Escrito por em 21/07/2017 (atualização: 13/04/2018)

Misturar duas ou mais ervas na hora de elaborar um chá para tratar determinado problema de saúde pode ser bastante eficaz.

Porém, a pessoa tem de ter os conhecimentos necessários sobre as propriedades de cada uma das plantas, assim como as vantagens de tê-las em uma única dose. Mesmo se tratando de ingredientes naturais, é preciso de cuidados para que problemas futuros sejam evitados.

Pensando nisso, duas plantas em específico: a aroeira e o gengibre, são bastante usadas pelas pessoas de forma combinada. Porém, nem todo mundo conhece todos os benefícios e propriedades que elas podem oferecer nos tratamentos de saúde. Nos casos de dúvida, a saída mais aconselhável é que o médico seja consultado. Só ele possui conhecimento suficiente para certificar o uso seguro do chá.

Propriedades dos ingredientes

Antes de utilizar qualquer ingrediente em tratamentos relacionados a problemas de saúde, o mais aconselhável é conhecer um pouco mais sobre eles. A partir de agora, conheça mais sobre a aroeira e o gengibre:

Benefícios da aroeira

Chá de aroeira com gengibre

Foto: depositphotos

A aroeira é uma planta bastante utilizada devido as suas propriedades terapêuticas. Ela é bastante popular na região Nordeste do Brasil. As mulheres são usuárias frequentes, sobretudo após o parto e para realizar higienização íntima. Porém, sua utilização na medicina alternativa engloba muitos outros tratamentos, como febre, reumatismo, sífilis, azia, gastrite, cistite, uretrite e diarreia.

Fora essas doenças, a planta também trata problemas de blenorragia, tosse, bronquite, íngua, dor de dente, gota e ciática. Com o chá, os tratamentos englobam também o uso externo, sendo indicado para massagens, compressas e banhos bem quentes. Lembrando que as partes da planta que podem ser utilizadas são as folhas e a casca do troco da árvore.

Benefícios do gengibre

Chá de aroeira com gengibre

Foto: depositphotos

 

O gengibre é uma raiz de origem asiática. Ele é visto como um poderoso remédio natural que pode ser usado para muitas finalidades, por isso, ele integra diversas receitas caseiras. Entre os principais benefícios do gengibre, destaque para os problemas respiratórios, que podem ser combatidos a partir da ação antibactericida que podem ser tratados por ele, entre asma, bronquite e congestão do peito.

Além do mais, o gengibre também combate gripes e resfriados, tumores cancerígenos, alivia dores de cabeça, alivia náuseas e vômitos, alivia o desconforto causado por dores estomacais e diarreia, trata casos de depressão e ainda auxilia no trato de reumatismo, cólera e doenças nervosas. O gengibre também pode ser usado para combater problemas de inflamação na garganta.

Uso combinado da aroeira com o gengibre

Depois de conhecer um pouco sobre esses dois ingredientes, para usá-los de forma combinada, basta se basear nas propriedades que ambos apresentam. O chá possui ação termogênica, podendo ser usado em casos de eliminação do peso extra, já que a ação diurética também está associada aos dois ingredientes. Ele também, pode ser usado no combate a depressão, já que ajuda no bem-estar.

Nos casos de resfriado, tosse e problemas respiratórios em geral, a utilização do chá unindo os dois ingredientes também se mostra bastante eficaz. Para os pacientes que sofrem de reumatismo, a combinação da aroeira com o gengibre é uma boa forma de tratamento alternativo. No uso externo, o chá possui ação antibactericida, ajudando na higienização e cicatrização de ferimentos.

Chá de aroeira com gengibre

Para preparar o chá de aroeira com gengibre, basta separar 200 ml de água filtrada, uma pequena porção de aroeira e outra de gengibre. Descasque o gengibre e corte-o em pequenas rodelas. Coloque a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, acrescente o gengibre e a aroeira e deixe ferver por cinco minutos. Passado esse tempo, desligue o fogo e deixe descansar por mais cinco minutos.

Antes de ingerir, use uma peneira para remover todos os resquícios dos ingredientes usados. A dosagem recomendada é de até três xícaras por dia.

Veja também:

5 chás para curar gripes e resfriados