Escrito por em 21/03/2019 (atualização: 04/06/2019)

“Será que o chá branco emagrece?”. Essa parece ser uma dúvida bastante comum entre as pessoas que desejam perder uns quilinhos, mas não querem recorrer aos medicamentos e sim aos procedimentos naturais.

A verdade é que o chá branco é ainda tímido no dia a dia do brasileiro. Apesar de ser parente do famoso chá verde, pois ambos são elaborados a partir da planta Camellia sinensis, sua popularidade só está começando a crescer agora.

E mesmo com pouco conhecimento sobre essa infusão, as pessoas estão buscando-a devido às promessas de benefícios. Emagrecedora, antioxidante e protetora do coração são algumas das propriedades atribuídas ao chá branco.

Mas, será que todos esses efeitos são reais? Será que o chá branco consegue promover o emagrecimento e ainda proporcionar outros cuidados ao organismo? Essas e outras dúvidas você tira agora nesse artigo do Chá Benefícios.

É verdade que chá branco emagrece?

Em primeiro lugar, o chá branco é tido como uma infusão antiobesidade. (1) Isso se deve, principalmente, por seu poder termogênico. Com essa propriedade, a infusão consegue regular o peso corporal. (2)

Chá branco na xícara

Esse chá é considerado termogênico, diurético e antiobesidade (Foto: depositphotos)

Por ser um termogênico, o chá branco acelera o metabolismo do corpo. Assim, o paciente pode queimar calorias mais rápido e com maior eficácia. Além disso, o extrato de chá branco estimula a degradação das gorduras e impede a formação de novas células adiposas. (3)

Além de neutralizar, ele também é utilizado para perder peso, assim como os demais chás feitos da Camellia. “[…] podem aumentar o gasto energético (4-5%), oxidação de gordura (10-16%) e foram propostos para neutralizar a diminuição da taxa metabólica que está presente durante a perda de peso.” (2)

Outro grande benefício encontrado no chá branco é o seu poder diurético. Por essa razão, ele é capaz de eliminar a retenção de líquidos, que por sua vez é o que promove a sensação de inchaço no corpo, principalmente no abdômen.

Quais os benefícios do chá branco?

Mas o poder emagrecedor atribuído ao chá branco não é o único benefício dessa bebida. Isso porque, ela ainda tem o efeito antioxidante, protegendo as células do corpo contra a ação dos radicais livres. (1)

Para quem não sabe, radicais livres são moléculas instáveis que promovem a oxidação das células do corpo. Consequentemente, as células podem envelhecer mais rápido e ficam propensas ao desenvolvimento de doenças oxidativas. (4)

Por tudo isso, estudos apontam que o chá branco pode atuar no combate às doenças cardiovasculares, diabetes mellitus, inflamação crônica, distúrbios neurodegenerativos e certos tipos de câncer. (4)

Inclusive, as células do câncer de cólon podem ter suas proliferações inibidas através do consumo de chá branco. Além de que, essa bebida também protege o DNA das células normais contra o dano oxidativo. (5)

Outro importante efeito positivo desse chá tem relação com a diabetes. Apesar dos estudos ainda estarem em fases iniciais, já foi possível comprovar os benefícios do tipo branco para diabetes em ratos. Segundo o estudo, o chá é eficaz na redução na maioria das anormalidades associadas à essa patologia. (6)

Por fim, é interessante destacar ainda a presença de polifenóis na composição do chá branco. (7) Por essa razão, é um excelente remédio natural para atuar na prevenção de doenças cardíacas. (8)

Receita

Existem duas formas de preparar o chá branco, são elas: com água quente ou água fria. No primeiro caso, você deve esquentar 300 ml de água filtrada, mas não é necessário esperar que o líquido entre em ebulição.

Em seguida, deve-se adicionar 3 gramas das folhas secas do chá branco. Por último, tampe e aguarde por até 5 minutos no máximo. Após o tempo determinado, é só coar e aproveitar os benefícios dessa bebida.

Mas para quem não gosta do chá quente ou morno, a dica é usar água gelada e chá branco em pó. Basta encher um copo com o líquido e finalizar com uma colher (de sopa) do remédio natural. Depois de mexer bem, o chá vai estar pronto para ser consumido.

Apesar de ambas as receitas serem benéficas ao corpo, estudos mostram que uma consegue ser mais potente que outra. Por exemplo, a atividade antioxidante da bebida é maior no preparo frio do que nas infusões quentes. (9)

Como se deve tomar o chá branco?

O chá branco deve ser consumido em até duas vezes por dia, principalmente após ou antes das refeições. No entanto, é importante destacar que essa infusão possui cafeína, o que pode alterar a qualidade de sono dos consumidores.

Por ser um estimulante, não é recomendado tomar durante a noite. Assim você evita problemas como a insônia.

Com lichia

Apesar de ter um gosto suave, o chá branco pode não ser apreciado pelos paladares mais exigentes. Nesses casos, é recomendado misturar esse remédio caseiro com uma frutinha exótica, a lichia.

Primeiro faz o suco com essa fruta e depois acrescenta uma colher (de sopa) do chá branco em pó para cada copo. Depois de mexer, é só ingerir e aproveitar os benefícios.

Com gengibre

A mistura do chá branco com gengibre resulta em uma melhor perda de peso. Isso porque, assim como o chá, a especiaria também tem propriedades termogênicas capazes de acelerar o metabolismo.

