Publicado por Redação

A hena é uma espécie de planta classificada como arbusto. Ela é bastante conhecida por ser usada em todo o mundo para tingir cabelos e fazer tatuagens provisórias.

No entanto, a planta possui propriedades que também podem ser exploradas pela medicina natural, sendo responsável pelo tratamento e cura de várias doenças.

Natural de lugares onde o clima seco e árido é predominante, a hena pode ser conhecida por outros nomes. Entre os mais comuns, destaque para alfena (Árabe), hennê (Inglaterra), henné (francês), mendhi (Paquistão). A planta pertence à família das Lythraceae, tendo nas folhas e flores as partes utilizadas.

Propriedades medicinais

Alivie as dores no corpo com chá de hena

Foto: depositphotos

A hena possui efeito adstringente, antisséptico, anti-inflamatório, bactericida, béquica, desodorante, emenagoga, estimulante e sedativo.

No que diz respeito ao uso medicinal, a hena combate problemas de dermatose, dor de cabeça, dor estomacal, herpes, histeria, infecção nos órgãos genitais, lepra, leucorreia, mialgia, oftalmia, tumor e reumatismo. Ela também é indicada para proteger a pele dos raios ultravioleta.

Porém, é bom que fique bem claro que seu uso no tratamento e cura de algumas dessas doenças deve ser indicado pelo médico. Ele está apto para prescrever seu uso, evitando o aparecimento de outras complicações que não surtam o efeito desejado pelo paciente.

Uso estético da hena

Extraído da casca e das folhas secas, onde a planta é moída e colocada para secar, o corante tem cor castanho-avermelhada e chega a ser comercializado pela indústria de cosméticos. Como corante ela é usada com mais ênfase no Chifre, Norte da África e também no Sul da Ásia.

Por meio de manipulação específica, a hena também dá origem a um corante usado para tatuar as mãos e o corpo. Esse produto pode ser removido com certa facilidade, depois de alguns dias.

Chá de hena

Uma das formas mais comuns de usar a erva nos tratamentos de saúde é através do preparo do chá. Para isso, você vai precisar apenas de 200 ml de água filtrada e 10 g de folhas da erva. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente as folhas da hena.

Feito isso, a indicação é que você conserve a panela tampada por cerca de 10 minutos. O tempo ajudará a planta a soltar todas as substâncias benéficas para o tratamento da doença na água. Depois disso, use uma peneira para retirar as folhas. A indicação é que o consumo diário não ultrapasse as duas xícaras.

Veja mais!