Escrito por em 04/01/2017

O ginsão azul é uma planta pertencente à família das berberidaceae. Ele é rico em potássio, magnésio, goma, amido, sais, sódio, ácido fosfórico, resina solúvel, ferro e sílica, o que ajuda no processo de tratamento e cura de algumas doenças. A parte da planta que é usada nesse processo é a raiz.

Geralmente a planta pode ser facilmente encontrada em bosques úmidos, próximo à beira de riachos. O ginsão azul é uma planta de pequeno porte, não chegando a ultrapassar um metro de altura.

Indicações

Devido aos princípios ativos apresentados pela planta, ela pode ser usada no tratamento e cura de várias enfermidades do organismo humano. Isso se deve ao fato dela possuir efeito diurético, antiespasmódico, tônico, estimulante, emenagogo, sudorífero e anti-helmíntico.

Chá de ginsão azul trata sintomas do reumatismo

Foto: depositphotos

Entre os problemas de saúde que ela ajuda a tratar, destaque para o reumatismo, hidropisia e crises nervosas. Outro uso que aparece com considerável relevância é durante a gravidez e o parto, pois as índias acreditam que o ginsão azul fortalece o útero e auxilia o parto.

Chá de ginsão azul

Na medicina natural, uma das formas mais utilizadas no tratamento dos problemas de saúde é através do preparo do chá. Para isso, você vai precisar de 200 ml de água filtrada e oito gramas da raiz do ginsão azul. Coloque a água para ferver. Quando ela atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente a raiz da planta.

Depois disso, o passo seguinte é deixar a mistura descansar por cerca de 10 minutos. Para isso, conserve o recipiente tampado, o que vai ajudar no processo de infusão. Passado esse tempo, use uma peneira para retirar a raiz, depois é só ingerir. A recomendação é que o consumo não ultrapasse as duas xícaras diárias.