Escrito por em 27/03/2019 (atualização: 04/06/2019)

Pouca gente sabe, mas o chá de cúrcuma emagrece e traz vários benefícios para a saúde. Neste artigo, vamos te mostrar todas as informações que comprovam estas vantagens saudáveis, tudo baseado em conteúdos científicos que garante sua veracidade. Aprenda como fazer, como tomar corretamente e quais são os benefícios medicinais.

O nome científico e oficial da cúrcuma é Curcuma longa. Trata-se de uma planta herbácea da mesma família que o gengibre. Também é conhecida no Brasil pelos nomes de açafrão da terra, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo.

Normalmente, é usada como tempero na culinária, mas a medicina já comprovou diversos benefícios para a saúde através de estudos e pesquisas.

Com esta planta é possível produzir um chá natural que é fonte de algumas vantagens saudáveis, como a prevenção e combate a vários tipos de doenças, por exemplo. Ficou interessado(a)? Veja abaixo os milagrosos benefícios do chá de cúrcuma que já foram comprovados pela ciência!

Chá de cúrcuma emagrece?

O chá de cúrcuma é um auxiliar do emagrecimento saudável, contudo deve ser usado da forma correta para apresentar os efeitos emagrecedores. Isto é, não adianta tomar o chá e ter uma alimentação hipercalórica, pois não vai funcionar. A prática de exercícios também é essencial.

Chá de cúrcuma com eml

Mel e limão dão toques especiais nessa bebida (Foto: depositphotos)

Assim como acontece com o gengibre, a cúrcuma é uma alimento termogênico (1), pois ajuda a aumentar a temperatura do corpo. Isso de deve graças a algumas substâncias que estimulam o metabolismo.

Sendo assim, consumir o chá feito com essa especiaria ajuda o corpo a gastar mais energia no dia a dia, queimando a gordura acumulada dessa forma. Isso ajuda a emagrecer e a perder medidas. Além disso, estudos comprovaram que é um alimento capaz de combater a obesidade (2).

Mas, como dissemos anteriormente, de nada vai adiantar consumir o chá de cúrcuma e continuar a se alimentar mal e viver uma vida sedentária. O chá não é milagroso, mas um potente auxiliar das práticas emagrecedoras. Por isso, siga uma dieta pouco calórica e pratique exercícios regularmente.

Outros alimentos conhecidos que possuem ação termogênica parecida com a da cúrcuma são a mostarda, canela e gengibre. Inclua estes alimentos na alimentação diária para obter suas vantagens emagrecedoras.

Outros benefícios

Além de ajudar no emagrecimento, o chá de cúrcuma possui vários outros benefícios medicinais.

Isso se deve, basicamente, a presença de uma substância polifenólica lipofílica de cor laranja-amarelada chamada curcumina, que é adquirida a partir dos rizomas da planta. A curcumina é uma substância com altos poderes medicinais.

Além disso, trata-se uma especiaria rica em compostos ativos que ajudam o corpo a funcionar melhor e previnem problemas de saúde. Veja a lista com os principais benefícios do chá de cúrcuma:

  • É anti-inflamatório
  • Combate doenças de pele
  • Reduz o colesterol
  • É antioxidante
  • Melhora a circulação
  • Ajuda na recuperação muscular
  • Previne a diabetes.

São muitos benefícios que dariam uma lista ainda maior. Vale lembrar que estes que foram listados são os benefícios comprovados pela ciência até o momento.

Podem existir outros benefícios e vantagens, mas escolhemos os principais e mais embasados por fontes científicas que comprovam a sua veracidade. Abaixo, você aprenderá mais sobre cada um.

Em cada tópico, você encontrará o número entre parênteses que se refere ao estudo ou pesquisa científica que comprova sua veracidade. Confira nossas referências científicas no fim do artigo!

