Escrito por em 29/12/2016

Conhecida como planta da família das Fabaceae, o índigo vem sendo usado ao longo dos anos devido ao seu poder de limpar feridas e combater infecções agudas. Ela é nativa da América e também pode ser usada com outras finalidades, sobretudo aquelas que beneficiam o ser humano no dia a dia.

A árvore do índigo pode chegar a até 1,80 metros de altura. Quando preparada de forma específica, a planta é fonte de corante azul. Dependendo do local onde ela é encontra, pode ser identificada por outros nomes, entre eles: anileira, índigo-do-brasil e indigófera.

Propriedades medicinais

Devido aos seus efeitos anti-helmíntico, antitérmico, sedativo e purgativo, na medicina natural, a raiz de índigo é indicada para combater alguns problemas de saúde. Entre os mais comuns estão: vermes intestinais, icterícia e febre. Além do mais, o uso das folhas amassadas da erva combate a sarna.

Chá de índigo para assepsia de feridas

Foto: depositphotos

É preciso ter alguns cuidados ao usar a planta para qualquer um dos fins apresentados anteriormente. Por isso, é indicado que o médico seja consultado. Só ele é capaz de prescrever o melhor uso da espécie, principalmente a fim de evitar os possíveis problemas que ela pode desencadear no organismo.

O tratamento a qualquer que seja a doença é contra-indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Quando esse chá é consumido em excesso pode trazer alguns problemas de saúde para o paciente, como a incidência de náuseas e vômitos. Uma curiosidade sobre o índigo é que suas raízes e folhas secas ajudam a espantar insetos.

Chá de índigo

Para preparar o chá de índigo você vai precisar de 200 ml de água filtrada e 20 gramas de folhas. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que ela estiver apresentando os primeiros sinais de ebulição, desligue o fogo e acrescente as folhas. Deixe descansar, em recipiente fechado, por cerca de 10 minutos.

Passado esse tempo, use uma peneira para separar as folhas do líquido. Depois disso, o chá está pronto para ser consumido. O recomendando é que a ingestão do chá de índigo não ultrapasse as duas xícaras diárias. Lembrando que, antes de fazer uso da substância, o médico deve ser consultado.