Escrito por em 22/12/2016 (atualização: 12/01/2017)

Pertencente à família das Annonaceae, a fruta do conde é um alimento muito consumido por pessoas de todas as idades. Além de ser bastante saborosa, a fruta possui algumas propriedades naturais que podem ser usadas no tratamento de algumas doenças, embora pouca gente saiba disso.

A árvore da fruta do conde é de pequeno porte, podendo chegar até cinco metros de altura. Suas folhas são ovais e na cor verde escura. Ela possui flores pequenas e brancas. Seu fruto é globoso quase esférico, com protuberância e muitas sementes, já sua polpa é da cor branca, envolvendo todas as sementes.

Dependendo do local onde a fruta do conde é encontrada, ela pode ser conhecida por outros nomes. Entre os principais estão: anona, araticum, ata, cabeça-de-negro, condessa, coração-de-boi e fruta-pinha. Praticamente toda a planta pode ser utilizada, desde a raiz, passando pelas folhas, sementes, frutos e casca do tronco.

Chá de fruta de conde trata a desnutrição

Foto: depositphotos

Propriedades medicinais

A fruta do conde é constituída de altas doses de cálcio, carboidratos, ferro, fósforo, hidratos de carbono, proteínas, sais minerais e vitaminas dos complexos A, B e C. Por isso ela possui efeito adstringente, aperiente, anti-helmíntica, antirreumática, antiespasmódica, inseticida e enérgica.

Como usar a fruta do conde

Dependendo do tipo de enfermidade que está querendo se combater, a fruta do conde pode ser usada como um todo, desde a raiz até o fruto.

A infusão das folhas trata anemia, colite, desnutrição, acalmar espasmos e câimbras e verminose. Quando se acrescenta as sementes a essa infusão, a bebida já adquire efeito vermicida e inseticida. As raízes proporcionam energia para o corpo.

A decocção da fruta verde, juntamente com as folhas e casca do tronco possuem efeito adstringente, sendo usada no tratamento de colite crônica, para fortificar o estômago e intestino. A fruta madura é usada contra a fraqueza, anemia e desnutrição. Por último, as sementes tem o poder de produzir vômitos e soltar o intestino, além de combater a diarreia.

Chá da folha da fruta do conde

Uma das formas mais fáceis de usar a fruta do conde em prol da saúde é a partir do preparo do chá. Para isso você vai precisar de 200 ml de água filtrada e um punhado de folhas da árvore da fruta do conde. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Logo em seguida, desligue o fogo e acrescente as folhas.

Deixe a mistura repousar por alguns minutos. Não esqueça de preservar o recipiente tampado, o que vai ajudar no processo de infusão. Depois, basta retirar todas as folhas e o chá está pronto para ser ingerido. A recomendação é que o consumo não ultrapasse as três xícaras diárias.