Escrito por em 17/01/2017 (atualização: 11/04/2017)

A hortelã romana é uma planta medicinal popular desde o século 17. Também conhecida como balsamita e folha da bíblia, as folhas da hortelã romana eram antes usadas em países da Europa, para marcar páginas de bíblia.

Nessa época, as pessoas costumavam mastigas as folhas da hortelã romana para espantar o sono, principalmente durante os sermões religiosos, já que a folha já estava dentro da bíblia.

A planta possui propriedades medicinais digestivas e antissépticas. A hortelã romana pode ser usada como infusão, no preparo de bebidas ou como remédio preventivo.

Chá de hortelã romana é aconselhado para tratar artrite e artrose

Foto: depositphotos

O chá dessa planta é aconselhado para ser ingerido por pessoas que sofrem de distúrbios no estômago e dores de cabeça, além de ajudar a aliviar gota, ciática e dores semelhantes.

A bebida também ajuda a combater artrites e outros desconfortos que costumam apresentar sintomas muito parecidos. Os principais tipos de artrite, são: a artrite reumatoide e a osteoartrite (também conhecida como artrose).

Consumo de hortelã romana para aliviar dores

O uso da hortelã romana para esse fim não é um remédio para ser ingerido, mas sim como uso tópico. Para isso, pegue as folhas da planta e mergulhe-as em azeite de oliva ou óleo de açafrão por cerca de quatro dias. Depois de coado, aplique o óleo nos locais onde você está sentindo os incômodos.