Para fazer essa combinação, é preciso seguir com a receita do chá branco citada no início desse tópico. Depois adicionar três rodelas de gengibre por xícara, tampar e esperar por até 5 minutos. Por último, coa-se o chá e bebe sem adicionar açúcar.

Com hibisco

Assim como no caso anterior, a combinação de chá branco com hibisco também promove a perda dos quilinhos extras. Para fazer a infusão, basta adicionar 3 gramas de cada erva em água quente. Depois de passar 5 minutos tampado, o chá está pronto e deve ser coado antes de ingerido.

Chá branco X Chá verde

Se você é adepto (a) ao consumo de chás, deve estar se perguntando qual a melhor infusão: chá branco ou chá verde? A verdade é que ambos são oriundos de uma mesma planta, a Camellia sinesis.

Mas mesmo assim, existem diferentes entre os produtos naturais, pois eles são elaborados de diferentes formas. Por exemplo, o chá branco é feito a partir das folhas jovens da planta e não passam pelo processo de oxidação.

Diferentemente do tipo verde, que passa rapidamente pela oxidação. Por essa razão, o chá verde possui mais cafeína e tem um gosto mais amargo que o anterior.

Também é importante ressaltar que o tipo branco é mais raro e caro que o verde. Isso porque ele só pode ser feito duas vezes ao ano, devido ao crescimento dos brotos, partes utilizadas na colheita e preparo.

No entanto, todos os dois tipos são considerados fortes antioxidantes. Também agem protegendo o coração, as células e o corpo de uma maneira geral.

Efeitos colaterais do chá branco

Mas assim como qualquer outro remédio, natural ou não, o chá branco possui efeitos colaterais e contraindicações. Começando pelo fato de que o consumido em excesso pode prejudicar uma boa qualidade de sono devido a presença de cafeína, favorecendo o surgimento de insônia e até fadiga pela noite mal dormida.

Além disso, o chá não deve ser consumido por algumas pessoas como é o caso das grávidas, lactantes, crianças e idosos. Já os pacientes que sofrem com hipertensão, o mais aconselhável é conversar com o médico antes de fazer uso desse medicamento natural.

Assim, mesmo sabendo que o chá branco emagrece, é preciso ter cuidado com a sua utilização. Mesmo trazendo benefícios, o uso inapropriado pode render em malefícios para a saúde do consumidor.

Referências científicas

(1) BRAIBANTE, Mara Elisa Fortes; SILVA, Denise da; BRAIBANTE, Hugo T. Schmitz; PAZINATO,  Maurícius Selvero. “A química dos chás“, 2013. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/prelo/QS-47-13.pdf. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

(2) HURSEL, R. “Ingredientes termogênicos e regulação do peso corporal“, PubMed, 2010. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/prelo/QS-47-13.pdf. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

(3) SOHLE, J.; KNOTT, UM.; HOLTZMANN, L.; SIEGNER, R.; GRÖNNIGER, E.; SCHEPKY, UM.; GALLINAT, S.; WENCK, H.; STAB, F.; WINNEFELD, M. “O extrato de chá branco induz a atividade lipolítica e inibe a adipogênese em pré-adipócitos subcutâneos humanos“, PubMed, 2009. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19409077. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

(4) DIAS, TR.; TOMÁS, G.; TEIXEIRA, NF.; ALVES, MG.; OLIVEIRA, PF.; SILVA, BM. “Chá Branco (Camellia Sinensis (L.)): Propriedades antioxidantes e efeitos benéficos para a saúde“, Centro de Investigação em Ciências da Saúde, Universidade da Beira Interior, 6201-506 Covilhã, Portugal, 2013. Disponível em: https://scidoc.org/IJFS-2326-3350-02-201.php. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

(5) HAJIAGHAALIPOUR, Fatemeh; KANTHIMATHI, M.S.; SANUSI, Junedah; RAJARAJESWARAN, Jayakumar. “O chá branco ( Camellia sinensis ) inibe a proliferação da linhagem de células do câncer de cólon, o HT-29, ativa as caspases e protege o DNA das células normais contra o dano oxidativo“, 2014. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0308814614010280. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

(6) ISLAM, Md. Shahidul. “Efeitos do extrato aquoso de chá branco (Camellia sinensis) em modelo de diabtes induzido por estreptozotocina de ratos“, 2011. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0944711311002315. Acesso  em 26 de fevereiro de 2019.

(7) UNACHUKWU, UJ.; AHMED, S.; KAVALIER, A.; LYLES, JT.; KENNELLY, EJ. “Chás branco e verde (Camellia sinensis var. Sinensis): variação nos perfis fenólico, metilxantino e antioxidante“, PubMed, 2010. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20722909. Acesso  em 26 de fevereiro de 2019.

(8) E., Ginter; V., SIMKO. “Polifenóis vegetais na prevenção de doenças cardíacas“, PubMed, 2012. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22897371. Acesso  em 26 de fevereiro de 2019.

(9) DAMIANI, Elisabetta; BACCHETTI, Tiziana; PADELLA, Lucia; TIANO, Luca; CARLONI, Patricia. “Atividade antioxidante de diferentes chás brancos: Comparação de infusões de chá quente e frio”, 2013. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0889157513001762. Acesso em 26 de fevereiro de 2019.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.