João Gomes age contra fadiga e problemas de pele

Em prol da saúde humana, a quilaia atua contra as afecções da pele, asma, bronquite, estimulante da mucosa gástrica, expectorante, feridas, infecção vaginal, leucorreia, psoríase e reumatismo crônico.

Como fazer o chá de quilaia

Uma das formas mais usuais de empregar a quilaia nos tratamentos de algumas das doenças descritas anteriormente é através do preparo do chá.

Para fazê-lo, basta separar 200 ml de água filtrada e uma colher (de sopa) das flores da quilaia. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Use, de preferência, um recipiente com tampa.

Assim que a água começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a quilaia toda de uma vez.

Deixe que a mistura descanse por cerca de 10 minutos. Para auxiliar no processo de infusão, deixe o recipiente tampado. Passado esse tempo, use uma peneira para remover a erva para que a bebida possa ser ingerida.

A recomendação é que a ingestão diária não ultrapasse as três xícaras. Mesmo com a orientação médica, se perceber qualquer sintoma fora do normal, volte a procurá-lo.

Veja também: Qual o melhor: Infusão ou decocção? Saiba

Contraindicações

A quilaia é um vegetal não recomendado para mulheres gestantes. Assim como de modo em geral, o uso dessa planta somente pode ser feito sob supervisão médica, uma vez que o mesmo, se ingerido de forma incorreta, pode desencadear dores estomacais, dor de cabeça, febre, vômito, entre outros efeitos colaterais.