É anti-inflamatório

Antes de mais nada, é importante ressaltar que o chá de cúrcuma possui uma potente ação anti-inflamatória (3, 4, 5). Isso é resultado da presença da substância chamada curcumina. Esta propriedade medicinal só é encontrada em algumas plantas da família da cúrcuma e do gengibre, e é excelente para combater pequenas inflamações.

Com isso, o chá de cúrcuma possibilita tratar naturalmente pequenas inflamações que causam dor nas costas, na lombar, nos ombros e nas articulações. É também uma bebida muito indicada para aliviar as dores de artrite (6) e de resquícios de doenças como a chikungunya.

Combate doenças de pele

Outra vantagem medicinal do chá de cúrcuma é o efeito protetor da pele (3, 4). Estudos confirmam que, há muitos anos, a curcumina é usada em tratamentos dermatológicos, inclusive sendo usada no tratamento de doenças graves como a psoríase, acne e crises de coceira.

O estudo ainda comprovou que a curcumina age na cicatrização de feridas cutâneas, mostrando mais uma vantagem dermatológica do uso da cúrcuma. Além disso, não há contraindicações relacionadas ao seu uso externo na pele.

Sendo assim, esse chá traz benefícios dermatológicos através do seu consumo ou pela aplicação sobre a pele. Se duvida, comece a usá-lo e confira, por conta própria, os benefícios dessa bebida natural.

Reduz o colesterol

O chá de cúrcuma também é recomendado para reduzir o colesterol (4). De acordo com um estudo polonês, a cúrcuma possui substâncias antioxidantes capazes de diminuir o LDL (colesterol ruim) do organismo do paciente que o consome.

Este chá pode e deve, portanto, ser usado como um auxiliar no tratamento para controle do nível de colesterol no organismo. Contudo, vale deixar claro que sem uma alimentação adequada, o chá não consegue surtir efeito.

É antioxidante

E já que estamos falando sobre antioxidação, a cúrcuma possui ativos antioxidantes que ajudam na prevenção de várias doenças graves (3, 4). Eles ajudam a inibir a ação dos radicais livres, substâncias nocivas que afetam o ciclo de vida saudável das células.

Os radicais livres prejudicam a saúde das células, aumentando o risco de doenças como o câncer, Mal de Alzheimer, Parkinson, doenças degenerativas em geral, diabetes, hipertensão e envelhecimento precoce. Dessa forma, consumir o chá de cúrcuma ajuda a prevenir essas e outras doenças.

Inclusive, a curcumina, substância citada anteriormente, é conhecida como uma propriedade anticancerígena potente (3). Ela pode ser usada na prevenção do câncer e como auxiliar dos principais tratamentos, como a quimioterapia e radioterapia, por exemplo.

Melhora a circulação

A cúrcuma é um alimento que possui propriedades medicinais que ajudam na saúde cardiovascular através da melhora da circulação (3, 4). O seu consumo está relacionado a diminuição de problemas cardíacos relacionados a coágulos e entupimentos de veias e artérias.

De modo simples, podemos dizer que a cúrcuma possui substâncias vasodilatadoras que aumentam o tamanho das veias e ajudam na passagem do sangue. Além disso, ela higieniza o percurso feito pelo sangue, limpando substâncias que podem provocar entupimentos, por exemplo.

Ajuda na recuperação muscular

Outro benefício comprovado da cúrcuma é que ela ajuda na recuperação muscular (5), sendo assim um alimento auxiliar da prática de exercícios, principalmente a musculação. O estudo mostrou que algumas propriedades da cúrcuma agem beneficiando os músculos que foram estimulados por exercícios.

Além de diminuir a dor da recuperação, a cúrcuma ajuda em todo o processo, para que o músculo estimulado cresça de forma saudável. Desse modo, o chá de cúrcuma é um grande aliado de quem gosta de frequentar a academia.

Previne a diabetes

Ainda falando sobre os benefícios derivados da ação antioxidante, o chá de cúrcuma ajuda na prevenção da diabetes (3). Os componentes que promovem a melhora das células também beneficiam o sangue, ajudando na regulação dos níveis de glicose.

