Escrito por em 16/04/2014 (atualização: 23/01/2019)

Você conhece ou já ouviu falar sobre os benefícios do chá de garcínia? Esta bebida comum em países do oriente é feita com uma planta que vem surpreendendo os cientistas quando o assunto é promover saúde. Veja aqui tudo sobre esta planta e o seu chá.

Em primeiro lugar, você sabe o que é garcínia? Garcínia (também chamada de garcinia cambogia, malabar e goraka) é uma pequena árvore das florestas do Camboja, no Sul da África, mas também pode ser encontrada na Polinésia, Índia e em países do Extremo Oriente. Na Índia, é usada para o preparo do caril e para a conservação de alimentos, por exemplo.

Seu nome científico é Garcinia gummi-gutta. Trata-se de uma planta que pertence à família das Gutíferas e suas partes mais utilizadas são a casca seca e a polpa do fruto. Seu fruto se parece com uma pequena abóbora e tem o tamanho parecido com o de uma laranja.

Você pode nunca ter ouvido falar da garcínia, mas com certeza vai ficar surpreso(a) com os benefícios que esta planta traz para o organismo humano. Veja abaixo os milagrosos benefícios do chá de garcínia!

Para quê serve o chá de garcínia?

O chá de garcínia é usado há muitos anos por povos que acreditam na medicina natural. De fato, esta planta possui benefícios para a saúde comprovados pela ciência. Contudo, ainda é uma planta pouco estudada e suas propriedades medicinais ainda estão sendo analisadas.

Xícara com chá de garcínia

Além de emagrecer, esse chá combate o câncer e ajuda a tratar a diabetes (Foto: depositphotos)

Mas, mesmo assim, separamos para você as principais vantagens medicinais desta planta que já foram comprovadas por pesquisas laboratoriais e divulgadas no cenário científico mundial. Se surpreenda com os benefícios da garcínia:

  • Previne o câncer e outras doenças
  • Combate bactérias e vírus
  • É anti-obesidade (ajuda a emagrecer)
  • Ajuda no tratamento da diabetes
  • É anti-inflamatório

Viu como é surpreendente a lista de benefícios do chá de garcínia? Contudo, é importante deixar claro que estes são os benefícios comprovados pela ciência até o momento. Claro que existem outras vantagens saudáveis, mas estas ainda estão sendo estudadas ou passando por testes.

Sendo assim, escolhemos estes que foram citados pois já existem embasamento científico que os comprovam. Dessa forma, certificamos de que todos estes são baseados em pesquisas e estudos originais e certificados. Abaixo, você aprenderá mais sobre cada um.

Veja também: Chá para emagrecer caseiro

Propriedades medicinais: Veja mais sobre os benefícios

Agora você verá um pouco mais sobre cada um dos benefícios listados anteriormente. É aqui também onde você vai confirmar que todos esses benefícios são verdadeiros. As informações são baseadas em fontes científicas e pesquisas oficiais. Confira nossas referências científicas no fim do artigo!

Previne o câncer e outras doenças

Em primeiro lugar, vamos falar sobre um dos principais benefícios medicinais desta planta. Algumas pesquisas recentes comprovaram a ação antioxidante da garcínia (1, 2). Portanto, o chá feito com essa planta protege o organismo de várias doenças como o câncer, por exemplo.

Alimentos antioxidantes são importantes, pois ajudam a inibir a ação dos radicais livres, impedindo o surgimento de doenças e trazendo outros benefícios. Os radicais livres são substâncias que dificultam o ciclo saudável das células.

A garcínia os combate, prevenindo assim doenças como pressão alta, câncer, diabetes, Mal de Parkinson, Alzheimer, doenças degenerativas e o envelhecimento precoce.

Combate bactérias e vírus

Pesquisas comprovaram recentemente que a garcínia possui ação antibacteriana e antiviral (1). Isto é, pode ser usada para combater bactérias e vírus presentes no nosso organismo, promovendo assim, a diminuição dos riscos de doenças.

O chá de garcínia funciona como um potente higienizador do organismo humano. Basta uma xícara por dia para obter o potencial de eliminar os vírus e bactérias. Vale ressaltar que fazendo isso, o sistema imunológico também fica mais forte.

É anti-obesidade (ajuda a emagrecer)

Um estudo sul-africano denominou a garcínia como um alimento anti-obesidade (2). De acordo com os pesquisadores, esta planta possui uma complexidade de propriedades muito interessante para a prevenção e combate a obesidade.

Segundo os mesmos, análises sobre as substâncias da planta exibiram atividade anti-obesidade, que incluem a diminuição do apetite e do ganho de gordura corporal, por exemplo.

Entre os benefícios contra a obesidade estão o aumento do hormônio serotonina relacionados à saciedade, diminuição do apetite, redução da gordura corporal, aumento da oxidação dos tecidos adiposos e diminuição da lipogênese.

