Escrito por em 15/12/2016 (atualização: 30/11/2016)

Existem mais de 10 mil espécies de cogumelos no mundo, sendo que destas apenas 700 são comestíveis. Deste número, podem ser classificadas de 50 a 200 as espécies que possuem propriedades medicinais, como é o caso do cogumelo do sol.

Este tipo de vegetal é rico em ferro, fósforo, niacina, fibra e proteína. Além disso, os cogumelos do sol trabalham para fortalecer a saúde do organismo humano, contribuindo com vitaminas do complexo de B, como a B1 e B2, e ainda conta com o cálcio.

Propriedades e efeitos positivos desta planta

Dentro das propriedades medicinais dos cogumelos do sol, há algumas funções que se destacam pela importância que desempenham na saúde humana, como por exemplo: promover o aumento da resistência à hipertensão arterial, ser um estimulante cardíaco e um estimulante do sistema imunológico.

cha-de-cogumelos-do-sol-para-o-imunologico

Foto: Reprodução/Wikipedia

Desta maneira, pode ser usado no tratamento de angina, doenças cardiovasculares e arteriosclerose. Também serve como complemento alimentar no caso de pessoas com alergias em geral, falta de apetite e com problemas no intestino. Bronquite, colesterol alto, doenças da pele, distúrbios no fígado, gastrite e hemorroida, são outros problemas que podem ser combatidos com o uso dos cogumelos.

Como fazer e usar o chá de cogumelos do sol?

A única forma de utilizar este produto de forma natural e sem envolver processos químicos é através do chá feito por intermédio da decocção da planta. Para isso, basta triturar 6 g de cogumelos do sol. Em seguida, mistura-se com um litro de água e deixa ferver por 20 minutos.

Após o tempo determinado, o fogo pode ser desligado e o chá pode ser coado e servido. A dica, entretanto, é tomar até 4 xícaras por dia. Se depois de ingerir a quantidade máxima ainda sobrar chá, basta colocá-lo na geladeira após esfriar e a substância pode ficar nesta situação até dois dias.

Contraindicações e recomendações gerais

Mesmo com produtos naturais as pessoas precisam ter cautela ao utilizá-los, tendo em vista que o excesso pode causar intoxicação no organismo, inclusive no caso dos cogumelos do sol. Neste caso específico, por exemplo, o consumo deve ser em pequenas doses e o médico deverá ser consultado antes de qualquer tratamento alternativo ou da automedicação.

Além destas precauções, o interessado deve saber que cogumelo do sol não deve ser ingerido por crianças menores de três anos, pacientes em terapia de imunossupressão, após o recebimento de transplantes de órgãos ou para indivíduos que possuam alguma enfermidade autoimune.