Além disso, esse efeito tem total relação com algumas funções metabólicas, que também são essenciais para evitar doenças como diabetes e a hipertensão.

Cúrcuma em pó

Além de auxiliar no emagrecimento, cúrcuma pode prevenir e tratar diversas doenças (Foto: depositphotos)

Como fazer o chá? Aprenda a receita

A receita do chá de cúrcuma é bem fácil. Você vai precisar apenas de água, a cúrcuma (em pó) e, se preferir, limão. Siga as instruções abaixo para fazer o melhor chá natural de cúrcuma e obter os diversos benefícios para a saúde:

  1. Em uma panela, ferva 1 litro de água
  2. Quando atingir a fervura, desligue e adicione 1 colher (de chá) de cúrcuma e misture bem
  3. Em seguida, deixe tampado por cerca de 10 minutos. Tudo com o fogo desligado
  4. Por fim, coe e adicione algumas gotas de limão.

O ideal é não adoçar este chá, nem mesmo com adoçante natural, pois isso pode retirar alguns dos benefícios. Mas, se você não conseguir tomar o chá dessa forma, adoce com 1 colher de mel de abelha. Entre os adoçantes, é a opção mais saudável.

Outro detalhe importante: Não é porque você fez 1 litro de chá que você deve tomar tudo de uma só vez. Inclusive, isso pode acabar fazendo você passar mal. Veja como tomar o chá corretamente no tópico abaixo.

Como e quando tomar corretamente

O indicado é que você tome 1 xícara (de chá) de cúrcuma por dia, de preferência morno. Isto porque o máximo de cúrcuma que o corpo pode metabolizar é 5 g por dia.

O horário mais indicado é depois do café da manhã ou após o almoço. Não tome esse chá em jejum, pois ele estimula o estômago e isso pode aumentar muito o seu apetite durante o dia.

Cuidados e contraindicações

Por fim, vamos falar um pouco sobre alguns cuidados e contraindicações a respeito do consumo do chá de cúrcuma. Antes de mais nada, saiba que algumas pessoas são alérgicas a cúrcuma e devem evitar ao máximo o seu consumo. Por isso, em caso de reação alérgica, procure imediatamente um pronto-socorro.

Por outro lado, a cúrcuma pode interferir no efeito de medicamentos de diabetes e pressão alta. Sendo assim, pergunte ao seu médico se você pode consumir este chá antes de começar a usá-lo.

O consumo exagerado (mais de uma xícara por dia) pode trazer alguma sintomas como náuseas, diarreia, dores no estômago e mal-estar. Além disso, consumir muito chá de cúrcuma faz com que o corpo absorva menos ferro, o que pode causar anemia. Use com moderação.

Do mesmo modo, este chá não é indicado para mulheres grávidas, lactantes e crianças com menos de 12 anos de idade. Nestes grupos, a bebida pode acabar dificultando a absorção de nutrientes e causar efeitos colaterais.

Referências científicas

  1. KIM, J. H. et al. “Anti-obesity effect of extract from fermented Curcuma longa L. through regulation of adipogenesis and lipolysis pathway in high-fat diet-induced obese rats“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26822962. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.
  2. KUNNUMAKKARA, A. B. et al. “Curcumin, the golden nutraceutical: multitargeting for multiple chronic diseases“. 2017. Disponíevel em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27638428. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.
  3. KOCAADAM, B.; SANLIER, N. “Curcumin, an active component of turmeric (Curcuma longa), and its effects on health“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26528921. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.
  4. ZDROJEWICZ, Z. et. al. “Turmeric – not only spice“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28662006. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.
  5. McFARLIN, B. K. et. al. “Reduced inflammatory and muscle damage biomarkers following oral supplementation with bioavailable curcumin“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27051592. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.
  6. DAILY, J. W. et al. “Efficacy of Turmeric Extracts and Curcumin for Alleviating the Symptoms of Joint Arthritis: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Clinical Trials“. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27533649. Acesso em 18 de fevereiro de 2019.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.