Portanto, o chá de garcínia pode ser interpretado como um dos chás mais eficientes quando o assunto é perder peso. Emagrecer usando este chá é bem mais fácil. Então, se não acredita, faça você mesmo(a) o teste e se surpreenda com os resultados.

Contudo, vale ressaltar que o chá, por si só, não é suficiente para o emagrecimento rápido e saudável. Para isso, você também precisa optar por uma alimentação saudável e pouco calórica. Além disso, praticar atividade física é essencial para a saúde e o emagrecimento.

Ajuda no tratamento da diabetes

Outro benefício comprovado pela ciência é o auxílio para pacientes diabéticos. De acordo com pesquisas realizados nos últimos anos, a garcínia é importante pois combate e prevenção a diabetes (2, 3).

Trata-se do resultado do seu potencial antioxidante, pois ajuda a diminuir as chances de desenvolver esta doença. Por outro lado, estes estudos mostram que as propriedades da garcínia podem ser aliadas no tratamento e controle da diabetes.

Veja tambémChás para diabetes: confira receitas benéficas

É anti-inflamatório

A medicina também confirmou que a garcínia é rica em substâncias anti-inflamatórias (3). Dessa forma, ajuda no tratamento e recuperação de doenças inflamatórias e alivia as dores provocados por estes problemas.

Contudo, vale lembrar que não adianta tentar combater inflamações com o chá de garcínia ao mesmo tempo em que consome alimentos que aumentam as inflamações. Nesse caso, o efeito da bebida é anulada.

Por isso, evite o consumo exagerado de sal, açúcares, gorduras e condimentos. Dessa forma, o chá vai agir no corpo e trazer os benefícios, combatendo as inflamações.

Frutos da garcínia

O fruto da garcínia se parece com uma pequena abóbora e tem o tamanho parecido com o de uma laranja (Foto: depositphotos)

Como preparar o chá?

Para preparar o chá de garcínia, a receita é bem simples. Siga as instruções abaixo e você vai conseguir o melhor chá desta planta:

  1. Primeiro, aqueça 1 xícara de água em uma panela/chaleira ou no microondas.
  2. Quando a água ferver, desligue o fogo ou tire do micro-ondas.
  3. Em seguida, adicione 1 colher de folhas de garcínia picadas e tampe por 10 minutos.
  4. Por fim, coe e beba sem adoçar.

Você pode tomar 1 ou 2 xícaras do chá por dia, dependendo do uso medicinal que está fazendo. Não exagere no consumo, pois pode trazer problemas para a sua saúde. Opte por tomar o chá 1 hora antes da refeição em que você mais come.

Cuidados e contraindicações

Apesar de ser uma planta e ser usada em produtos naturais, o consumo de garcínia precisa estar sob alguns cuidados importantes. O exagero da ingestão desta planta e seus derivados pode trazer sintomas, efeitos colaterais e prejuízos a saúde.

Um estudo recente também descobriu uma relação entre o consumo do extrato de garcínia e doenças hepáticas (4). Dessa forma, indica-se que a ingestão de suplementos e extrato desta planta seja monitorado por um médico especialista, para que não haja danos à saúde.

Mulheres grávidas e crianças pequenas devem evitar o consumo da garcínia e do seu chá, exceto quando receitados por um médico especialista. Fora isso, o chá de garcínia pode ser usado de várias formas para combater várias doenças e males através do seu potencial natural.

Referências científicas

Por fim, veja abaixo as referências científicas usadas na produção deste artigo. O Chá Benefícios é um site comprometido com informações verdadeiras, conteúdo relevante e, claro, com a sua saúde. Sendo assim, fique sempre bem informado(a) em nossos sites!

  1. RAVISHANKAR, K. V. et al. Isolation and characterization of microsatellite markers in Garcinia gummi-gutta by next-generation sequencing and cross-species amplification. 2017, Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28674220>. Acesso em 20/01/2019.
  2. SEMWAL, R. B.; SEMWAL, D. K.; VERMAAK, I.; VILJOEN, A.. A comprehensive scientific overview of Garcinia cambogia. 2015. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0367326X15000544?via%3Dihub>. Acesso em 20/01/2019.
  3. JOHN, Oliver D.; BROWN, Lindsay; PANCHAL, Sunil. Garcinia Fruits: Their Potential to Combat Metabolic Syndrome: Disease Prevention & Drug Discovery. 2018. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/329974961_Garcinia_Fruits_Their_Potential_to_Combat_Metabolic_Syndrome_Disease_Prevention_Drug_Discovery>. Acesso em 20/01/2019.
  4. SHARMA, Akshay et al. Acute Hepatitis due to Garcinia Cambogia Extract, an Herbal Weight Loss Supplement. 2018. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/326642858_Acute_Hepatitis_due_to_Garcinia_Cambogia_Extract_an_Herbal_Weight_Loss_Supplement>. Acesso em 20/01/2019.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.