Escrito por em 15/02/2018

Com flores pequenas e brancas, a imperatória chama atenção no meio das demais plantas. Quando colhida, apresenta efeitos benéficos à saúde do ser humano que são constatados por pesquisas científicas com base nas propriedades que compõem a planta.

A parte que contém os componentes químicos da erva são as suas raízes e rizomas.

Nativa da Europa, imperatória era utilizada pela população mesmo sem ter suas atribuições medicinais reconhecidas. Contudo, com o desenvolvimento da ciência, foi possível saber que a maior qualidade da planta é a sua atuação no combate a problemas digestivos.

Propriedades e benefícios da imperatória

O chá da planta imperatória deve ser consumido, no máximo, três vezes ao dia

O nome científico da imperatória é peucedanum ostruthium (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

  • Carminativa;
  • Digestiva;
  • Diurética;
  • Estimulante;
  • Estomacal;
  • Expectorante;
  • Tônica.

Por ser carminativa, a planta consegue tratar problemas relacionados aos gases, assim se torna um medicamento natural que auxilia no funcionamento do intestino e estômago.

Ainda com relação ao sistema digestivo, a planta estimula a salivação, as glândulas desse complexo e as intestinais. Além disso, pode ser utilizada para eliminar inchaços, catarro e vesícula. Outro grande efeito benéfico dessa planta é a cura à dor de dente.

Veja também: Chá de camomila rauliveira para indigestão

Preparando chá da imperatória

A imperatória pode ser encontrada em lojas físicas de produtos naturais e, principalmente, online. Além disso, farmácias de manipulação também podem trabalhar com esta planta, basta o consumidor fazer a encomenda.

Ingredientes

  • Uma colher (de chá) dos rizomas da imperatória;
  • Uma xícara de água filtrada.

Modo de preparo

O primeiro passo é colocar a água para ferver e só depois desse processo de ebulição adicionar os rizomas.

É preciso deixar o recipiente tampado, para que ocorra a infusão do chá. O tempo ideal para esse procedimento é variável, mas costuma-se deixar por aproximadamente 10 minutos. Com a peneira, o líquido deve ser coado e sem adição de açúcar consumido por até três vezes durante o dia.

Veja também: Livre-se da indigestão com o chá de ambrosia

Contraindicações e efeitos colaterais

Mesmo sendo um remédio proveniente da natureza, o chá de imperatória não é indicado para gestantes, mulheres em período de lactação e crianças menores de 12 anos.

Apesar de não ter comprovações científicas elaboradas capazes de mostrar os malefícios proporcionados pela erva nestes casos, é aconselhável a não ingestão.

A planta só possui um efeito colateral e ele está relacionado não ao chá, mas sim ao óleo presente nas raízes da planta. Em contato com a pele, essa substância causa alergia e, por essa razão, deve-se tomar muito cuidado ao manusear a imperatória, uma vez que o chá é feito dos rizomas da planta.