Escrito por em 30/06/2016 (atualização: 23/09/2018)

Planta de origem brasileira, a catuaba é repleta de propriedades medicinais eficientes para a manutenção do organismo humano. Desta maneira, é indicada no tratamento da ansiedade, pois estimula o sistema nervoso e diminui o nervosismo.

Também é diurética, tônica, expectorante e bactericida. Além de todos estes benefícios, a catuaba é conhecida pela ação afrodisíaca, principalmente com relação a atuação sexual dos homens, que pode ser estimulada com o uso do chá desta planta.

Bebida com catuaba melhora desempenho sexual masculino

As cascas de catuaba possuem propriedades medicinais diversas, mas uma delas se destaca, isto é, os efeitos contra a impotência sexual dos homens. Isso porque, a planta age de duas formas diferentes para estimular e relaxar o organismo masculino.

Em primeira instância, os princípios ativos deste remédio natural são capazes de provocar uma vasodilatação na região peniana. Desta forma, acaba agindo de maneira semelhante às propriedades de medicamentos com o intuito de combater a impotência, como é o caso da viagra.

Chá de catuaba auxilia a melhorar o desempenho sexual

Foto: depositphotos

Além disso, a catuaba também é indicada para amenizar a recepção de neurotransmissores. Consequentemente, atua como antidepressivo e estimulante físico. Relaxa o corpo e estimula as sensações.

Chá de catuaba

Com um litro de água filtrada e uma colher (de sopa) de cascas de catuaba, é possível fazer este chá. Basta levar os ingredientes para o fogo médio e aguardar o início da ebulição. Assim que começar a ferver, espere por 10 minutos e, em seguida, desligue o fogo.

Tampe a panela e aguarde por mais 10 minutos. Este processo de infusão é essencial para retirar ainda mais as propriedades benéficas das cascas desta planta.

Após o tempo determinado, coe o chá e retire uma xícara para consumir imediatamente. A sobra da bebida pode ser armazenada em uma garrafa de vidro dentro da geladeira e deve ser consumida em até cinco dias após a produção.

Já com relação a quantidade ingerida durante o dia, esta deve respeitar o máximo de duas xícaras diárias, que podem ser tomadas em qualquer horário do dia, mas de preferência pela manhã e à noite.