Escrito por em 19/09/2013 (atualização: 27/02/2019)

Você conhece os benefícios do chá das casca de romã? Essa bebida natural feita com as cascas da fruta é um antigo remédio caseiro para diversos problemas de saúde.

Aqui você vai descobrir todos os benefícios comprovados pela ciências nos últimos anos. Você vai se espantar com a quantidade de benefícios!

Registros históricos indicam que a romã é uma fruta de origem incerta. Alguns historiadores dizem que é uma fruta originária da Grécia, outros já dizem que é uma fruta de origem síria. Saber a origem da fruta pode ser um mistério, mas o que não é segredo nenhum é que é uma das frutas mais benéficas que existem.

Ela possui a casca dura e as sementes bastante avermelhadas e bem divididas deixando-as com o aspecto de minúsculas cápsulas. É exatamente nelas que estão a maioria de suas propriedades, vitaminas, fibras e sais minerais.

Mas o que poucos sabem é que as cascas da romã também são ricas em nutrientes e propriedades medicinais, tanto quanto a própria fruta.

Xícara com chá de romã

Esse chá é um dos mais lembrados quando o assunto é a saúde da garganta (Foto: depositphotos)

Com as cascas da fruta é possível produzir o famoso chá de romã, uma bebida conhecida pelos seus benefícios para a saúde. Sendo assim, confira abaixo todos os benefícios deste chá que surpreende até mesmo os cientistas!

Benefícios do chá das cascas de romã

O chá de romã é famoso por fazer bem a garganta, mas ele vai muito além disso. Dessa forma, separamos uma lista com os principais benefícios comprovados pela ciência até o momento. Veja os benefícios do chá de romã:

  • É antioxidante
  • É anti-inflamatório
  • Combate a pressão alta
  • Alivia a artrite reumatoide
  • Melhora o metabolismo e circulação sanguínea
  • Protege o coração
  • Elimina micróbios
  • Previne e combate cáries
  • Ajudam na recuperação muscular
  • Melhora a saúde dos testículos
  • Auxilia no funcionamento dos rins

Bastantes benefícios, não é? Vale ressaltar que estes que foram listados são os benefícios comprovados pela ciência até o momento. Claro que existem outras vantagens saudáveis, mas estas ainda estão sendo estudadas ou passando por testes.

Para que serve: Veja mais sobre as propriedades

Agora você verá um pouco mais sobre cada um dos benefícios listados anteriormente. É aqui também onde você vai confirmar que todos esses benefícios são verdadeiros. As informações são baseadas em fontes científicas e pesquisas oficiais. Confira nossas referências científicas no fim do artigo!

É antioxidante

Antes de mais nada, é importante começar falando sobre um dos principais benefícios da romã: sua ação antioxidante (1, 2). Estudos comprovam que o romã possui substâncias antioxidantes que ajuda a inibir os radicais livres e previnem várias doenças, como o câncer.

Os radicais livres são substâncias que prejudicam o ciclo de vida e regeneração das células do corpo. Elas entram no nosso organismo através da alimentação e são responsáveis por aumentar o risco de várias doenças. Por exemplo, câncer, Mal de Parkinson, Alzheimer, doenças degenerativas, envelhecimento precoce e diabetes.

Alguns estudo relacionam o consumo da romã a prevenção do câncer de próstata (1, 3). Do mesmo modo, uma pesquisa comprovou que esta fruta é capaz de combater e inibir tumores (3). Sendo assim, uma grande auxiliar no tratamento de tumores e câncer.

Além disso, um estudo mostrou que a romã possui substâncias anti-metastáticas na sua composição (4). Ou seja, impedem com que o câncer se espalhe no organismo. Sendo assim, é ótimo para reforçar o tratamento quimioterápico e radioterápico.

O chá com as cascas da romã possui uma gama de nutrientes e substâncias medicinais fortíssima. Quase tanto quanto a fruta em si. Sendo assim, use esta bebida para prevenir e combater o câncer.

É anti-inflamatório

Outro benefício famoso da romã e as suas cascas é a ação anti-inflamatória (1, 5). Vários estudos científicos já confirmaram este efeito e, além disso, mostraram que é mais eficaz do que muitos remédios.

Você já deve ter ouvido falar que chá de romã é bom para aliviar dor de garganta. Pois é, antes mesmo da medicina comprovar isso, as pessoas já conhecem o chá de romã como um grande anti-inflamatório para a garganta. E isso é a mais pura verdade!

A romã é rica em polifenóis e substâncias capazes de combater as inflamações do organismo humano. Dessa forma, o chá desta fruta (feito com as cascas) é um grande auxiliar em tratamentos de inflamações.

Além disso, o chá das cascas de romã podem mandar embora as famosas dores na lombar, costas, ombros e articulações. Isto é, essas dores são causadas geralmente por pequenas inflamações no corpo.

Combate a pressão alta

Algumas pesquisas também indicaram que a romã possui propriedades anti-hipertensivas (6, 7). Ou seja, substâncias capazes de combater a hipertensão/pressão alta.

