Publicado por Redação

Os gases constituem um dos problemas mais embaraçosos que podemos ter em um ambiente social, mas pode ser evitado por meio do controle da alimentação e com alguns medicamentos naturais.

É complicado, no entanto, remover alimentos que gostamos de nossa rotina devido à esse problema, além de nem sempre ser algo saudável, pois alguns alimentos são essenciais na alimentação para a manutenção da saúde.

Os gases podem ser causados por causa da frutose, que é encontrada em todas as frutas, ou ainda pelo feijão, ambos alimentos extremamente saudáveis e repletos de propriedades benéficas à saúde.

Chá de melissa para gases

Foto: Pixabay

Por isso, devem ser usadas outras soluções, como os antiácidos, enzimas digestivas, entre outros medicamentos, além de chás e remédios naturais, como a melissa.

Melissa

A planta é uma erva que possui muitos benefícios à saúde e é pertencente à família da hortelã. Inclusive, suas folhas são bastante semelhantes, mas a erva-cidreira – melissa –, possui folhas maiores.

Propriedades e benefícios

A melissa, de nome científico melissa officinalis, também conhecida como erva-cidreira, é uma planta medicinal que pode ser usada no tratamento de resfriados e gripes, além de insônia, depressão, taquicardia, age como digestivo, calmante, além de combater a dor de cabeça, enxaquecas, gases e cólicas intestinais. É facilitador ainda da menstruação e da gestação, além de auxiliar no combate às dores musculares e reumáticas, laringite e afecções do estômago. É também eficaz na recuperação do pós parto.

Suas propriedades são benéficas para a limpeza e cicatrização da pele, sendo amplamente usada para acnes e para oleosidade. A planta, quando usada frequentemente, pode ser um excelente apoio para quem quer abandonar o vício pelos cigarros. É indicado para resolver problemas leves de ansiedade e insônia e é reconhecido e registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como preparar o chá

Para preparar o chá de melissa que pode ser usado no tratamento dos gases, você vai precisar de:

– Duas colheres de sopa de melissa

– Um litro de água

Em um recipiente, coloque a água e a erva. Leve ao fogo e deixe ferver e então desligue. Tampe a mistura para manter a solução abafada por aproximadamente 10 minutos. Coe e consuma. A dose diária indicada é de em torno de duas a três xícaras.

Contraindicações e precauções de uso

O chá de melissa é contraindicado para pacientes com pressão baixa. O consumo de doses elevados da planta pode levar à queda de pressão, irritação gástrica e bradicardia.

Veja mais!