Publicado por Redação

Depois de certa idade, a mulher começa a desenvolver uma série de sintomas ligados a instabilidade hormonal. O mais comum deles é a menopausa, que consta em um período fisiológico após a última menstruação espontânea da mulher. Nele ocorrem transformações no organismo feminino, que aumentam a possibilidade de aparecimento e agravamento de doenças.

Na lista de sintomas, podem ser citados: ressecamento vaginal, ondas de calor, diminuição do desejo sexual, perda de massa óssea, aumento do riso de desenvolver doenças cardiovasculares, alteração na distribuição de gordura corporal e diminuição da atenção. Nessa mesma lista a insônia e irritabilidade aparecem com certo destaque, já que podem aparecer com mais frequência.

Para acabar com esses dois sintomas trazidos pela menopausa, o Fitoterapeuta Naturopata, André Resende foi buscar nos benefícios naturais das plantas o alento para eles. O remédio milagroso para as mulheres vem na forma de chá. Ele é fácil de preparar e pode ser ingerido ao longo do dia.

O chá com mix de ervas pode tratar a menopausa e sintomas como a irritabilidade e insônia

Na menopausa, muitas mulheres têm irritabilidade, insônia e fortes dores de cabeça (Foto: depositphotos)

Benefícios de algumas das ervas

Antes de conhecer a receita, preste atenção na propriedade medicinal de algumas das plantas usadas no preparo:

 Cimicifuga

Conhecida também por erva-de-são-cristóvão, a cimicífuga é muito útil no tratamento da menopausa e dos sintomas que acompanham essa fase da mulher. A erva contém uma isoflavona, chamada formononetina. Essa substância, ao ser liberada no organismo, atua como o estrógeno, que durante a menopausa fica em falta no corpo da mulher.

Veja também: Chás para minimizar os efeitos da menopausa

Melissa

Além do sabor adocicado bem característico dessa planta, a melissa traz diversos benefícios. Para os mais ansiosos ela é tida como um santo remédio. Uma xícara de chá preparado com a erva, antes de dormir, reduz a ansiedade e o estresse, trazem o relaxamento e a qualidade do sono, proporcionando para quem o ingere a merecida tranquilidade.

Marapuama

As principais propriedades da planta marapuama são antidisentéricas, antirreumáticas, relaxantes, tônicas, vermífugas e afrodisíacas. No entanto, os benefícios que ela pode proporcionar para o organismo de quem a consome são vários, a exemplo de: reduzir a fadiga e o estresse, aumentar a libido, melhorar a circulação sanguínea, estimular o bom funcionamento da memória e auxilia no tratamento de depressão.

Veja também: Insônia: receitas infalíveis de chás para dormir bem e melhor

Chá para aliviar menopausa, insônia e irritabilidade

Depois de conhecer um pouco mais sobre a propriedade de algumas das ervas usadas no preparo do chá, chegou a hora de anotar tudo, desde os ingredientes até o processo de preparação da bebida.

Ingredientes

  • 1 punhado de folhas de maracujá;
  • 1 punhado de cimicifuga;
  • 1 punhado de amora;
  • 1 punhado de melissa;
  • 1 punhado de anis estrelado;
  • 1 punhado de camomila;
  • 1 punhado de marapuama;
  • 1 litro de água filtrada.

Modo de preparo

Com ajuda de uma panela, coloque a água para ferver. Depois que ela atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente todas as ervas indicadas anteriormente. Para saber a quantidade ideal, use a ponta dos dedos para pegar uma pequena quantidade de cada uma.

Veja também: Chá preto pode reduzir estresse no ser humano

Depois disso, deixe a panela tampada com todas as ervas descansando um pouco. Dez minutos já é o suficiente. Isso vai ajudar as ervas a liberarem todas as suas propriedades na água. Passado esse tempo, basta usar uma peneira para separar as ervas do líquido.

A indicação do Fitoterapeuta Naturopata, André Resende é de que a ingestão diária não ultrapasse as cinco xícaras.

Veja mais!