Dessa forma, é possível utilizar o chá de cascas de romã como um grande auxiliar no controle da pressão arterial. Para isso, ele precisa ser tomado aos pouquinhos durante o dia, principalmente antes das principais refeições.

Contudo, é muito importante consultar um médico antes de usar o chá de romã com este propósito. A bebida pode potencializar o efeito dos remédios e acabar baixando muito a pressão, o que também traz problemas para a saúde.

Alivia a artrite reumatoide

Pesquisas a respeito da composição nutricional da romã apontaram benefícios no tratamento da artrite reumatoide (5). Esta doença crônica que provoca dores nas articulações ainda não tem cura, mas seus sintomas podem ser controlados com o consumo da romã ou do chá desta fruta.

Quem sofre com esta doença sabe que as dores são muito incômodas e, muitas vezes, podem até comprometer os movimentos e a qualidade de vida em geral. Por isso, experimente consumir este chá e perceba os benefícios naturais.

Melhora o metabolismo e circulação sanguínea

Outra grande vantagem do consumo das propriedades da romã são os componentes que melhoram o metabolismo e circulação sanguínea (5). Além de prevenir doenças, estes benefícios ainda podem ajudar na sua beleza.

A princípio, obter a melhor do metabolismo ajuda o corpo a funcionar melhor de uma forma geral. Além disso, é ótimo para perder peso e garantir o bom funcionamento de vários órgãos.

Por outro lado, a vantagem de melhorar a circulação sanguínea ajuda a levar nutrientes importantes para os órgãos e ajuda a manter o coração protegido e saudável. Problemas circulatórios costumam gerar doenças sérias, como trombose e danos no coração.

Protege o coração

Este benefício é uma extensão dos 2 benefícios anteriores. Como já foi citado, as propriedades da romã ajudam a combater a pressão alta e melhorar a circulação, o que ajuda o coração. Mas, além disso, estudos mostram que a romã é super benéfica para a saúde cardíaca no geral (5).

Por exemplo, o chá de romã ajuda a nutrir o coração e diminuir consideravelmente os riscos de problemas como ataques cardíacos e entupimento de veias e artérias. Contudo, isso também depende muito da alimentação do paciente.

Elimina micróbios

Você sabia que as cascas da romã são potentes produtos naturais antimicróbicos? Pois é, este é um benefício proveniente das cascas da fruta, muito mais do que da fruta em si (8). Um estudo comprovou que nas cascas da fruta há um componente chamado punicalagina, que elimina micróbios do nosso organismo.

Antes de mais nada, manter o organismo limpo de micróbios, bactérias, vírus e fungos é essencial para uma boa saúde. Por isso é sempre bom estar com o sistema imunológico fortalecido. Mas, você pode ajudá-lo consumindo o chá das cascas de romã.

Fazendo isso, você estará eliminando ou enfraquecendo os micróbios, o que vai deixar tudo mais fácil para o seu sistema imunológico.

Previne e combate cáries

Outro estudo comprovou que consumir as cascas da romã ajuda a prevenir as cáries dentárias (9). Ou seja, as substâncias presentes nas cascas da fruta eliminam as bactérias que são as principais causadoras das cáries.

Sendo um problema comum em adultos e crianças, as cáries podem causar vários danos à saúde. Elas precisam ser tratadas por um médico especialista e devem ser levadas a sério. Lembre-se, uma cárie pode se espalhar e comprometer a saúde de toda a sua dentição.

Mas, o chá das cascas de romã podem afastar esse tipo de problema. Além disso, caso a cárie já exista, o chá é benéfico mesmo assim. A bebida vai diminuir o avanço da cárie ao eliminar as bactérias que estão provocando o problema.

Mesmo assim, lembre-se de procurar um(a) dentista e ouça suas indicações para resolver o problema e evitá-lo de uma vez por todas.

Ajudam na recuperação muscular

Esse benefícios é para os(as) marombeiros(as) de plantão! Um estudo comprovou que as propriedades da romã ajudam a acelerar a recuperação muscular (10). Essa fruta também é recomendada para melhorar a rotina de treino de musculação e levantamento de peso.

Todos que praticam musculação devem saber que a recuperação do músculo é muito importante para a definição dos mesmos. Quando forçamos o músculo, o estimulamos para o crescimento, mas é preciso aguardar a volta da circulação sanguínea correta através da recuperação muscular.

Sendo assim, use o chá de casca de romã ao seu favor no treinamento para obter o corpo dos seus sonhos! A ciência comprovou que via te ajudar bastante!

Melhora a saúde dos testículos

Outra descoberta saudável a respeito da romã é que esta fruta ajuda a proteger os testículos e a mantê-los saudáveis (11). Quem possui testículos sabe que é importante cuidar dos mesmos e prevenir doenças.

A saúde reprodutiva masculina é muito importante para a saúde da pessoa no geral, uma vez que envolve produção de hormônios e fatores metabólicos importantes para todo o organismo.

