Escrito por em 13/01/2017 (atualização: 13/04/2018)

De todas as bebidas do mundo, o chá é a terceira mais consumida, ficando atrás somente da água e do café, respectivamente.

A fama deste líquido não é a toa, tendo em vista que a cada dia as pessoas estão mais interessadas em tratamentos alternativos do que por remédios vendidos nas farmácias. Por esta razão, os chás são hoje uma opção segura e natural para eliminar e prevenir doenças que afetam à saúde humana.

E com toda esta demanda, a ciência vem estudando cada vez mais as plantas para comprovar suas propriedades. Entre tantas espécies, podemos citar a hortelã gorda, uma erva muito utilizada para tratar problemas respiratórios.

Chá da hortelã gorda é capaz de tratar problemas respiratórios

Foto: depositphotos

Propriedades medicinais desta erva

  • Antibacteriana;
  • Antifebril;
  • Anti-inflamatória;
  • Antimicrobiana;
  • Antisséptica;
  • Antitussígena;
  • Balsâmica;
  • Béquica;
  • Diaforética.

Benefícios oferecidos pela hortelã gorda

Diante das propriedades citadas é possível dizer que esta espécie de hortelã é benéfica no tratamento de doenças que afetam o funcionamento do sistema respiratório como a asma, gripe, bronquite e coriza.

Além disso, pode ser usada como um remédio alternativo para dores de cabeça e de ouvido. Trata epistaxe, hipertermia, hemoptise, pirexia e até mesmo inflamações que acometem o colo do útero.

Como utilizar esta planta?

Para poder usufruir de todas as propriedades e benefícios da hortelã gorda, você precisa utilizá-la em forma de chá. Porém, não se trata da ingestão do chá, mas sim a inalação do mesmo. Sendo assim, prepare uma decocção com 100 g das folhas frescas desta planta e meio litro de água.

Após amassar a erva, adicione na água e leve-as para o fogo. Aguarde ferver por 10 minutos. Depois do tempo determinado, pegue a panela com cuidado para não se queimar e deixe-a sobre um lugar plano.

Espere três minutos e então posicione o rosto sobre a panela, ao ponto de conseguir inalar o vapor do chá. Continue o tratamento até sentir uma leve melhora ou até quando achar necessário. Repita o procedimento sempre que necessário.

Veja também:

5 chás para gripes e resfriados