Escrito por em 15/05/2013 (atualização: 22/05/2019)

Você já ouviu falar em chá de orégano? De tanto ser visto sempre em cima da saborosa pizza fica difícil imaginar o orégano em outra situação, não é mesmo?

Com o seu cheiro peculiar, a erva chama atenção e aparece timidamente em alguns pastéis, saladas, molhos e massas italianas, mas você já pensou nele em um chá? Chá de orégano, apesar de parecer pouco comum, possui diversas propriedades medicinais benéficas à saúde.

Pensando em esclarecer os benefícios dessa infusão, criamos esse artigo. Além dessa informação, você também fica por dentro de como fazer esse chá e as contraindicações.  Confira!

Quais são os benefícios o chá de orégano?

De acordo com a farmacêutica Maria Júlia Pereira Reis, o orégano é rico em vitaminas, minerais, polifenóis e ômega-3. Por essas razões, acaba sendo um ingrediente especial no quesito saúde.

Mas essas não são as únicas propriedades presentes no orégano. Isso porque, esse tempero possui ainda um princípio ativo chamado de carvacol, encontrado nas folhas dessa planta. Entre tantos benefícios, essa substância também ajuda a ativar as defesas do corpo. (1)

Ramos de orégano

Apesar de muito usado na culinária, o orégano serve como um poderoso chá (Foto: depositphotos)

Outro ponto importante do orégano é sua ação antioxidante. Isso acontece devido a presença de compostos fenólicos, o que também contribui coma a ação anti-inflamatória. (2)

Além disso, por ser antioxidante, consegue bloquear os radicais livre que prejudicam o organismo de diferentes formas. Por exemplo, o envelhecimento precoce das células.

Também vale ressaltar que as propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas dessa especiaria trabalham para impedir a progressão mais rápida de alguns tipos de câncer. Entre eles estão o de próstata e o de mama. (1)

“Um dos benefícios do orégano é estimular a secreção de bile pelo fígado, a bile facilita a digestão de gorduras, atuando como um ‘detergente’ e permitindo a absorção de gorduras. Entretanto, alguns pacientes podem apresentar quadros de refluxos e gases quando fazem seu consumo em excesso”, alerta a farmacêutica.

Além disso, o chá de orégano tem propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, antivirais e anestésicas. (1) A seguir você confere detalhadamente os principais benefícios dessa especiaria em forma de infusão.

Chá de orégano para tosse seca

Pouca gente sabe, mas um dos maiores benefícios desse chá é o seu poder fortalecedor do sistema imunológico. Com isso, a infusão consegue impedir as infecções virais, como a gripe, e seus sintomas.

“O carvacrol, os terpenos e flavonoides do orégano podem atuar como agentes de purificação do pulmão, limpando o trato respiratório e os tubos branquiais. Isso significa um alívio durante um ataque de asma, que se caracteriza por dificultar a respiração.” (1)

Infusão para refluxo e gases

Chá de orégano também é uma excelente saída para quem está com problemas de estufamento após as refeições. Isso poque, a bebida ainda morna consegue otimizar o processo de digestão, melhorando quadros de flatulência. (1)

Chá de orégano para candidíase

Existem três tipos de candidíase, são eles: candidíase vaginal, candidíase cutânea e o sapinho. Todos eles são causados por fungos chamados de Candida, por isso o nome da doença.

Mas, segundo o médico Dayan Siebra, o orégano possui propriedades antifúngicas. Por essa razão, pode ser um remédio natural eficiente contra a candidíase de todos os tipos. (2)

Chá para cólica

Essa infusão também é amiga das mulheres, principalmente das que passam por muito sofrimento durante o período menstrual. Isso porque, entre tantos benefícios, o chá de orégano também combate à cólica. (1)

Esse benefício se dá pois a especiaria é um relaxante muscular, trabalhando assim na minimização das cólicas. Além disso, pode contribuir para regular o ciclo menstrual e prevenir a menopausa precoce.

Chá de orégano emagrece?

Pelo menos três razões fazem com que o orégano tenha propriedades emagrecedoras. O primeiro deles, segundo a farmacêutica, é a presença de fibras nas folhas dessa especiaria. Essa substância auxilia a digestão e melhora o funcionamento do intestino.

Além disso, chá de orégano é considerado uma bebida diurética. Isso significa dizer que a infusão ajuda no processo de eliminação dos líquidos. Muitas vezes, as pessoas se sentem gordas, mas na verdade é apenas retenção de líquidos, provocando um inchaço em certas partes do corpo. (2)

Por fim, a presença de carvacrol também contribui com a perda de peso. Esse efeito é decorrente da redução de inflamação no tecido adiposo branco. Inclusive, essa propriedade já foi comprovada em estudo publicado no The Journal of Nutritional Biochemistry. (1)

Xícara com chá de orégano

O chá de orégano é considerado uma bebida diurética (Foto: depositphotos)

Como é que faz o chá de orégano?

No chá encontramos todos os benefícios que foram descritos acima, como o alívio dos sintomas da TPM e a diminuição na retenção de líquidos pelo corpo, mas para que isso aconteça você deve fazer a infusão corretamente:

  1. Coloque 1 colher (de sopa) de folhas de orégano, secas ou não, numa xícara. Mas dê preferência as folhas frescas
  2. Esquente uma xícara de água e desligue assim que surgirem as primeiras bolhas de fervura
  3. Despeje a água na xícara contendo o orégano e tome assim que esfriar.

“Tome o chá de três a quatro vezes por dia, sempre morno e preferencialmente sem açúcar ou adoçante”, recomenda a farmacêutica Maria Júlia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Assim como qualquer outro remédio, natural ou não, o chá de orégano possui contraindicações e efeitos colaterais. “Seu uso pode provocar alergia de pele e vômitos em algumas pessoas sensíveis à planta”, explica Maria Júlia.

Por essa razão, é recomendado conhecer as suas próprias limitações com relação às reações alérgicas. Além disso, o uso demasiado dessa infusão pode provocar refluxos. Sendo assim, consuma o chá de forma consciente durante todo o dia.

“Recomendo que mulheres grávidas evitem o consumo de chá ou óleo de orégano sem orientação médica”, aconselha a farmacêutica. Isso porque, a bebida pode auxiliar na regulação do ciclo menstrual e no combate às cólicas, por isso pode acabar prejudicando a saúde do bebê.

Mais sobre a especiaria

O orégano é uma planta da família das Labiadas, e é conhecida como oregão, manjerona rasteira e manjerona silvestre. Seu uso constante combate vários tipos de doenças como as que já foram mencionadas.

Além dos benefícios do chá de orégano, ele ainda pode render um óleo rico em propriedades medicinais. Mas, por ter um cheiro forte, a planta in natura pode ser passada na pele também, pois funciona como repelente de formigas e fungicida.

*Artigo feito com a colaboração de Maria Júlia Pereira Reis (CRF-PE: 07663)
Graduada em Farmácia pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Mestranda em Ciências Farmacêuticas.

Referências

1. FERNANDES, Paula. “Propriedades nutricionais dos temperos”. Site Paula Nutri, 2015. Disponível em: http://www.paulanutri.com.br/blog-da-nutri/propriedades-nutricionais-dos-temperos. Acesso em: 8 de fevereiro de 2019.

2. SIEBRA, Dylan. “Chá de orégano. Você já tomou?”. Canal no YouTube Dr. Dylan Siebra, 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=j1JiWQJDJUE. Acesso em: 8 de fevereiro de 2019.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.