Por exemplo, são os testículos os responsáveis pela produção da testosterona, o principal hormônio masculino. Este hormônio envolve todo o corpo, deste o tom grave da voz, crescimento dos pelos, até mesmo o enrijecimento do pênis (ereção).

Mas é bom avisar que não se trata de uma fruta afrodisíaca. Sendo assim, ela apenas protege os testículos de problemas e ajuda a mantê-los saudáveis e funcionando bem. Vale ressaltar que o esperma também é produzido nos testículos.

Auxilia no funcionamento dos rins

Por fim, mas não menos importante, a romã possui componentes que ajudam a manter os rins funcionando bem (11). Assim como acontece com os testículos, as propriedades da romã são preventivas e benéficas para o rins.

Elas fazem com que os rins trabalhem mais e melhor, o que evita o acúmulo de substâncias nocivas, que podem provocar doenças e problemas.

Alguns estudos recentes também estudam a influência da romã na produção da urina saudável, o que também é um grande benefício para o corpo.

Jarra com chá de casca de romã

A indicação é de tomar esse chá morno, muito quente pode prejudicar a garganta (Foto: depositphotos)

Como fazer chá de romã?

A receita do chá de romã é bem simples. Nesse caso, você deve usar as cascas da fruta. As outras partes podem ser aproveitadas na alimentação. Veja como preparar o melhor chá de romã:

  1. Retire a casca de ½ romã e lave-as com água corrente.
  2. Em seguida, leve a uma panela com 1 xícara de água fervente.
  3. Após colocar as cascas na água, desligue o fogo e deixe tampado por 10 min.
  4. Por fim, retire as cascas com um talher ou coe. Beba sem adoçar.

 

O indicado é consumir este chá morno. O chá muito quente pode prejudicar a garganta ao invés de ajudar. Já o chá frio, além de ficar com sabor amargo, perde algum dos seus nutrientes digestivos.

Além disso, o chá também pode ser usado para gargarejos, em caso dos benefícios para a garganta. Dessa maneira, recomenda-se realizar gargarejos pelo menos três vezes ao dia.

Você também pode bater as sementes e polpa que sobram em liquidificador com 1 xícara de água, coar e beber a mistura em seguida. Assim você não precisa jogar a polpa e sementes fora e ainda consegue mais nutrientes desta fruta.

Referências científicas

Por fim, veja abaixo as referências científicas usadas na produção deste artigo. O Chá Benefícios é um site comprometido com informações verdadeiras, conteúdo relevante e, claro, com a sua saúde. Sendo assim, fique sempre bem informado(a) em nosso site!

  1. PALLER, C. J.; PANTUCK, A.; CARDUCCI, M. A.. A review of pomegranate in prostate cancer. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28440320>. Acesso em 14/01/2019.
  2. WU, S.; TIAN, L.. Diverse Phytochemicals and Bioactivities in the Ancient Fruit and Modern Functional Food Pomegranate (Punica granatum). 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28946708>. Acesso em 14/01/2019.
  3. SHARMA, P.; McCLEES, S. F.; AFAQ, F.. Pomegranate for Prevention and Treatment of Cancer: An Update. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28125044> . Acesso em 14/01/2019.
  4. TURRINI, E.; FERRUZZI, L.; FIMOGNARI, C.. Potential Effects of Pomegranate Polyphenols in Cancer Prevention and Therapy. 2015. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26180600>. Acesso em 14/01/2019.
  5. DANESI, F.; FERGUSON, L. R.. Could Pomegranate Juice Help in the Control of Inflammatory Diseases?. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28867799>. Acesso em 14/01/2019.
  6. ASGARY, S.; KESHVARI, M.; SAHEBKAR, A.; SARRAFZADEGAN, N.. Pomegranate Consumption and Blood Pressure: A Review. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27748197>. Acesso em 14/01/2019.
  7. SAHEBKAR, A.; et. al.. Effects of pomegranate juice on blood pressure: A systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27888156>. Acesso em 14/01/2019.
  8. ROSAS-BURGOS, E. C.; et. al.. Antimicrobial activity of pomegranate peel extracts as affected by cultivar. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27173758>. Acesso em 14/01/2019.
  9. FERRAZZANO, G. F.; et. al.. In Vitro Antibacterial Activity of Pomegranate Juice and Peel Extracts on Cariogenic Bacteria. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29209624>. Acesso em 14/01/2019.
  10. AMMAR, A.; et. al.. Pomegranate Supplementation Accelerates Recovery of Muscle Damage and Soreness and Inflammatory Markers after a Weightlifting Training Session. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27764091>. Acesso em 14/01/2019.
  11. AKSU, D.S.; SAGLAM, Y. S.; YILDIRIM, S.; AKSU, T.. Effect of pomegranate (Punica granatum L.) juice on kidney, liver, heart and testis histopathological changes, and the tissues lipid peroxidation and antioxidant status in lead acetate-treated rats. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29096741>. Acesso em 14/01/2019.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.